• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Lucas Amaral de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Augusto, Maria Helena Oliva (Presidente)
Silva, José Carlos Gomes da
Silva, Marcia Regina de Lima
Teixeira, Ana Lúcia de Freitas
Tommasi, Maria Livia de
Título em português
Experiências estéticas em movimento: produção literária nas periferias paulistanas
Palavras-chave em português
Experiências
Literatura marginal
Movimento cultural
Periferia
São Paulo
Resumo em português
Neste trabalho, analiso o movimento da literatura marginal de São Paulo e suas expressividades políticas e poéticas. O objetivo central é examinar algumas dinâmicas dos saraus que permitem a emergência de escritores/as que se autodenominam marginais, bem como a produção de objetos literários a partir dos vínculos que esses/as agentes culturais estabelecem com espaços periféricos. Interessa-me flagrar o impacto de experiências urbanas variadas no labor literário, nas estratégias de atuação e na produção textual e performática de escritores/as oriundos/as das periferias paulistanas. Primeiramente, relato como se configurou meu trabalho de campo nos saraus e os primeiros contatos que tive com a produção marginal, a fim de delimitar os marcos etnográficos, metodológicos e epistemológicos que orientaram a pesquisa. Em seguida, verifico quais arranjos fazem com que agentes e coletivos formatem um novo movimento cultural de caráter urbano. Para tanto, mediante análise comparativa, percorro modelos e tradições que, por um lado, influenciaram a sociogênese dos saraus enquanto espaços vitais da literatura marginal e, de outro, serviram para provocar certos distanciamentos em seu processo formativo. Por fim, para identificar a particularidade do movimento e o sentido político e estético que pode ter a presença desses/as novos/as autores/as na história da literatura brasileira contemporânea, examino como agentes literários/as, em suas narrativas e performances poéticas, problematizam as periferias, locais onde vivem e a partir dos quais atuam culturalmente e produzem literatura. O argumento da tese é que, em função das oportunidades geradas pelos saraus poéticos, esses/as agentes vêm encontrando, hoje em dia, espaços possíveis para combater estigmas, repertoriar ideias e saberes, estruturar sentimentos, catalisar vivências coletivas e dinamizar suas práticas nas margens geográficas e simbólicas da cidade, a partir da importância do uso da palavra como forma de transformar labores literários em plataformas para o exercício da cidadania cultural.
Título em inglês
Aesthetic experiences in movement: literary production in the periphery of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Cultural movement
Experiences
Marginal literature
Periphery
São Paulo
Resumo em inglês
In this work, I analyze the Marginal Literature Movement and its poetic expressions. The aim is to examine the dynamics of saraus (open mic events) that allow the emergence of writers who call themselves marginal, as well as the production of literary objects from the bonds these agents establish with peripheral spaces. I seek to understand the impact of urban experiences on literary labor, strategies of action, and production of writers from the outskirts. First, I describe fieldwork set up and how the first contacts with marginal literature occurred, in order to establish the parameters of the ethnographic, methodological, and epistemological milestones that guided the research. Then, I discuss the arrangements leading to individual and collective social agency that shape a new cultural and urban movement. To this end, I explore through comparative analysis models and traditions that have, on the one hand, influenced the sociogenesis of saraus as important spaces of marginal literature and, on the other, served to provoke a certain distancing during their formative process. Finally, in order to identify the particularity of the movement as well as the political and aesthetic meaning that these new authors can have in the contemporary history of Brazilian literature, I examine how literary agents problematize the peripheries in the narrative, which are places where they live, and from where they act culturally and produce literature. The argument is that these agents are now finding spaces to fight stigmas, set ideas, structure feelings, catalyze collective experiences, and ground their practices on the margins of the city as a result of the opportunities generated by saraus. They have been doing so by highlighting the importance of the use of words as a way of transforming their literary works into platforms for the exercise of a cultural citizenship.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.