• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2015.tde-15102015-134727
Documento
Autor
Nome completo
Rosicleide Rodrigues Garcia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Ferreira Netto, Waldemar (Presidente)
Almeida, Manoel Mourivaldo Santiago
Costa, Natalina Sierra Assêncio
Pagotto, Emilio Gozze
Viaro, Mario Eduardo
Título em português
A entoação do dialeto caipira do Médio Tietê: reconhecimento, características e formação
Palavras-chave em português
Dialeto caipira do Médio Tietê
Entoação
Finalização plagal
Prosódia
Resumo em português
Esta tese de doutorado A entoação do dialeto caipira no Médio Tietê: reconhecimento, características e formação faz parte do Projeto ExProsodia, em auxílio ao PHPP (Projeto História do Português Paulista), que objetiva analisar o português paulista falado no interior do estado. Sendo um dos trabalhos que está dando embasamento a ele, esta pesquisa subsidia os estudos do idioma, trazendo, além do exame da entoação, um breve histórico do Brasil e das cidades interioranas paulistas e portuguesas, de modo a entendermos como foi estabelecido o dialeto caipira nessas localidades. Tendo isso feito, avaliou-se a entoação de falantes do Médio Tietê por meio de análise automatizada promovida pelo ExProsodia. Seguindo a linha de pesquisa de Ferreira Netto (2008), examinou-se a fala dos informantes a partir da análise de f0, particularizando dela o tom médio (TM) e o tom final (TF). Para isso, foram selecionados 40 entrevistados, sendo 28 de sete cidades que compõem o Médio Tietê (Santana de Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus, Porto Feliz, Tietê, Capivari, Itu, Piracicaba), e 12 de três cidades do norte de Portugal (Braga, Bragança e Vila Real), além de 10 gravações (5 vozes masculinas e femininas) de jornalistas do programa SPTV da emissora de televisão Rede Globo - tomados como fala neutra (BARBOSA, 2002, p.36) para serem usados como controle. Em cada cidade mencionada, buscaram-se 4 informantes, sendo dois homens e duas mulheres com idades iguais ou superiores a 60 anos, de baixo ou nenhum grau de escolaridade e moradores vitalícios de suas regiões. De seus depoimentos foram colhidas 5 frases para observação, totalizando o valor de 220 dados. Desta forma, por meio de aplicativos especializados (SFS e Audacity), e com especial uso do ExProsodia® para geração de valores para o cálculo estatístico, foi possível verificar que o TM e o TF do dialeto caipira apresentam, em diversas análises, características comuns ao do controle e ao dos falantes de Portugal; ademais, observou-se que a finalização apresentada pelos informantes brasileiros e portugueses tendem a ser menos acentuada, caracterizando um traço plagal na fala. Os mesmos resultados também foram observados com os estudos de Costa e Baz (ambos de 2011), em que foram analisadas as falas de índios guatós e guaranis paraguaios. Sendo assim, este estudo pode gerar algumas conclusões: primeiramente, a finalização autêntica é uma variação entoacional, já que a plagal não é uma característica própria de uma região, logo, como ela é encontrada nos falares de pessoas com baixa ou nenhuma escolaridade, entende-se que este seria um traço comum da fala, o qual o dialeto caipira também mantém. Além disso, como o caipira apresenta o TM e o TF similares ao do controle, demonstra-se que seus falares possuem inflexões como em outras falas, não sendo plano ou igual; e essas considerações atualizam a informação de Amaral (1955, p. 45) sobre esse assunto.
Título em inglês
The intonation of the caipira dialect in the Médio Tietê: recognition, characteristics and formation
Palavras-chave em inglês
Caipira dialect from Mêdio Tietê
Intonation
Plagal finalization
Prosody
Resumo em inglês
This doctoral dissertation aims at analyzing the Portuguese dialect (caipira) spoken in the region of Middle Tietê, on the Brazilian state of São Paulo. Entitled The intonation of the caipira dialect in the Middle Tietê: recognition, characteristics and formation, this thesis is part of the Project ExProsodia in aid to PHPP (Project History of Paulista Portuguese), providing groundwork to other studies of Portuguese dialects. Besides examining aspects of intonation, this work offers a concise historical analysis on how the caipira dialect was established in Brazil, São Paulo and the Portuguese countryside. The empirical material consisted of speeches from 40 interviewees in 7 cities of the Middle Tietê region (28 interviewees) and 3 cities of the Northern Portugal region (12 interviewees). Additionally, 10 recordings of journalists from a major TV news broadcasting in São Paulo (SPTV by Rede Globo) were adopted as controls, based on the assumption of neutral speech (BARBOSA, 2002, p.36). Four interviewees were selected per city (2 men and 2 women), with the inclusion criteria of being at least 60 years old, having low or no formal education, and being ligelong resident at the surveyed areas. Five phrases were analysed per individual, amounting to a total of 220 data samples. The intonations of these interviewees were processed through specialized computer applications (SFS and Audacity) and the special use of an automated analytical tool called ExProsodia®, which statistically discriminated the various tones of the caipira dialect. Following Ferreira Nettos research (2008), speeches were analyzed by selecting the midtones (TM) and the final tones (TF), in the so-called f0 analysis. Common features were observed among the Portuguese interviewees and the Brazilian controls, whereas the phrasal finalization of Brazilian and Portuguese interviewees tended to be less marked, and featured by a plagal trace speech. Similar results were observed by Costa (2011) and Baz (2011), where the lines of Paraguayan Guarani Indians and Guatós Indians were analyzed. This thesis concludes that the authentic finalization is an intonational variation, because the plagal finalization is a region-independent feature occurring in the dialects of individuals with low or no formal education. Hence, the plagal finalization is suggested to be a common trait of speech, also kept by the caipira dialect. Furthermore, as the caipira dialect presents TM and TF similar to the control, it features inflections which are neither plane or equal; such finding warrants an update on Amaral's information on the subject (1920, p. 56).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-10-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.