• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2002.tde-17092002-120415
Documento
Autor
Nome completo
Geraldo Tadeu Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Brait, Elisabeth (Presidente)
Chnaiderman, Boris
Geraldi, João Wanderley
Machado, Anna Rachel
Mauro, Maria Adelia Ferreira
Título em português
A construção da metalingüística (fragmentos de uma ciência da linguagem na obra de Bakhtin e seu círculo).
Palavras-chave em português
Bakhtin
diálogo
Filosofia da Linguagem
lingüística
metalingüística
Resumo em português
O estudo teórico da obra de Bakhtin e seu Círculo demanda um aprofundamento em vários contextos: um estudo historiográfico da obra em relação ao contexto russo de sua produção; um estudo comparativo das traduções em que a obra, escrita originariamente em russo, circula e é interpretada no Ocidente; e a busca de uma, entre múltiplas entradas na obra, que nos permita avançar nos seus estudos da linguagem. Neste trabalho, recuperamos fragmentos da construção de uma ciência da linguagem - a Metalingüística -, comparando duas obras de 1929 - Marxismo e Filosofia da Linguagem (Volochinov) e Problemas da obra de Dostoiévski (Bakhtin) - com a segunda edição do livro de Bakhtin sobre Dostoiévski - Problemas da poética de Dostoiévski (1963), onde Bakhtin menciona pela primeira vez, publicamente, essa nova ciência. Essa comparação revelou que já nos livros de 1929, o objeto da Metalingüística - as relações dialógicas e a palavra bivocal - estavam propostos; e que há uma transição de uma Filosofia marxista da linguagem e uma Sociologia da palavra, nos primeiros, para a Metalingüística. Na primeira parte da tese, levantamos alguns aspectos gerais da obra tais como: 1) as relações das fontes primárias com o contexto histórico russo; e 2) alguns problemas de tradução de categorias relacionados com o nosso tema. A segunda parte, trata da evolução do problema do diálogo na própria construção da Metalingüística e de sua orientação filosófica, a partir dos seguintes contextos: a Filosofia marxista da linguagem (Volochinov) em relação com o problema do diálogo; as relações entre a Sociologia da palavra e a Metalingüística; e, por último, as relações da Metalingüística com a Lingüística. Os resultados da pesquisa apontam para uma reinserção da Metalingüística nos estudos bakhtinianos atuais, como uma entrada importante para a análise dialógica da linguagem.
Palavras-chave em inglês
dialogue
linguistics
metalinguistics
Philosophy of Language
Resumo em inglês
The theoretical research of Bakhtin and his circle’s works require an indepth study of various contexts: a historiographical study in relation to the Russian context of its production; a comparative study of translations in which the work, written originally in the Russian language, circulate and is interpreted; and the demand of a context, among the multiple entries in that work, which allowed us to go further in their study of language. In this work, we recover some fragments of Bakhtin’s science of language, that is, Metalinguistics, comparing two works from 1929 - Marxism and Philosophy of Language (Voloshinov) and Problems of Dostoevsky’s Art (Bakhtin) - with the second version of Bakhtin’s book on Dostoevsky - Problems of Dostoevsky’s Poetics (1963), where for the first time Bakhtin mentions this new science. The comparison reveals that in the 1929’s works the object of Metalinguistics - dialogical relationship and double-voiced word - was already proposed, and that there is a transition from the first two works to the second, from a Marxist philosophy of language and Sociology of words to Metalinguistics. In the first part of the thesis, we show some general aspects of the work such as: 1) the relationships between the primary database and the Russian historical context and 2) some problems of translation of categories related to our theme. The second part, tries to show the evolution of the problem of dialogue in the construction of Metalinguistcs and its philosophical orientation on the following contexts: Marxist philosophy of language related to the problem of dialogue; from the Sociology of words to Metalinguistcs; and, finally, the relationships between Metalinguistics and Linguistics. The results of the research point to a reinsertion of Metalinguistics in Bakhtin’s current studies as an important context for the dialogical analysis of language.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
anexo.pdf (96.80 Kbytes)
tdegeraldosouza.pdf (767.09 Kbytes)
Data de Publicação
2002-10-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.