• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2014.tde-04022015-113635
Documento
Autor
Nome completo
Natália Maria Salla
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Nozoe, Nelson Hideiki (Presidente)
Gitahy, Maria Lucia Caira
Glezer, Raquel
Título em português
Produzir para construir: a indústria cerâmica paulistana no período da primeira república (1889-1930)
Palavras-chave em português
Construção (história)
Indústria cerâmica
Olarias
São Paulo (cidade)
Resumo em português
A produção de materiais cerâmicos para construção, notadamente tijolos, telhas, tubos e manilhas, confeccionados a partir de argila, na cidade de São Paulo no período da Primeira República é o tema desse trabalho. O consumo desses materiais cresceu consideravelmente nos anos finais do século XIX não obstante seu emprego nas edificações da capital paulista fosse presente anteriormente em consequência do aumento no número de construções na Primeira República. Entre o final do século XIX e as primeiras décadas do século XX, a fabricação de cerâmica para a realização das construções passou a ser efetuada por diversas olarias instaladas no território da cidade, organizadas em estabelecimentos dos mais diversos portes. As semelhanças referentes à matéria prima e às tecnologias da produção (levando-se em consideração as alterações dessas ao longo das décadas) condicionaram a categorização e a especialização dos estabelecimentos. O aumento no número de fabricantes foi acompanhado, ainda, de investigações para o melhoramento do material produzido, almejado através das pesquisas e experiências científicas realizadas pelos engenheiros no Gabinete de Resistência de Materiais da Escola Politécnica de São Paulo a partir de 1899 denominado, a partir de 1926, Laboratório de Ensaio de Materiais. Os avanços técnicos alcançados em São Paulo em relação ao conhecimento da matéria prima utilizada na fabricação da cerâmica e às características dos produtos são também apresentados no trabalho. A história da administração da cidade nesse período é norteadora do presente trabalho, pois suas normativas legais geraram registros os quais são utilizados para apresentar as olarias paulistanas, tanto quantitativamente como qualitativamente sobretudo através dos impostos gerados pela realização de atividades econômicas dentro do território do município. Discute-se a produção material do espaço urbano, conformado pela indústria de materiais cerâmicos de construção e o condicionamento desta à demanda e às normativas desse mesmo território e sua administração. Dessa forma, a apresentação das características da produção cerâmica entre o final do século XIX e as primeiras décadas do século XX aprofunda o conhecimento sobre a história da construção em São Paulo no mesmo período, pois esta está imbricada diretamente àquela, além de ampliar o entendimento histórico sobre os processos e as possibilidades de instalação, funcionamento e produção das olarias paulistanas.
Título em inglês
Produce to construct: the ceramic industry of São Paulo in the First Republic (1889-1930)
Palavras-chave em inglês
Brickyards
Ceramic industry
Construction (history)
São Paulo (city)
Resumo em inglês
The production of ceramic building materials, especially bricks, tiles, pipes and flanges, made from clay, in the city of São Paulo during the period of the First Republic is the main theme of this work. The consumption of these materials has grown considerably in the late nineteenth century - Regardless of their employment in the state capital buildings prior to that - due the increase in number of buildings during the First Republic. Between the late nineteenth century and the first decades of the twentieth century, the manufacture of ceramics for the construction of buildings began to be performed by several brickyards located within the citys territory, organized in manufacturers of all sizes. The similarities regarding raw materials and production technologies (taking into account these changes over the decades) conditioned the categorization and specialization of manufacturers. The increase in number of manufacturers was also accompanied by investigations for the improvement of the material produced, through targeted research and scientific experiments carried out by engineers in the Gabinete de Resistência de Materiais da Escola Politécnica de São Paulo from 1899 - called, from 1926, Laboratório de Ensaio de Materiais. The technical advances achieved in São Paulo regarding the knowledge of raw material used in the manufacture of ceramics and characteristics of the products are also presented in this work. The history of the city administration in this period guides the present work, for its legal normative generated records which are used to present the brickyards of São Paulo, both quantitatively and qualitatively - mainly through taxes generated by economic activities within the city's territory. It discusses the material production of urban space, formed by the ceramic building materials industry and it's conditioning to the demand and regulations of that territory and its administration. Thus, the presentation of the characteristics of ceramic production between the late nineteenth century and the first decades of the twentieth century deepens our understanding of the history of construction in São Paulo in the same period, for it is embedded directly to that, in addition to expanding the historical understanding of the processes and possibilities of installing, operating and production of the São Paulo brickyards.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.