• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2009.tde-18022010-170313
Documento
Autor
Nome completo
Sonia Teller
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Sevcenko, Nicolau (Presidente)
Felicio, Vera Lucia Goncalves
Saliba, Elias Thome
Título em português
História do corpo através da dança da ciranda: Lia de Itamaracá
Palavras-chave em português
Ciranda
Cultura popular
Dança
Lia do Itamaracá
Teatro
Resumo em português
Excluídas da vida pública, da política, do direito à cidadania, da história, pelo menos nos séculos que precederam o XIX e até meados do nosso século, há, no entanto um lugar privilegiado, onde as mulheres são reconhecidas e transpuseram o limiar da vida privada: a dança, lugar onde seu corpo "fala". O presente trabalho visa fazer uma história do corpo da mulher, via dança, especificamente a dança da ciranda presidida por Lia do Itamaracá. O propósito é analisar as especificidades quanto ao corpo e imaginário que fixou do feminino e verificar até que ponto a ciranda produz um corpo Outro que não o do biopoder tal como formulou Foucault. Enfim, a exemplo de José Carlos de Paula, gostaríamos de buscar a efetivação das ações libertárias que se configurariam como quebra dos limites da corporeidade imposta socialmente.
Título em inglês
History of the body through the dance of ciranda: Lia de Itamaracá
Palavras-chave em inglês
Ciranda
Dance
Lia de Itamaracá
Popular culture
Theater
Resumo em inglês
Although women were excluded from the public life, politics, the right of citizenship and History, at least in the centuries that preceded the 19th and the first half of the 20th century there is, nevertheless, a situation in which they were recognized in a very privileged way and that went beyond their private lives: dance, the language of the body. This paper aims to trace the history of the womans body through dance, specifically the ciranda (a popular dance) by Lia do Itamaraçá. The objective is to analyze what is determined in the feminine by the body and what is imaginary and from this point of view verify whether the ciranda produces a body Other, different from the bio-power as stated by Foucault. Finally, we would like to find the libertarian actions effectuation that would shape as the breakage of the corporeity limits imposed by society.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
SONIA_TELLER.pdf (1.58 Mbytes)
Data de Publicação
2010-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.