• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Tânia Cristina Amaral
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Suzuki, Julio Cesar (Presidente)
Curado, Bento Alves Araújo Jayme Fleury
Pinheiro Neto, José Elias
Silva, Adriana Carvalho
Título em português
Paisagem urbana da cidade de São Paulo: uma poética da garoa sob o olhar de Mário de Andrade
Palavras-chave em português
Garoa
Mário de Andrade
Modernismo
Paisagem urbana
São Paulo
Resumo em português
A presente dissertação tem como objetivo, analisar e inserir-se no dialogismo entre importantes transformações literárias, sociais e urbanísticas que modificaram a paisagem urbana da cidade de São Paulo e que marcaram as primeiras décadas do século XX. Sob o olhar lírico de Mário de Andrade, desde a publicação de Pauliceia desvairada até sua morte e a pós-publicação de Lira paulistana, que influencia o nascimento da poesia moderna na cidade de São Paulo. A garoa aparece como protagonista desse diálogo entre a Geografia e a Literatura, revelada nas imagens poéticas da cidade pelo poeta. Essa característica tão peculiar da cidade mereceu a criação de textos e poesias por parte de vários poetas que chamavam a cidade de São Paulo, terra da garoa. Mário de Andrade, o poeta modernista, arlequinal e lírico, engajado nas vanguardas europeias por meio da literatura e, junto a outros importantes nomes de veios artísticos, inaugura a revolução na arte do Brasil com a Semana de Arte Moderna em fevereiro de 1922, na cidade de São Paulo. Na ocasião, o poeta faz a leitura do poema Inspiração, de Pauliceia desvairada. Está fundado o Desvairismo, em suas palavras. Esta pesquisa debruça-se nos estudos da representação da cidade de São Paulo no viés poético e geográfico, quando correlaciona a vida e morte do poeta ao processo de urbanização da cidade de São Paulo, no findar do século XIX até o segundo quartel do século XX. Esse contexto é revelado por intermédio dos poemas que perpetuam o amor visceral entre a cidade e Mário, o qual a elege como tema principal. As cortinas se abrem e, segundo o olhar imagético do poeta, a leitura sobre o arranjo espacial da cidade é concluída.
Título em inglês
Urban landscape od the city of São Paulo: apoetic of the garoa under the look of Mário de Andrade
Palavras-chave em inglês
Drizzle
Mário de Andrade
Modernism
São Paulo
Urban landscape
Resumo em inglês
The purpose of this dissertation is to analyze and insert in the dialogism between important literary, social and urban transformations that modified the urban landscape of the city of São Paulo and that marked the first decades of the twentieth century. Under the lyrical gaze of Mário de Andrade, from the publication of Pauliceia desvairada to his death and the post-publication of Lira paulistana, which influences the birth of modern poetry in the city of São Paulo. The drizzle (garoa) appears as the protagonist of this dialogue between Geography and Literature, revealed in poetic images of the city by the poet.This peculiar characteristic of the city deserved the creation of texts and poetry by several poets who called the city of "São Paulo, land of the drizzle (garoa)". Mário de Andrade, the modernist, harlequin and lyricist poet, engaged in the European avant-garde through literature and, together with other important names of artistic veils, inaugurates the revolution in Brazilian art with the Modern Art Week in February 1922 in the city from Sao Paulo. At the time, the poet reads the poem "Inspiration" by Pauliceia desvairada. "Desvairismo is founded", in his words.This research studies the representation of the city of São Paulo in the poetic and geographical bias, when it correlates the life and death of the poet to the process of urbanization of the city of São Paulo, at the end of the 19th century until the second quarter of the 20th century.This context is revealed through the poems that perpetuate the visceral love between the city and Mario, which elects it as the main theme. The curtains open and, according to the poet's imagery, the reading of the space arrangement of the city is completed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.