• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2007.tde-17122007-120823
Documento
Autor
Nome completo
Heloisa Maria Moraes Moreira Penna
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Cardoso, Zelia Ladeira Veras de Almeida (Presidente)
Bianchet, Sandra Maria Gualberto Braga
Brandao, Jacyntho Jose Lins
Martins, Paulo
Peterlini, Ariovaldo Augusto
Título em português
Implicações da métrica nas Odes de Horácio
Palavras-chave em português
Ethos
Horácio
Métrica
Odes
Poesia
Resumo em português
Nos livros das Odes Horácio empregou treze esquemas métricos distribuídos por poemas de temas diversos. A influência da tradição eólica representada pelos dois musicistas de Lesbos, Safo e Alceu, pautou a maioria das escolhas temáticas e formais do poeta. Odes compostas em metros asclepiadeus e jônicos kataV stivcon, em estrofes sáficas, alcaicas e asclepiadéias e em dísticos de formação variada (cola datílicos, sáficos, jâmbicos e trocaicos), mostram ritmos próprios, capazes de imprimir, no ânimo do ouvinte, sensações diferenciadas, de acordo com a natureza da seqüência métrica empregada. A teoria do ethos métrico leva em consideração o conceito da conveniência (Prevpon, decorum): conteúdo e forma em harmonia na criação poética. Os efeitos impressivos das medidas gregas, naturalizadas por Horácio, que deu feição datílica aos versos eólicos, fixou quantidades livres e disciplinou as estrofes, devem-se ao caráter psicagógico dos metros, herdado da antiga teoria musical. Desde Platão e Aristóteles, passando por Cícero, Demétrio, Dionísio de Halicarnasso, Longino e Quintiliano, registramse a preocupação de classificar os metros de acordo com sua adequação a cada tipo de composição e a censura de seu uso indiscriminado na prosa e na poesia. A análise rítmico-semântica de algumas odes de Horácio revelou o zelo do poeta em combinar forma e conteúdo e em selecionar palavras de composição sonora e formação métrica em harmonia com o sentido. Nas Odes a musicalidade do ritmo métrico tem implicações semânticas, realçando a expressão textual.
Título em inglês
Metrics implications in Horace's Odes
Palavras-chave em inglês
Ethos
Horace
Metric
Odes
Poetry
Resumo em inglês
It has been observed in Horace's Odes books that he has employed thirteen metrical schemes distributed among thematic different poems. Aeolic tradition influence, represented by the two Lesbian musicians Sappho and Alcaeus, was responsible for most of the formal and thematic choices of the poet. Odes written in asclepiadean meters and ionic kataV stivcon, in sapphic, alcaic end asclepiadean strophes and in various distics (cola datctylics, sapphics, iambics and trochaics) show their own rhythms, which are able to impress different sensations to their listeners, according to the nature of the metrical sequence used. The theory of metrical ethos considers the convenience concept (Prevpon, decorum): subject and form harmonically living in poetic creation. The impressive effects of greek measures, (which were naturalized by Horace, gave dactylic features to the aeolic verses, fixed free amounts and regulated the strophes), are due to the psychagogic character of the meters, inherited by the old musical theory. Since Plato, Aristotle, Cicero, Demetrius, Dionysius of Halicarnassus, Longinus and Quintilianus, there is a worry at classifying meters according to their adequacy to each kind of composition and disapproval of its nonrestrictive use in prose and poetry. The rhythmic-semantics analysis of some odes from Horace revealed the poet care to combine form and subject and to select sonorous words and metrics in harmony with sense. In Odes, metrics rhythm musicality has semantic implications that highlight the textual expression.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-01-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.