• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2012.tde-27022013-095552
Documento
Autor
Nome completo
Milena Estorniolo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Amoroso, Marta Rosa (Presidente)
Gallois, Dominique Tilkin
Velden, Felipe Ferreira Vander
Título em português
Laboratórios na floresta. Os Baniwa, os peixes e a piscicultura no alto rio Negro
Palavras-chave em português
Baniwa
Conhecimentos Indígenas e científicos
Natureza e sociedade
Piscicultura
Tradução
Resumo em português
O objetivo da pesquisa é refletir a respeito de iniciativas de desenvolvimento sustentável e segurança alimentar entre os povos indígenas na Terra Indígena do Alto Rio Negro, localizada no município de São Gabriel da Cachoeira AM, com foco sobre os projetos de piscicultura entre os Baniwa que habitam as margens do rio Içana e afluentes. Os projetos de piscicultura foram implementados pela Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (FOIRN) e apoiados pelo Instituto Socioambiental (ISA) e, entre os Baniwa, as atividades têm como sede principal a Escola Indígena Baniwa e Coripaco Pamáali. Na escola, técnicos indígenas de piscicultura e alunos em geral participam de treinamentos, oficinas e aulas a respeito de temas como sustentabilidade, manejo do meio ambiente e biodiversidade, e aprendem técnicas de reprodução artificial de peixes em laboratório. A intenção da pesquisa é captar os pontos de vista dos diversos atores envolvidos com esse projeto, de forma a mostrar como técnicos indígenas, lideranças de associações e assessores técnicos não indígenas entendem e negociam entre si a importância e as motivações dos projetos, além das definições dos entes associados a eles como os peixes e o meio ambiente e as maneiras pelas quais se dão as interações entre os conhecimentos indígenas e científicos. Como se procurou evidenciar, para os indígenas envolvidos com os projetos, mais do que a produção de peixes e a resolução de um problema ambiental, o interesse nos projetos estava associado à ampliação das relações e à incorporação e controle dos conhecimentos alheios.
Título em inglês
Laboratories in the forest: the Baniwa, the fish and the pisciculture in the Upper Rio Negro
Palavras-chave em inglês
Baniwa
Indigenous and scientific knowledge
Nature and society
Pisciculture
Translation
Resumo em inglês
The objective of this research is to reflect upon sustainable development and food safety initiatives among the indigenous peoples in an Upper Rio Negro indigenous land, located in the municipality of São Gabriel da Cachoeira AM (Brazil). The focus is on the pisciculture project executed with the Baniwa that inhabit the riverside and the tributaries of the Içana River. This project was implemented by the Federation of Indigenous Organizations of the Rio Negro (FOIRN, by its name in Portuguese) and supported by the Socio-Environmental Institute (ISA, by its name in Portuguese). Among the Baniwa, the projects main base is the Baniwa and Coripaco Indigenous School Pamáali, where the indigenous pisciculture technicians and students participate in trainings, workshops and classes on topics such as sustainability, environmental management and biodiversity, and learn the techniques of artificial reproduction of fish in laboratory. The intention of this research is to capture the points of view of different actors involved with the project, in order to show how indigenous technicians, leaders of associations and non-indigenous technical advisors understand and negotiate the importance and the motivations of the projects, besides the definitions of the beings associated with them like the fish and the environment and the interactions between indigenous and scientific knowledge. As we sought to evidence, for the indigenous people involved with the project, more than the production of fish and the resolution of an environmental problem, the interest in the projects was associated with the expansion of relations and the incorporation and control of alien knowledges.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-02-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.