• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2014.tde-26052015-102123
Documento
Autor
Nome completo
Deolinda de Jesus Freire
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Barreto, Maria Teresa Cristofani de Souza (Presidente)
Bezerra, Wilson Alves
Fiorussi, Andre
Hansen, Joao Adolfo
Santos, Eduardo Natalino dos
Título em português
A competição entre os discursos e as artes na Historia de la conquista de México de Dom Antonio de Solís
Palavras-chave em português
Arte das gravuras
Arte retórica no século XVI
Conquista do México
Dom Antonio de Solís
Gênero Histórico
Resumo em português
A base do estudo empreendido nesta tese é a abordagem da Historia de la conquista de México de Dom Antonio de Solís a partir das preceptivas retóricas seiscentistas. Em nossa leitura, o discurso histórico seiscentista é fabricado pela arte. Narrar os feitos construídos como memoráveis é descrevê-los, portanto, retratá-los, ou seja, fazer com que o leitor possa vê-los. Nas edições da Historia de Solís enriquecidas com gravuras, as matérias lidas e vistas se desdobram em uma competição entre as artes, ou seja, entre a História e a Gravura. Nosso propósito é estudar a rivalidade imposta pela imagem como forma de superar a narração e as descrições empenhadas pelo cronista. Assim, as imagens imitam seu texto como forma de alcançar a emulação. Além da edição princeps da História, compõem o corpus da tese três edições enriquecidas com gravuras: a toscana, publicada em Florença em 1699; a castelhana, publicada em Bruxelas em 1704; e a inglesa, publicada em Londres em 1724. A obra de Solís, bem como suas reedições, é compreendida aqui como espaço de competição tanto das artes como dos discursos. A disputa discursiva é analisada na leitura dos textos oficiais que compõem a parte introdutória da edição princeps, os quais ajuízam o estilo, o decoro e a prudência dos preceitos empenhados pelo cronista, ou seja, aprovam e legitimam sua Historia. A concorrência entre os discursos e as artes busca alcançar os efeitos de docere (ensinar), delectare (agradar) e movere (persuadir). Assim, a competição provoca o prazer da maravilha, ensina e agrada aquele que lê as imagens podendo vê-las, logo, persuade de forma mais intensa e eficaz.
Título em inglês
The competition between discourses and arts in The History of the Conquest of Mexico by Don Antonio de Solís
Palavras-chave em inglês
Conquest of Mexico
Don Antonio de Solís
Engraving art
Historical genre
The sixteenthcentury art of rhetoric
Resumo em inglês
The basis of study undertaken in this thesis is the approach to The History of the Conquest of Mexico by Don Antonio de Solís under the 16th-century perceptive rhetoric. In our interpretation, the 16th-century historical discourse is produced through art. Narrating memorable feats is the same as describing them, therefore, depicting them, so that the reader can see them. In the editions of de Solis The History enriched by illustrations, the topics read and seen engage in a competition between arts, that is to say, History and Engraving. Our aim is to study the contest imposed by image as a means of outshining the narrative and the descriptions made by the chronicler. Thus, the images mimic his text as a way of achieving emulation. In addition to the princeps edition of the History, the corpus of the thesis consists of three richly engraved editions: the Tuscan edition, published in Florence in 1699; the Castilian edition, published in Brussels in 1704; and the British edition, published in London in 1724. Solís literary composition, as well as its reeditions, is understood here as a competition field for both arts and discourses. The discursive dispute is analyzed through the reading of official texts which form the introductory section of the princeps edition and assess the chroniclers style, decency and prudence applied to precepts, approving and legitimizing his History. The rivalry between discourses and arts aims to achieve effects of docere (teaching), delectare (delighting) and movere (persuading). Thus, the competition incites the delight of wonder, teaches and pleases whoever reads the images through sight, therefore, it persuades in a more intense and effective manner.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.