• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2007.tde-11122007-100305
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Roberto de Albuquerque Bomfim
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Moraes, Antonio Carlos Robert (Presidente)
Almeida, Roberto Schmidt de
Costa, Wanderley Messias da
Martin, Andre Roberto
Vlach, Vânia Rubia Farias
Título em português
A ostentação estatística (um projeto geopolítico para o território nacional: estado e planejamento no período pós-64)
Palavras-chave em português
Estado
Geografia quantitativa
Pensamento geográfico
Planejamento
Território
Resumo em português
Em A "Ostentação Estatística" procura-se investigar os caminhos pelos quais um antigo projeto geopolítico (engendrado, sobretudo, nos meios militares) revestiu-se tecnicamente nos anos seguintes ao golpe militar de 1964, quando toda uma práxis política sobre o território percorrerá os principais planos governamentais do período - em especial o II PND -, acatando-se o conceito de planejamento enquanto instrumento norteado (num clima desenvolvimentista) para o desenvolvimento econômico do Brasil. Indica-se como este instrumental permeou as reflexões de geógrafos, economistas e outros profissionais, as quais agregaram um corpo heterogêneo de ideologias territoriais, desde a Regional Science, passando pela Economia Espacial francesa e pelas elaborações da geografia possibilista (em sua vertente relacionada à geografia urbana), até a geografia quantitativa. Tal campo teórico tornar-se-ia referência tanto para que um quadro técnico em torno de vários órgãos estatais (notadamente o IBGE e o IPEA) se incumbisse da elaboração de estatísticas, estudos regionais e métodos de regionalização como subsídios às políticas públicas do Estado, quanto para o debate da geografia brasileira do período, elaborada à sombra dessa pretensão matemática e de um afã pragmático; ambos visando a atingir para a geografia um maior prestígio entre as ciências e uma relevância em relação aos desígnios do Estado.
Título em inglês
The Statistical Ostentation (a geopolitical project for the national territory: State and planning in the period post-64)
Palavras-chave em inglês
Geographical thought
Planning
Quantitative geography
State
Territory
Resumo em inglês
In "The Statistical Ostentation", the ways by which an old geopolitical project (concocted mainly in the military environment) acquired a technical appearance in the years following the 1964 military coup, when a political praxis on the territory would spread through the main governmental plans in the period - especially the II PND - acquiescing in the concept of planning as a guided instrument (in a developing environment) for the economical development of Brazil was investigated. It was revealed how that instrument permeated the reflections of geographers, economists, and other professionals, which aggregated a heterogeneous collection of territorial ideologies, starting from the Regional Science, the French Space Economics, and the elaborations of the possibilist geography (in its segment related to urban geography), up to the quantitative geography. Such theoretical field would become a reference to the production, by a technical team from several state organs (especially the IBGE and the IPEA), of statistics, regional studies and regionalization methods used as subsidies for the State's public policies, and also to a debate on the Brazilian geography in the period, which has been designed in the shade of that mathematical objective and a pragmatic effort, both of which had the purpose of conferring greater prestige on geography among the sciences, and also relevance with regard to the projects of the State.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-12-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.