• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Paola Lappicy Lemos Gomes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Hikiji, Rose Satiko Gitirana (Presidente)
Dawsey, John Cowart
Reily, Suzel Ana
Silveira Junior, Walter Garcia da
Título em português
O que cantam os catadores: uma etnografia sobre cantos e silêncios à margem do lixo
Palavras-chave em português
Catadores de lixo
Etnomusicologia
Música e trabalho
Resumo em português
Este ensaio é disparado pelos processos musicais que permeiam a jornada de trabalho de catadores de lixo em São Paulo. Neste cotidiano em meio ao lixo, estes abrem brecha para notas musicais, ritmos corridos e assobios melódicos. O objetivo desta pesquisa consiste em compreender, desta forma, o quê cantam estes trabalhadores, e a relação destes cantos com o cotidiano dos mesmos; quero, então, buscar um entendimento da música dentro do contexto urbano do lixo. Este ensaio, portanto, se trata de um estudo etnográfico sobre usos da música no ofício destes trabalhadores e seus desdobramentos no cotidiano destes. Há mais de um milhão de catadores no Brasil. Nas ruas de São Paulo, mais de vinte-cinco mil catadores de lixo reciclável sobrevivem à margem da cidade. Busco, neste trabalho, investigar o quê cantam e como cantam. Assim, contextualizando o fazer musical destes trabalhadores, proponho nesta pesquisa uma etnografia que busque diálogos entre a música, o silêncio e a corporalidade deles, pensando a música no trabalho destes catadores, e como o que cantam e contam diz sobre o que são socialmente.
Título em inglês
What do waste collectors sing? an ethnography about singing and silence in the edge of waste.
Palavras-chave em inglês
Ethnomusicology
Music and work
Waste collectors
Resumo em inglês
This essay is triggered by the musical processes that permeate the work day of waste collectors in São Paulo. In the daily routine amidst the waste, they open themselves to musical notes, rushed rythms, and melodic whistles. The objective, here, is to comprehend, in this way, what these workers sing, and the relation between this singing to their daily lives; I seek an understanding of music inside the urban contexto of waste. Therefore, this research is an ethnographic study about the uses of music in the occupation of these workers and their repercussions in their day-to-day. There is more than a million waste collectors in Brazil. In the streets of São Paulo, more than twenty-five thousand survive in the edge of the city. In this essay, I look into what they sing and how they sing. Thus, by contextualizing theis music-making, I propose an ethnography that pursuits an intersection between music, silence and corporeality, through the thought of music in their work-days, and how the music tells about what these workers are socially.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.