• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2014.tde-29062015-145614
Documento
Autor
Nome completo
Sacha Zilber Kontic
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Lacerda, Tessa Moura (Presidente)
Pinheiro, Ulysses
Silva, Franklin Leopoldo e
Título em português
Ideia, imagem e representação: Leibniz crítico de Descartes e de Locke
Palavras-chave em português
Descartes
Ideia
Leibniz
Locke
Representação
Resumo em português
A presente dissertação busca analisar como a concepção de representação é desenvolvida na filosofia de Leibniz tendo como pano de fundo a crítica que o filósofo faz ao modo como Descartes e Locke compreendem o conceito. Tomaremos como ponto de partida a crítica que Leibniz formula ao conceito de ideia tal como ele se encontra em Descartes, e a reformulação do conceito que ele opera a partir da compreensão da ideia como um gênero expressão. A partir dela, podemos compreender em que sentido Leibniz se vale do paradigma imagético da ideia em um sentido completamente diverso de Descartes. Ademais, ele nos permitirá compreender como, aos olhos de Leibniz, as noções de representação em Descartes e Locke se aproximam, por mais que suas concepções sobre a origem das ideias sejam opostas. Pretendemos com isso mostrar que, apesar da doutrina leibniziana da representação estar implicada em seu sistema, ela é profundamente marcada pela oposição ao cartesianismo e ao empirismo de Locke.
Título em inglês
Idea, Image and Representation: Leibniz, a critic of Descartes and Locke
Palavras-chave em inglês
Descartes
Idea
Leibniz
Locke
Representation
Resumo em inglês
The following thesis aims to study how the concept of representation is developed in the philosophy of Leibniz having as a background the philosophers critic of the way Descartes and Locke understand the concept. We will take as our starting point the critique that Leibniz formulates the concept of idea as it is in Descartes, and the reformulation of this concept understanding the idea as a genre of expression. From this, we can understandin what sense Leibniz make use of the imagetic paradigm to understand the representative content of the idea in a completely diferente sense as Descartes. Furthermore, it will allow us to understand how, in Leibniz point of view, the concept of representation in Descartes and Locke are similar, albeit the description of its origins differ completely in both philosophers. We intend to show that despite the fact that Leibnizian doctrine of representation is implicated in his system, this doctrine is deeply marked by the opposition to cartesianism and Lockes empiricism.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.