• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2010.tde-28052010-115217
Documento
Autor
Nome completo
Jahilda Lourenço de Almeida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Leite, Marli Quadros (Presidente)
Dias, Ana Rosa Ferreira
Elias, Vanda Maria da Silva
Preti, Dino Fioravante
Silva, Anna Christina Bentes da
Título em português
O percurso discursivo da violência em Homens de Papel, de Plínio Marcos
Palavras-chave em português
Impulsividade
Opressor
Oprimido
Percurso
Simulação
Resumo em português
Nosso objetivo neste trabalho é acompanhar os rumos percorridos pela violência no discurso das personagens de Plínio Marcos, em Homens de papel. Neste sentido, procuramos defender a tese de que a violência segue rumos diversificados na ação do opressor e na ação do oprimido. Para comprovarmos nosso intento, recorremos ao apoio teórico da Análise da Conversação Etnometodológica, da Sociolinguística Interacional e da Análise do Discurso. Nesta linha de pensamento, elaboramos a análise da linguagem das personagens, levando em consideração o contexto interacional, valorizando elementos lingüísticos e extralinguísticos importantes para a produção de efeitos de sentido. Entre esses elementos, incluem-se fatores relacionados com a identidade social, com a situação enunciativa e com o estado interior que contribuem para a instalação da violência no discurso. Partimos da hipótese de que a ação violenta do opressor é calculada e medida, enquanto a ação do oprimido é impulsiva e precipitada. Seguindo essa direção, tentamos mostrar como a intenção no uso da linguagem representa fator decisivo na construção de efeitos de sentido. Na voz do opressor, a intenção de dominar se manifesta por meio de estratégias e referências que, além de intimidar e aterrorizar os catadores, têm como objetivo alimentar um esquema de simulação. Na ação do oprimido, os insultos e as ofensas, imersos em clima de total descontrole, representam um meio de extravasar sentimentos e emoções desequilibradas que se acumulam e explodem com o apelo à brutalidade em um ato de linchamento. Tudo isso se manifesta na expressividade da linguagem que dá vida ao texto, graças à habilidade do autor em construir diálogos espontâneos, bem próximos da naturalidade da vida real.
Título em inglês
The discursive path of violence in Paper Men, by Plínio Marcos
Palavras-chave em inglês
Impulse
Oppressed
Oppressor
Path
Simulation
Resumo em inglês
Our purpose in this work is to follow the paths covered by violence in the speech of Plínio Marcos characters, in Paper Men. In this sense we defend the thesis that, violence follows a different way in the action of the oppressor and in the action of the oppressed.. To prove our intent, we rely on the theoretical support of the Ethno Methodological Conversation Analysis, Interactional Sociolinguistics and Speech Analysis. Having this in mind, we designed the analysis of the characters language, taking into account the interaction context, increasing the value of linguistics and extra linguistics facts that are important for the production of sense effects. Among these facts, there are factors related to social identity and to internal conditions which contribute to the onset of violence in the speech. We start from the assumption that the violent action of the oppressor is calculated and measured whereas the action of the oppressed is impulsive and hasty. In this way, we try to show how the intention represents a decisive factor in producing sense effects within the language usage. In the voice of the oppressor, the intention of dominating is shown by means of strategies and references whose objective is to feed the simulation scheme, besides embarrassing and terrifying the pickers. In the action of the oppressed, immersed in a complete breakdown, the insults and offenses represent a way of expressing feelings and unbalanced emotions that pile up and explode with a call for a brutal act and lynching. All that is expressed through the language that gives life to the text, thanks to the authors ability in building up spontaneous dialogues that are very close to the real life.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-05-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.