• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2015.tde-10062015-154539
Documento
Autor
Nome completo
Victor Callil
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Silva, Marcia Regina de Lima (Presidente)
Comin, Alvaro Augusto
Kontic, Branislav
Título em português
Cadeia produtiva e mercado: um estudo sobre a produção e a venda de moda varejista na cidade de São Paulo
Palavras-chave em português
Cadeia têxtil-vestuário
Confecção
Magazines
Moda
Moda varejista
Resumo em português
O Brasil tem experimentado, nos últimos anos, o aumento no consumo de vestuário. A ascensão de um grande contingente de pessoas a um determinado patamar de consumo trouxe uma série de oportunidades para a indústria têxtil nacional. Não apenas o comércio varejista de roupas se sofisticou como também a cadeia têxtil-vestuário precisou se adaptar a uma nova realidade: um modelo de produção que tem como base a velocidade e o preço. Este trabalho, a partir de uma análise que engloba os processos produtivos e a venda de vestuário na capital paulista, busca explicar de que maneira o varejo legitima seu produto enquanto moda. Assim, elencamos três fatores essenciais para a análise de nosso objeto, a moda varejista: i) como nasceu e se desenvolveu o modelo de varejo existente até hoje. Nesta etapa abordamos a história de três magazines extremamente relevantes para história do varejo da cidade e mesmo do país Casa Alemã, Mappin e Mesbla - além de dois bairros fundamentais para a formação da indústria têxtil de São Paulo o Brás e o Bom Retiro. ii) o modo como a cadeia têxtil-vestuário paulistana adaptou seus meios de produção para acompanhar as mudanças do mercado. Aqui, analisamos dados quantitativos oriundos da RAIS além de material bibliográfico sobre o tema e, iii) como operam os atores envolvidos na fabricação e na venda da moda varejista. Para isso, abordamos dois representantes de funções centrais na produção de moda varejista, a produção e a distribuição: uma confecção, a R Confecções e um magazine, a saber, a Riachuelo. Nossa pesquisa é balizada pelo referencial teórico de Patrik Aspers, pesquisador suíço cujo foco de investigação é o mercado de moda varejista europeu. O instrumental apresentado por este autor nos permite compreender como se formam e se organizam os mercados de moda varejista.
Título em inglês
Supply chain and markets: a study about the production and the sale of retail fashion in São Paulo
Palavras-chave em inglês
Apparel
Department stores
Fashion
Retail fashion
Textile-clothing chain
Resumo em inglês
In the last years, Brazil has experienced an increase in the clothing consumption. The entrance of a large number of people into a certain consumption level brought a series of opportunities to the domestic textile industry. Not only the retail clothing market became more sophisticated but the textile-clothing chain had to adapt to the new reality: a production model based on speed and price. This paper, from the analysis that encompasses productive processes and the garment retail sector in the city of São Paulo, tries to explain how retail legitimizes its product as fashion. Therefore, we listed three essential factors to the analysis of our subject, the retail fashion: i) how did the existing retail model come to life and develop. At this stage, we take the history of three department stores extremely important to the history of retail in the city and even in the country: Casa Alemã, Mappin, and Mesbla. We also included two neighborhoods that were the building blocks of the textile industry in São Paulo Brás and Bom Retiro. ii) how the textile-clothing chain of São Paulo has adapted its production means to keep up with the market changes. Here we analyze quantitative data from RAIS and the material about this subject found in the literature, iii) how the manufacturing and sales stakeholders operate in the retail fashion. We interviewed two representatives of production and distribution core functions in retail fashion: one apparel manufacturer - R Confecções and one department store, Riachuelo. This research follows Patrik Aspers theoretical referential, a Swiss researcher whose investigation focus is the European retail fashion market. The tools presented by this author allows us to understand how retail fashion markets are created and organized.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.