• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2011.tde-18062012-082354
Documento
Autor
Nome completo
Danilo Rodrigues de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Barrozo, Ligia Vizeu (Presidente)
Luchiari, Ailton
Pereira, Luiz Alberto Amador
Título em português
A dinâmica da distribuição espacial da infecção por HIV e mortalidade por Aids no município de São Paulo 1996-2007
Palavras-chave em português
agrupamentos espaciais
análise espacial
HIV/Aids
município de São Paulo
Resumo em português
Tendo em vista o objetivo geral de analisar o perfil epidemiológico da epidemia de Aids, numa abordagem espaço-temporal dos casos de infecção por HIV e dos óbitos por Aids no município de São Paulo, de 1996 a 2007, o presente estudo usa um delineamento ecológico transversal. A unidade de análise é o Distrito Administrativo. A partir desta unidade são calculados os riscos relativos de se infectar por HIV e de ir a óbito por Aids no período definido. A análise temporal é feita a partir das situações dos anos 1996, 2000, 2004 e 2007, para cada gênero, que indicará a situação do momento e a tendência ao longo do tempo. A análise estatística espacial auxilia a localizar distritos de risco significativamente acima e/ou abaixo da média do município. Foram utilizados os dados referentes a óbitos por Aids por Distrito Administrativo Residencial do município de São Paulo para o período de 1996 a 2007, por gênero e faixa etária da OMS (Organização Mundial de Saúde), obtidos no SINAM do sítio do PRO-AIM (Programa de Aprimoramento da Informação de Mortalidade). Os dados referentes aos totais de população por distrito, ano, gênero e mesmas faixas etárias foram obtidos no sítio da Fundação SEADE. Para o ano 2000, os dados correspondem ao Censo do IBGE e para os demais, às estimativas populacionais desta Fundação. Correspondeu à base cartográfica digital do IBGE setores Censitários para o Município de São Paulo, ano 2000. Foram calculados os riscos relativos (RR) do período e para cada ano para cada distrito administrativo para a infecção por HIV e mortalidade por Aids, por gênero e total da população. O RR foi calculado utilizando-se o programa SaTScan. Os endereços foram geocodificados com o programa Maptitude, a partir da base de logradouros do município de São Paulo, utilizando-se o endereço (rua e número) e o CEP. Os agrupamentos espaciais foram mapeados usando-se a técnica corocromática. Os mapas de agrupamentos mostram os agrupamentos de risco alto em vermelho e de risco baixo, em azul. A evolução da epidemia teve grandes modificações, antes era uma doença que atingia a população de classe alta, hoje o panorama do HIV/Aids nos mostra que a população menos favorecida do ponto de vista socioeconomico é mais afetada devido a falta de informações e preparo para lidar com as medidas preventivas. Pode-se afirmar que a distribuição espaço-temporal da mortalidade por Aids e infecção por HIV caminham de maneira muito semelhante. Em ambos, ocorrem agrupamentos espaciais significativos na região central e casos abaixo do esperado nas regiões centro-sul, sudeste e sul.
Título em inglês
Dynamics of spatial distribution of HIV infection and Aids mortality in São Paulo from 1996 to 2007
Palavras-chave em inglês
HIV / AIDS
São Paulo
spatial analysis
spatial clusters
Resumo em inglês
Given the overall objective to analyze the epidemiological profile of the AIDS epidemic, in a space-time approach of the cases of HIV infection and AIDS deaths in São Paulo, from 1996 to 2007, this study uses an ecological design cross. The unit of analysis is the Administrative District. From this unit are calculated relative risks of becoming infected with HIV and of dying from AIDS within the defined period. The temporal analysis is done by the circumstances of the years 1996, 2000, 2004 and 2007 for each gender, which indicates the current situation and trends over time. The spatial statistical analysis helps districts find significantly higher risk and / or below average in the municipality. We used data on deaths from AIDS by Administrative District Residential in São Paulo for the period 1996 to 2007, by gender and age of the WHO (World Health Organization), obtained on SINAM Site PRO-AIM ( Improvement Program for Information Mortality). The data on population totals by district, year, genre and the same age groups were obtained at the site of SEADE. For 2000, data correspond to the IBGE Census and for others, the population estimation of the Foundation. It corresponded to the digital base map of IBGE - census tracts for the city of São Paulo, 2000. We calculated relative risks (RR) for the period and for each year in each administrative district to HIV infection and AIDS mortality by gender and total population. The RR was calculated using the program SaTScan. The addresses were geocoded using the Maptitude program, from the base to street addresses in the city of São Paulo, using the address (street and number) and zip code. The spatial clusters were mapped using the corocromática technique. The maps show high risk clusters in red and low risk, in blue. The epidemic has had major modifications before it was a disease that affects the upper class population, today the landscape of HIV / AIDS shows that the less favored population in terms of socioeconomic background is more affected due to the lack of information and preparation to deal with preventive measures. It can be argued that the spatial and temporal distribution of mortality from AIDS and HIV infection much like walking. In both, significant spatial clusters occur in the central site and lower than expected cases in south-central, southeast and south.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-06-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.