• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2015.tde-03122015-143205
Documento
Autor
Nome completo
Francisco Augusto de Moraes Prata Gaspar
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Moura, Carlos Alberto Ribeiro de (Presidente)
Cacciola, Maria Lucia Mello e Oliveira
Cecchinato, Giorgia
Terra, Ricardo Ribeiro
Zöller, Günter
Título em português
A distância do olhar: síntese e liberdade na doutrina da ciência de Fichte
Palavras-chave em português
Doutrina da ciência
Fichte
Gênese
Liberdade
Síntese
Verdade
Resumo em português
Tendo como principal objeto de análise a Fundação de toda a doutrina da ciência, este trabalho pretende mostrar como a liberdade e seus conceitos correlatos de espontaneidade e atividade são operadores essencialmente especulativos na doutrina da ciência. Ao contrário do que afirmam alguns de seus intérpretes, eles não entram em cena a partir das preocupações práticas de Fichte, como se a doutrina da ciência fosse obra dos anseios do coração do indivíduo Fichte. Antes, eles têm de resolver o problema constitutivo da filosofia acerca da síntese entre ser e pensamento. Problema cuja expressão mais precisa foi dada a Fichte a partir da filosofia transcendental de Kant e das objeções a ela dos pós-kantianos, sobretudo os céticos Maimon e Enesidemo. É preciso doravante refazer a doutrina da verdade de modo sistemático e radical, fornecendo a gênese de todo elemento fático. Ver-se-á que a liberdade deve ser entendida como sinônimo de gênese e, por isso, está apta a criticar todo o fático, expondo geneticamente tudo aquilo que aparece à consciência. Para tanto, será preciso, em um primeiro momento, recuperar o debate entre Reinhold, Enesidemo e Maimon com Kant e sua explicação da síntese originária, para depois, em um segundo momento, passar à análise da Fundação de toda a doutrina da ciência, mostrando como os conceitos de liberdade e espontaneidade absoluta dissolvem, passo a passo, as objeções céticas ao kantismo e fornecem a solução radical e sistemática para o problema filosófico da síntese.
Título em inglês
The distance of the Gaze: synthesis and freedom in Fichte's doctrine of science
Palavras-chave em inglês
Doctrine of sciense
Fichte
Freedom
Genesis
Synthesis
Truth
Resumo em inglês
Since the main analytical object of this work consists on the Foundation of entire doctrine of science, its intention is to show how freedom and its related concepts of spontaneity and activity are essentially speculative devices of the doctrine of science. Contrary to what some interpreters state, these concepts are not introduced by Fichte due to practical preoccupations, as if the doctrine of science were the result of his individual affective anxieties. These concepts should rather solve the founding problem of philosophy about the synthesis between being and thought. The most precise expression of this problem has been defined by Fichte through Kant's transcendental philosophy e the objections made by the post-Kantian to it, especially those from the skeptical Maimon and Enesidem. From this point on it will be necessary to redesign the doctrine of truth in a systematic and radical way, providing the genesis of every factical element of it. By so doing, freedom must be understood as a synonym of genesis and is, therefore, able to criticize the whole factical dimension, exposing genetically everything that comes into conscience. For this purpose, it will be first necessary to recover the debate between Reinhold, Enesidem and Maimon with Kant as its explanation of the originary synthesis. Then will it be possible advance to the analysis of the Foundation of entire doctrine of science showing how the concepts of freedom and absolute spontaneity dissolve, bit by bit, the skeptical objection to Kantianism, so providing the radical and systematic solution to the philosophical problem of synthesis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-12-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.