• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2018.tde-15052018-104642
Documento
Autor
Nome completo
Marcus Vinicíus Moreira Martins
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Ferreira Netto, Waldemar (Presidente)
Cagliari, Luiz Carlos
Medeiros, Beatriz Raposo de
Silva, Thaïs Cristofaro Alves da
Souza, André Ricardo de
Título em português
Alvos tonais: unidades fonético-fonológicas da entoação
Palavras-chave em português
Emoções
Entoação
Fonética acústica
Fonologia
Português brasileiro
Resumo em português
O objetivo deste trabalho é desenvolver nossa hipótese em torno dos alvos tonais, que seriam unidades fonético-fonológicas responsáveis pela mediação entre o nível representacional da entoação e o nível físico da implementação de F0. Os alvos tonais foram divididos em duas grandes categorias, topológicos e pontuais. Os primeiros ocorrem em um espaço limitado, denominado por Ferreira-Netto (2008) de tom médio. Os limites desse espaço são definidos pelos limiares de diferenciação tonal (LDT) e estão a +3 e -4 semitons do tom médio. Além e aquém destes limiares encontram-se as faixas de frequência do Foco/Ênfase. Nestas faixas os tons passam a ser eventos relevantes para os ouvintes que podem atribuir significados a eles. Aos tons que ocorrem nessa região demos o nome de pontual, uma vez que são eventos específicos. Para testar essa hipótese aplicamos o teste 1, no qual era solicitado aos participantes que repetissem uma sentença pré-gravada dotada de uma divisão entoacional marcante: na primeira parte tratava-se de uma voz masculina entoando uma frase declarativa, na segunda parte uma voz feminina entoando uma frase interrogativa. De um total de 15 participantes obtivemos 24 amostras, contando repetições intra-sujeitos. A análise foi conduzida em duas etapas, na primeira avaliamos a capacidade do falante detectar o alvo tonal topológico subjacente à primeira parte do estímulo e reproduzi-lo. Na segunda etapa, avaliamos a capacidade do falante em detectar o alvo pontual caracterizado pela interrogativa e implementá-lo em sua fala. A análise da primeira condição foi feita por meio do que denominamos índice de relação (ir), que media o grau de correlação entre o estímulo e a repetição do falante. A análise revelou que os participantes demonstraram uma grande acuidade na execução da tarefa, o que sugere que os falantes são capazes de monitorar a implementação da frequência fundamental, a partir da detecção dos alvos topológicos. Já a segunda análise demonstra que a implementação dos alvos pontuais pode ser aleatória em certa medida, uma vez que ela não precisa respeitar um limite específico, apenas um limiar. Na segunda parte do trabalho aplicamos um método semelhante, voltado à análise da fala emotiva atuada em três condições: raiva, tristeza e neutra. A frase consistia de um trecho de um livro de ciências lido nessas três emoções por atrizes profissionais, a análise por meio de testes de hipótese (n=196, p<0,005) revelou que os alvos topológicos entre as condições eram distintos, o que sugere que o espaço entoacional e a variação de frequência em seu interior podem ser uma pista significativa para a distinção da fala emotiva.
Título em inglês
Tonal targets: phonological-phonetic units of intonation
Palavras-chave em inglês
Acoustic phonetics
Brazilian portuguese
Emotions
Intonation
Phonology
Resumo em inglês
The main purpose of this work is develop our hypothesis about the tonal targets, which would be phonological-phonetic units responsible for the mediation between the representational level of the intonation and the physical level of the implementation of F0. The tonal targets were divided into two major categories, topological and punctual. The first occur in a limited space, and is called by Ferreira-Netto (2008) as midtone. The boundaries of this space are defined by the tonal differentiation thresholds (TDT) and are specified at +3 and -4 semitones from the midtone. Beyond these thresholds are the Focus/Emphasis frequency bands. In these bands the tones become relevant events to the listeners who are able to attribute meanings to them. the tones that occur in this region we gave the name of punctual, since they are specific events. To test this hypothesis, we applied test 1, in which participants were asked to repeat a pre-recorded sentence with a striking intonational division: in the first part it was a male voice spealing a declarative phrase, in the second part a female voice speaking an interrogative phrase. From 15 participants we obtained 24 samples, counting intra-subject repetitions. The analysis was conducted in two stages, in the first one we evaluated the ability of the speaker to detect the topological tonal target underlying the first part of the stimulus and to reproduce it. In the second step, we evaluated the ability of the speaker to detect the punctual target characterized by the interrogative and implement it in his speech. The analysis of the first condition was done by means of what we call the relationship index (ir), which measures the degree of correlation between the stimulus and the repetition of the speaker. The analysis revealed that the participants demonstrated a great acuity in the execution of the task, which suggests that the speakers are able to monitor the fundamental frequency implementation, from the detection of the topological targets. The second analysis, on the other hand, shows that the implementation of specific targets can be random to some extent, since it does not need to respect a specific limit, only a threshold. In the second part of the work we apply a similar method, focused on the analysis of emotional speech, in three conditions: anger, sadness and neutrality. The phrase consisted of an excerpt from a science book, read in these three emotions by professional actresses. The analysis, using hypothesis tests (n = 196, p <0.005), revealed that the topological targets between the conditions were distinct, suggesting the intonational space and the variation of frequency in its interior can be a significant clue to the distinction of the emotive speech.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-15
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • FERREIRA NETTO, W., et al. Brazilian Portuguese intonation: A comparison between automatic and perceptual analyses [doi:10.1121/1.4755423]. The Journal of the Acoustical Society of America [online], 2012, vol. 132, p. 2004.
  • MARTINS, M.V.M., e FERREIRA NETTO, W. Prosódia e escalas de frequência: um estudo em torno da escala de semitons. Revista Virtual de Estudos da Linguagem [online], 2010, vol. 8, p. 286-296. Dispon?vel em: http://www.revel.inf.br.
  • Moreira Martins, Marcus Vini cius, and FERREIRA NETTO, W. Speech intonation and perception: A study of frequency scales for Brazilian Portuguese [doi:10.1121/1.3588871]. The Journal of the Acoustical Society of America [online], 2011, vol. 129, p. 2657.
  • FERREIRA NETTO, W., et al. Análise automática da entoação emotiva (colérica, triste e neutra) pelo aplicativo ExProsodia. In IX Brazilian Symposium in Information and Human Language Technology and Collocated Events, Fortaleza, 2013. Proceedings-BRACIS 2013., 2013. Dispon?vel em: http://www.lbd.dcc.ufmg.br/colecoes/jdp/2013/001.pdf.
  • FERREIRA NETTO, W., et al. Desenvolvimento de algoritmo de análise automática da curva de frequência por meio de convoluções gaussianas do histograma de alturas. In IV Colóquio Brasileiro de Prosódia da Fala, Maceió, 2013. Caderno de resumos.Maceió : Universidade Federal de Alagoas, Faculdade de Letras, 2013. Resumo.
  • FERREIRA NETTO, W., VIEIRA, M. DE F., e MARTINS, M.V.M. EFEITOS DA ENTOAÇÃO E DA DURAÇÃO NA ANÁLISE AUTOMÁTICA DAS MANIFESTAÇÕES EMOCIONAIS. In São Paulo, São Paulo, 2013. Programação do 61º seminário do GEL., 2013. Resumo. Dispon?vel em: http://www.gel.org.br/ProgramacaoFinal2013.php.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.