• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2005.tde-02102005-215154
Documento
Autor
Nome completo
Romulo Figueira Neves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Waizbort, Leopoldo Garcia Pinto (Presidente)
Araujo, Cicero Romao Resende de
Neves, Clarissa Eckert Baeta
Título em português
"Acoplamento estrutural, fechamento operacional e processos sobrecomunicativos na teoria dos sistemas sociais de Niklas Luhmann"
Palavras-chave em português
acoplamento estrutural
fechamento operacional
processos comunicativos
processos sobrecomunicativos
Sistemas sociais
Resumo em português
A presente pesquisa, eminentemente bibliográfica, visa apresentar e analisar alguns dos conceitos fundamentais da teoria dos sistemas sociais de Niklas Luhmann, que propõe um novo paradigma no campo da Sociologia e tenta superar as teorias sociais clássicas. Sistemas sociais, na acepção luhmanniana, são sistemas autopoiéticos, fechados operacionalmente e auto-referentes, formados a partir de uma diferenciação com o ambiente externo. Essa diferenciação ocorre com o estabelecimento de uma marca, que possibilita ao sistema estabelecer o que lhe pertence e o que não lhe pertence. Sistemas sociais operam a partir de processos comunicativos, que adquirem sentido a partir da rede recursiva interna, cujo acesso ao ambiente é fechado. O ambiente é formado pelos outros sistemas existentes e por informações desorganizadas. São apresentados os conceitos fundamentais da teoria para possibilitar a discussão de um aspecto específico: as relações inter-sistêmicas, principalmente por meio dos acoplamentos estruturais, mecanismo pelo qual um sistema utiliza, para colocar em funcionamento seus próprios elementos, as estruturas de um outro sistema, sem com isso, no entanto, confundir os limites entre eles. São relações inter-sistêmicas duradouras. Finalmente, temporalidade, racionalidade e limites da observação dos sistemas sociais são aspectos utilizados para a elaboração e apresentação de um conceito ainda inédito, o de processo sobrecomunicativo. O conceito visa explicar como podem ocorrer eventos de influência externa em sistemas autopoiéticos sem o abandono das premissas da teoria, como o fechamento operacional e a auto-referência. A estrutura formal da dissertação consiste em uma análise do funcionamento dos conceitos da teoria, observando a integração entre eles dentro do desenho geral, além de reflexões acerca de aspectos específicos dos conceitos que tratam da manutenção da integridade dos sistemas e de seu relacionamento com o ambiente e com os outros sistemas e da discussão do novo conceito apresentado, com a estruturação de seu funcionamento e a exemplificação de alguns de seus aspectos. Além disso, o trabalho contém também a tradução de um capítulo de um livro de Luhmann, que trata especificamente do conceito de acoplamento estrutural, para possibilitar o contato direto com o texto luhmanniano.
Título em inglês
"Structural coupling, operative closure and overcommunication in Niklas Luhmann's Social Systems Theory"
Palavras-chave em inglês
communication
operative closure
overcommunication
Social systems
structural coupling
Resumo em inglês
This thesis - based on bibliographic research - presents and analyzes some of the fundamental concepts of the Niklas Luhmann’s social systems theory, which proposes a new paradigm for the Sociology and intends to surpass the classic social theories. Social systems, in the luhmannian sense, are autopoietic, operatively closed and self-referred systems, emerged from a differentiation from the environment. This differentiation occurs with the establishment of a mark, which permits the system to recognize what pertains or not to the system. Social systems operate with communications that acquire meaning through the inside recursive net, which access is closed to the environment. The environment is formed by other existing systems and by disorganized information. The fundamental concepts of the theory are presented in order to introduce the debate about an specific aspect: the inter-systemic relationship, specially through structural coupling, the mechanism by which a system operates its own elements through the use of the structures of another system, meantime the limits between them are maintained. Structural couplings are long lasting inter-systemic relationships. Finally, the temporality, rationality and limits of the observation of the social systems are used for the proposition of a new concept: overcommunication. The concept intends to explain how external influences can occur in autopoietic systems without the abandonment of the premises of the theory, such as the operational closure and the self-reference. The formal structure of the thesis is as follows: an analysis of the functioning of the concepts of the theory, taking in account their integration into the general draw; reflections on specific aspects of the concepts which deal with the preservation of the integrity of the system and on the relationship of the system with the environment and with other systems and, finally, the presentation of the new concept, its structure, functioning and examples. A translation into Portuguese of a Luhmann’s text about structural coupling is attached.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Luhmann.pdf (753.62 Kbytes)
Data de Publicação
2006-02-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.