• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Leandro César Albuquerque de Freitas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Seabra Filho, Jose Rodrigues (Presidente)
Lima, Sidney Calheiros de
Lindo, Luiz Antonio
Maia Junior, Juvino Alves
Ribeiro, Marcio Luiz Moitinha
Título em português
Análise e tradução do Livro I do De rerum natura de Tito Lucrécio Caro
Palavras-chave em português
Atomismo
Epicurismo
Filosofia antiga
Literatura clássica
Tradução
Resumo em português
O epicurismo apresentou teorias sobre a física que constituíam, em boa parte, uma continuidade do pensamento materialista antigo, ainda assim, há certamente muitos elementos originais em seu pensamento para destacá-lo e torná-lo em um sistema reconhecido por sua própria importância. Como se desenvolveu em uma filosofia de amplo alcance, e por isso mesmo muito visada por adversários, além dos conteúdos de sua física, ética e canônica, disciplinas principais de seu pensamento, Epicuro e os membros de sua escola viam-se compelidos a opinar em assuntos que transcendiam esse grupo de investigações. É notório o conjunto de opiniões que a escola teria apresentado sobre o lavor poético e a veiculação de mitos; testemunhos de Plutarco, Sexto Empírico, Cícero e outros marcam essa postura como de oposição a essas expressões, oposição essa que certamente encontra respaldo na orientação pela busca pela felicidade por meio da remoção do indivíduo das fontes de perturbação com as quais normalmente essas formas de expressão se associam. Ainda assim, a obra mais apreciada dessa mesma escola, o poema De rerum natura do romano Tito Lucrécio Caro, escrito no século I a.C. é notória por transigir com relação a essas modalidades de expressão "rechaçadas" por sua escola. Além dessa aparente transgressão, um outro elemento digno de nota nesse poema é a recusa em se usar um termo apenas para referenciar os átomos, definitivamente singularizado por Epicuro por meio do termo ἄτομος e ocasionalmente retomado também por meio termo σομα pelo autor grego. As opções de cunho estético (uso da forma poética e de elementos míticos) revelam a adesão a um programa didático estabelecido e nos convidam a relativizar a postura epicurista e a buscar elementos mais sólidos que corroborem uma visão não tão sectária como a veiculada pelos críticos da doutrina. De outra parte, a variação vocabular reflete o desenvolvimento do programa didático encampado, no qual se faz uso de posições de outros pensadores (pré-socráticos) a respeito dos componentes essenciais da matéria, posições essas que são convenientemente deturpadas como forma de desqualificar escolas de pensamento ativas e influentes na época de Lucrécio (estoicismo e a academia). Outra função que esse expediente cumpre é a de adiantar ao leitor a explicação de conceitos complexos sobre o atomismo, a partir dos quais a exposição das teses epicuristas possa se dar de uma forma mais rápida e completa.
Título em inglês
Analysis and translation of Titus Lucretius Carus De rerum natura
Palavras-chave em inglês
Ancient Philosophy
Atomism
Classical literature
Epicureanism
Translation
Resumo em inglês
Epicureanism presented theories on physics that can be seen to continue, for the most part, the ancient materialistic thought of the pre-socratics. Even so, it has certainly many original ele-ments on itself so it may be considered to have its own relevance and importance. As it became a well known philosophy in its time, and therefore a constant target for its adversaries, it needed to approach other subjects beyond the contents of its intended fields: physics, canonics and ethics. For this reason, Epicuro and the members of its school were compelled to provide posi-tions on aesthetic matters, even though this was not a primordial object of inquiry. The set of opinions that the school may have presented on subjects such as poetic creation and the propa-gation of myths is well known; testimonies of Plutarch, Sextus Empiricus, Cicero and others mark epicureanism stance as of oppositon to these forms of expressions. This alledged hostility certainly finds endorsement on the guidance for the pursuit of happiness by means of the re-moval of sources of disturbance normally associated with those means of expression. Still the most appreciated work of the epicurean school, the poem De rerum natura by the Roman author Titus Lucretius Carus, writen in the 1st century BC, is notorious for its compromise with regard to those modes of expression "repeled" by epicureans. Beyond this apparent violation, another noteworthy element in this poem is the refusal of a single term to mean 'atom', which was definitively singularized by Epicuro by means of the term ἄτομος and, occasionally referred also by the term σομα. The options of aesthetic matrix (use of the poetical form and mythical elements) disclose Lucretius' adherence to an established didactic program and invite us to rel-ativize the epicurean position and to search for more solid elements that support a view on aesthetic and mythic matters less sectarian than the one propagated by the critics of the doctrine. On the other hand, the vocabulary variation reflects the development of the didactic program, in that sense Lucretius makes use of positions of other thinkers (pre-socratic thinkers) regarding the essential components of matter. Those positions are conveniently misrepresented so to dis-qualify active and influential schools of thought at the time of Lucretius (stoicism and the Acad-emy). These misrepresentations help Lucretius to guide the reader throught complicated con-cepts and by this mean the exposure of the Epicurean thesis can be performed in a faster and more complete way.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.