• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2006.tde-21082006-225017
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Henrique Azevedo Sobreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo,
Orientador
Banca examinadora
Simielli, Maria Elena Ramos (Presidente)
Bizzo, Nelio Marco Vincenzo
Boczko, Roberto
Conti, Jose Bueno
Pontuschka, Nidia Nacib
Título em português
"Cosmografia geográfica: a astronomia no ensino de geografia"
Palavras-chave em português
Cosmografia
Cosmografia Geográfica
Ensino de Astronomia
Ensino de Cartografia
Ensino de Geografia
Resumo em português
Esta pesquisa relaciona o Ensino da Astronomia ao Ensino da Geografia e aborda um grande cabedal de temas que expressam relações importantes entre os conhecimentos terrestres e os celestes. Estudou-se um campo que faz parte da Cosmografia e que se constitui em uma releitura na área de Geografia, para o qual se propõe a designação de “Cosmografia Geográfica”, ao invés do nome “Cosmografia”, simplesmente, ou “Geografia Astronômica”. O termo “Cosmografia” está em desuso, e suas atribuições foram incorporadas pela Astronomia, Cartografia, Náutica e pela Geografia, no entanto, sua função pedagógica no Ensino de Astronomia permaneceu ativa nos ensinos de Matemática e de Geografia no Brasil, ao longo dos séculos XIX e XX. A Cosmografia Geográfica é um campo de estudos da Geografia, cujo conjunto de conhecimentos e habilidades é predominantemente escolar. Estuda a interface entre os conhecimentos terrestres e os celestes e lhes atribui significância geográfica. Analisa as relações humanas e naturais com o Espaço Sideral e suas conseqüências para a sociedade e a natureza e, portanto, para a organização do espaço. Analisou-se a presença da “Cosmografia Geográfica” na Geografia brasileira, para se estabelecer um conjunto mínimo inovador de temas cosmográficos para se ensinar em Geografia, de acordo com o que se pôde examinar em livros didáticos nacionais e estrangeiros de Cosmografia entre (1845-1971), em livros didáticos brasileiros de Geografia dos Ensinos Fundamental e Médio, aprovados no Plano Nacional do Livro Didático – 2002 (PNLD), nas sugestões dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN's) e dos programas das disciplinas de Astronomia ou Cosmografia dos cursos Superiores de Geografia no Brasil. Depois há uma rápida abordagem sobre o atual Ensino de Cosmografia no exterior. Esta tese apresenta duas propostas de modelos de disciplinas de “Cosmografia Geográfica” para licenciaturas em Geografia. Estas disciplinas seriam compostas por temas e atividades práticas para professores de Geografia, que abrangem poucos conteúdos vinculados a um conjunto de temas mínimo mais próximo da realidade da “Cosmografia Geográfica” do século XXI, e que se constituam por atributos humanos e naturais (fisiológicos e físicos), tais como: a lateralidade, a luz ou a iluminação ou a incidência de radiação solar, a gravidade e as escalas de análise. Dentre os tópicos estabelecidos nesta investigação, há a atuação da Humanidade no Espaço Cósmico ou Exterior, que deverá ser explorado nas escolas pela “Cosmografia Geográfica”. Por outro lado, a ação do Homem no Espaço Exterior também deverá ser estudada, discutida e analisada pela Geografia Política acadêmica, nos próximos anos, pois este assunto envolve o desenvolvimento e a cooperação internacional para o uso de tecnologias da 3a Revolução Industrial, a produção de lixo espacial e o cumprimento de tratados internacionais no âmbito do espaço sideral.
Título em inglês
"Geographic Cosmography: the astronomy in geography teaching"
Palavras-chave em inglês
Astronomy Teaching
Cartography Teaching
Cosmography
Geographic Cosmography
Geography Teaching
Resumo em inglês
This research relates Astronomy Teaching to Geography Teaching and approaches a great number of subjects that express important relations between the terrestrial knowledge and the celestial knowledge. We have studied a field that is part of Cosmography and consists in a new reading in the Geography area, which is designated as "Geographic Cosmography", instead of the name "Cosmography", simply, or "Astronomical Geography". The term "Cosmography" is obsolete and its attributions had been incorporated by Astronomy, Cartography, Navigation and Geography, however, its pedagogical function in Astronomy Teaching remained active in teaching of Mathematics and Geography in Brazil, through the centuries XIX and XX. The Geographic Cosmography is a field of studies of the Geography, whose set of knowledge and abilities is scholar predominance. It study the interface between terrestrial knowledge and the celestial knowledge and to attribute to them geographic significance. It analyzes the human and naturals relations with the sideral space and its consequences to the society and nature and to space organization. It have been analyzed the presence of "Geographic Cosmography" in Brazilian Geography to establish an innovative minimum set of cosmographic subjects to be taught in Geography according to what it could be examined in national and foreign didactic books of Cosmography between (1845-1971), in Geography didactic Brazilian books of Elementary and High Schools, approved in the National Plan of the Didactic Book - 2002 (PNLD), in the suggestions of the National Curricular Parameters (PCN's) and discipline programs of Astronomy or Cosmography of the Universities courses of Geography in Brazil. Later there is a fast boarding about current foreign Cosmography Education. This thesis presents two discipline proposal models of "Geographic Cosmography" for graduating Geography teacher’s courses. These disciplines would be composed by subjects and practical activities for Geography teachers, that includes contents for subjects close the reality of the "Geographic Cosmography" to century XXI, and which they consists of human and natural attributes (physiological and physical), such as: the laterality, the light or the illumination or the incidence of solar radiation, the gravity and the scales of analysis. Amongst the topics established in this inquiry, there is the performance of the Humanity in the Cosmic or Exterior Space that will have to be explored in schools for "Geographic Cosmography". On the other hand, the action of the Man in the Outer Space also will have to be studied, to be argued and analyzed by Geography academic Politics, through next years, because this subject involves the development and the international cooperation for the use of technologies of 3rd Industrial Revolution, the space debris production and the fulfilment of international treaty in the scope to the sideral space.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese.pdf (10.23 Mbytes)
Data de Publicação
2006-10-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.