• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2015.tde-12062015-111953
Documento
Autor
Nome completo
Ana Hutz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Novais, Fernando Antonio (Presidente)
Arruda, Jose Jobson de Andrade
Boschi, Caio Cesar
Megiani, Ana Paula Torres
Vainfas, Ronaldo
Título em português
Homens de nação e de negócios: redes comerciais no mundo ibérico (1580-1640)
Palavras-chave em português
Capitalismo comercial
Cristãos novos
Homens de negócio
Inquisição
Redes comerciais
Resumo em português
Nesta tese estudamos as redes de comércio compostas pelos cristãos novos portugueses em um período particular da Época Moderna: durante a União Ibérica (1580-1640). Na primeira parte do trabalho conectamos as redes de comércio com duas problemáticas: a da identidade cristã nova e a da relação ente cristãos novos, Inquisição e Coroa espanhola. Nesse sentido, salientamos as estratégias dos homens de negócios e cristãos novos portugueses frente às tensões geradas pela perseguição inquisitorial e os estatutos de limpeza de sangue. Na segunda parte do trabalho estudamos um caso exemplar das conexões e tensões mencionadas acima: a história da rede familiar de António Fernandes dElvas, homem de negócio e cristãos novo português, mercador e traficante de escravos, que atuava no Mundo Ibérico, em especial no comércio ultramarino. Nesta tese consideramos que havia uma relação de reciprocidade entre a identidade cristã nova influenciava na organização dos cristãos novos em redes de comércio e essas, por sua vez, que reforçavam a identidade.
Título em inglês
New Christians and businessman: trade networks in the Iberian World (1580-1640)
Palavras-chave em inglês
Businessmen
Commercial capitalism
Inquisition
New Christians
Trade networks
Resumo em inglês
This thesis focuses on the Portuguese New Christians commercial networks in a specific period of the Modern Ages: the Iberian Union (1580-1640). The first part of this work connects the trade networks with two major issues: the new Christian identity, and the relationship between New Christians, the Inquisition and the Spanish Crown. Accordingly, the study emphasizes the strategies of businessmen and Portuguese New Christians in face of the tensions generated by inquisitorial persecution and the statutes of "purity of blood". The second part of this work analyzes an exemplary case of the connections and tensions above mentioned: the story of António Fernandes d'Elvas and his family network. A business man and Portuguese New Christian, dElvas was a merchant and slave trader in the Iberian world, especially in overseas trade. This thesis considers that there was a reciprocal relationship between the New Christian identity and the organization of New Christians trade networks, in which the identity influenciated the organization of the trades and the trades reinforced the identity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.