• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.76.1999.tde-18062008-082315
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Henrique Portezani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 1999
Orientador
Banca examinadora
Costa, Luciano da Fontoura (Presidente)
Cesar Junior, Roberto Marcondes
Gonzaga, Adilson
Título em português
Investigação e modelagem da percepção de saliências em formas bidimensionais
Palavras-chave em português
Percepção de formas
Percepção de saliêcias
Psicofísica
Resumo em português
Esta dissertação é o resultado de uma pesquisa na área de psicofísica para obtenção de uma modelagem da percepção visual de saliências em formas bidimensionais. Para que este objetivo fosse atingido, foi desenvolvido um experimento psicofísico executado através de um programa computacional, que apresenta aos indivíduos imagens de formas (ou contornos) bidimensionais com diversas características e saliências. O experimento é realizado em duas etapas, ambas com 16 indivíduos, e assim divididas devido as características das formas utilizadas. A primeira etapa é constituída de 30 imagens que apresentam formas mais prováveis de serem encontradas diariamente, além de apresentarem uma maior simetria e alongamento do que as 25 imagens que compõem a segunda etapa. Os resultados do experimento, ou seja, a freqüência de escolha das regiões das imagens pelos indivíduos, foram organizados através de histogramas polares para cada uma das 55 imagens, sendo este gerados por computador através de um programa por nós desenvolvido. As conclusões obtidas, quando efetuou-se uma comparação das regiões escolhidas pelos indivíduos com os conceitos sobre percepção de formas (basicamente a regra da "boafigura" dosprincípios de Gestalt), foram que as regiões escolhidas com mais freqüência não são necessariamente as "boas regiões". A fim de obtermos modelos da percepção de saliências de formas bidimensionais, ou seja, modelos que determinem as regiões escolhidas pelos indivíduos durante a realização do experimento psicofísico, foram desenvolvidos dois métodos de modelagem, sendo um relacionado com campos vetoriais e o outro com a entropia da curvatura das imagens apresentadas como estímulos aos indivíduos. Os resultados dos dois modelos foram comparados com os resultados práticos obtidos através do experimento psicofísico, a fim de obtermos uma análise da validade dos modelos. Através desta comparação foi possível concluir que, apesar dos modelos apresentarem uma representação quantitativa de algumas das etapas do processo percepção de saliências, outros valores de suas variáveis devem ser testados para que o processo de modelagem torne-se mais próximo do ideal.
Título em inglês
Investigation and modeling of the perception of saliencies in two dimensional shapes
Palavras-chave em inglês
Perception of forms
Perception of saliencies
Psychophysics
Resumo em inglês
This dissertation is the result of the a research in the area of psychophysics in order to obtain a modeling of the visual perception of saliences in form bidimensionais. In order to reach the target, an psychophysical experiment was developed which was done through the use of a computer programme. This programme presents to individuals images of bidimensional shapes (or outlines) with a variety of characterisitcs and saliences. The experiment is done in two phases, both of which with 16 individuals, and afterwards it is divided into the characteristics of the shapes which were used. The first phase consists of 30 images that present the most probable shapes which can be found easily every day. It also presents a bigger symmetry and elongation when compared to the 25 images which are part of the second phase. This second phase presents the shapes which are not so probable to be found everyday. The result of the experiment, that is the frequency of the choice of the regions of the images by the individuals, were organized through the use of polar histograms for each one of the 55 images. The histograms were generated by a computer which uses a programme developed by us. The conclusion obtained, when a comparison of the regions chooses by the individuals with the concepts about perception of forms (basically the rule of the "good shape" of the Gestalt principles), were that the regions choosen more frequently were not the "good regions". In order to obtain models of the perception of the saliences of the bidimensional shapes, which are the models that determine the regions chosen by the individuals during the psychophysical experiment, two methods of modeling were developed. One of them is related to vectorial fields and the other to the entropy of the curvature of the images presented as stimulus to the individuals. The results of the two models were compared to the practical results obtained through the psychophysical experiment in order to obtain an analisys of the validity of the models. Through this comparison was possible to conclude that ' although the models present a quantitative representation of some steps of the process of perception of saliencies, other values of its variables should be tested in order to mabe the process of modeling closer to the ideal one.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CarlosPortezani_M.pdf (8.01 Mbytes)
Data de Publicação
2008-06-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.