• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2014.tde-01062015-173729
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Queiroz Testa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Gallois, Dominique Tilkin (Presidente)
Figueiredo, Marina Vanzolini
Garcia, Uirá Felippe
Montardo, Deise Lucy Oliveira
Sztutman, Renato
Título em português
Caminhos de saberes Guarani Mbya: modos de criar, crescer e comunicar
Palavras-chave em português
Comunicação
Conhecimento
Corporalidades
Cosmologia
Guarani Mbya
Resumo em português
Esta etnografia descreve os caminhos pelos quais os Guarani Mbya, um povo indígena que vive no Brasil, Paraguai e Argentina, descobrem, desenvolvem e comunicam saberes. Considerando que os Mbya desenvolvem saberes e colocam-nos em circulação através de práticas contínuas de comunicação e movimento entre diferentes lugares e pessoas (humanas, divinas e não-humanas), esta pesquisa seguiu diferentes indivíduos e famílias enquanto caminhavam entre relações e lugares diversos. Atividades cotidianas e rituais de comunicação e tradução são abordadas, considerando que a tradução não se restringe ao âmbito linguístico, mas também abrange experiências através das quais saberes são transformados em ações eficazes. Os cuidados tomados pelos Mbya nos caminhos de circulação de saberes são descritos, chamando atenção para a relação entre saberes e doenças/infortúnios. Ademais, no âmbito das práticas que fazem a pessoa mbya crescer, tomam-se cuidados para administrar o desejo e os riscos de transformações provocadas pelo envolvimento constante da pessoa em diferentes contextos de relações. Os problemas abordados nesta tese dialogam com a etnologia ameríndia em geral e apontam para a possibilidade de diálogo com os campos da filosofia da linguagem e da educação.
Título em inglês
Grow with the flow: Guarani Mbya ways of knowing
Palavras-chave em inglês
Bodily practices
Communication
Cosmology
Guarani Mbya
Knowledge
Resumo em inglês
This ethnography describes the ways the Guarani Mbya, an indigenous people living in Brazil, Argentina and Paraguay, discover, develop and communicate knowledge. Considering that it is through constant movement and communication among different places and people (human, divine and non-human) that the Guarani Mbya develop knowledge and make it flow, this research was carried out by following different individuals and families as they moved along relations and places. Attention is drawn to common and ritual acts of communication and translation, in which translation is not only performed in the linguistic sense, but also encompasses experiences in which knowledge is translated into powerful actions. The lengths to which the Guarani Mbya seek to control the flow of knowledge are addressed pointing to the close tie between knowledge and sickness/misfortune, as well as the possibility that one may transform into the other and vice versa. In fact, the Mbya person, as all persons, grows continuously, and such growth entails managing the desire and risks of transformations triggered by his/her engagement in different contexts of interaction. The issues addressed in this dissertation dialogue with amerindian ethnology in general, and venture into a potentially promising dialogue with problems prevailing in the fields of education and philosophy of language research.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.