• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2014.tde-16012015-185607
Documento
Autor
Nome completo
Luciano Felipe dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Janotti, Maria de Lourdes Monaco (Presidente)
Martins Filho, João Roberto
Prado, Maria Ligia Coelho
Título em português
Paul Aussaresses: um general francês na ditadura brasileira (um estudo de caso)
Palavras-chave em português
Brasil-França
Ditadura civil-militar brasileira
Indivíduo e história
Memória
Paul Aussaresses
Resumo em português
Esta dissertação analisa as memórias do general e agente secreto francês, Paul Aussaresses, veterano da Resistência Francesa na Segunda Guerra Mundial e das guerras da Indochina (1946-1954) e da Argélia (1954-1962). Sua competência como agente de informação adquirida nesses eventos o tornaram elemento importante dentro dos Serviços Secretos franceses. Em virtude de sua especialidade, a doutrina da guerra revolucionária um método militar não convencional de luta contra insurgentes que pressupõe prisões arbitrárias, tortura, execuções sumárias e terror psicológico sobre a população Aussaresses ministrou cursos na escola de agentes especiais norte-americana, Fort Bragg, na Carolina do Norte, entre 1961 e 1963 (no contexto da Guerra do Vietnã), bem como no Brasil durante a ditadura civil-militar, onde foi adido entre 1973 e 1975. Além disso, comerciou armas e realizou missões delicadas pela França em diversos países. Foi um anônimo até os 82 anos quando, em novembro de 2000, deu ao jornal Le Monde um depoimento sobre as torturas e execuções sumárias sistemáticas que praticara na Argélia. Suas memórias, publicados depois disso, mostram outra imagem da França, bem como desvendaram seu sistema de ação durante a Guerra Fria. No primeiro capítulo, fazemos uma descrição do seu contexto de atuação profissional. No segundo, analisamos suas memórias propriamente ditas, tirando delas o modus operandi dos franceses no contexto da Guerra Fria. No terceiro, analisamos a influência francesa nas forças armadas brasileiras bem como as relações entre a ditadura brasileira e a democracia francesa, com foco nas questões militares e econômicas sugeridas pelas memórias do General
Título em inglês
Paul Aussaresses: a french general acting in the Brazilian dictatorship (a study of case)
Palavras-chave em inglês
Brazilian civil-military dictatorship
Individual and history
Memory
Paul Aussaresses
Resumo em inglês
This dissertation analyzes the memories of the General and french secret agent, Paul Aussaresses, veteran of the French Resistance in World War II and the wars in Indochina (1946-1954) and Algeria (1954-1962). His competence as information agent, acquired in these events, turned him an important element within the French Secret Service. Because of his specialty: the doctrine of revolutionary war (an unconventional military method of fighting against insurgents, that assumes arbitrary arrests, torture, summary executions and psychological terror on the population), Aussaresses taught courses in the North American school of special agents, in Fort Bragg, North Carolina, between the years of 1961 and 1963 (in the context of the Vietnam War), as well as in Brazil during the civil-military dictatorship, where he was military attaché between 1973 and 1975. Moreover, he traded weapons and conducted, to France, undercover missions in several countries. He lived in anonymity until 82 years old when, In November of 2000, he gave to the newspaper Le Monde a testimonial about the systematic torture and summary executions that had practiced in Algeria. His memories, published after this, show another image of France as well as uncovered its system of military action during the Cold War. In the first chapter of this dissertation, we make a description of the context of his professional practice. In the second, we analyze his memories, extracting them the modus operandi of the France in the context of the Cold War. In the third, we analyze the french influence in the brazilian armed forces and the relations between the brazilian dictatorship and french democracy, always with the focus in the military and economic matters suggested by the memories of the General Aussaresses
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-01-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.