• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2014.tde-14012015-180416
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Eduardo Torres Freire
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Arbix, Glauco Antonio Truzzi (Presidente)
Golgher, Denise Braz
Guimaraes, Nadya Araujo
Perez, Jose Fernando
Salerno, Mario Sergio
Título em português
Biotecnologia no Brasil: uma atividade econômica baseada em empresa, academia e Estado
Palavras-chave em português
Biotecnologia
Brasil
Ciência e tecnologia
Inovação
Políticas públicas
Resumo em português
Essa pesquisa demonstra que a biotecnologia é uma atividade econômica essencialmente baseada na interdependência de atores das esferas mercado, ciência e Estado. A empresa privada depende do conhecimento da academia e de financiamento para inovação e regulação do Estado para produzir bens e serviços. Universidades e institutos fazem pesquisa utilizando recursos públicos e privados. E governos, agências e comitês formulam políticas de CT&I e respondem pela estrutura de regulação, atividade que precisam estar afinadas com empresas e academia para que sejam efetivas. Compreender a biotecnologia passa pelo entendimento desse complexo de interdependências, por isso as três esferas são utilizadas como recurso analítico nessa tese. O segundo aspecto importante da pesquisa é que seria inapropriado falar em um setor de biotecnologia. São atividades biotecnológicas com aplicações em diferentes áreas da economia (setor privado em saúde, bioenergia e agricultura), que provêm de diferentes áreas de conhecimento (agronomia, ciências biológicas e da saúde) e que precisam de políticas públicas específicas (para medicamentos, biocombustíveis e alimentos), e não genéricas (como políticas para biotecnologia). Condição para discutir esses dois aspectos é construir a biotecnologia como um objeto empírico de pesquisa, organizando informações sobre ele com métodos e técnicas consistentes e fornecendo uma base estatística inteligível no debate público, algo que não acontece atualmente no Brasil. Para tanto essa pesquisa: a) define o conjunto de empresas com atividades biotecnológicas no Brasil e apresenta suas características; b) seleciona áreas de conhecimento relacionadas à biotecnologia e dimensiona seu potencial de produção científica; c) organiza informações sobre políticas públicas e regulação voltadas a biotecnologia no país para entender as estratégias que impactam essa atividade econômica
Título em inglês
Biotechnology in Brazil: an economic activity based on enterprise, academy and State
Palavras-chave em inglês
Biotechnology
Brazil
Innovation
Public policy
Science and technology
Resumo em inglês
This thesis shows how biotechnology is essentially a business based on market, science and State. In order to produce goods and services, private firms depend on knowledge from academia and funding for innovation and regulation rules from the government. Universities and research institutes rely on public and private funding for research. And governments, agencies and public committees are responsible for policy-making in STI and for the regulation framework that directly impact companies and academia. Understanding biotechnology requires therefore an understanding of this relational complex of interdependencies the reason why the three spheres are used as an analytical framework in this thesis. The second topic to be highlighted is that it would be inappropriate to use the notion of a "biotechnology industry". We argue that biotechnology is based upon activities with applications in different economic industries (health, agriculture and bioenergy), is supported by several scientific areas of knowledge (agronomy, biological and health sciences) and needs specific STI and industrial policies (for medicines, food and biofuels, e.g.) rather than general ones (such as a "biotech policy"). In order to deal with these two topics, we must design biotechnology as an empirical and well-defined research object to build up a consistent statistical basis about biotech something that currently is missing in the Brazilian public debate. This task includes: a) defining the set of firms with biotech activities in Brazil and presenting its features; b) selecting areas of knowledge related to biotechnology and measuring its scientific research potential; c) organizing information about public policies and regulation issues on biotechnology in Brazil in order to understand how they impact on the biotech business
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-01-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.