• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.74.2013.tde-29102013-133751
Documento
Autor
Nome completo
Lucas Domênico Elmôr
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2013
Orientador
Banca examinadora
Costa, Ernane José Xavier (Presidente)
Brandi, Roberta Ariboni
Del Claro, Gustavo Ribeiro
Mendonça, Paulo Eduardo Marques Furtado de
Ribeiro, Rogers
Título em português
Zeolita (clinoptilolita) em biscoitos para cães: qualidade do produto e palatabilidade
Palavras-chave em português
Análise sensorial
Atividade de água
Coloração
Textura
Resumo em português
Níveis crescentes de zeolita (clinoptilolita) - 0%; 1,5%; 3,0%; 4,5% - foram utilizados com o intuito de se avaliar a qualidade e a palatabilidade de biscoitos para cães. No âmbito da qualidade de produto foi avaliada a atividade de água, através da mensuração da umidade relativa de equilíbrio, a coloração, utilizando-se colorímetro em sistema CIEL*a*b, a textura através de texturômetro com sonda específica e a ordenação de preferência por parte dos proprietários de cães. O ensaio de palatabilidade foi realizado com 14 cães adultos, sem raça definida, machos e fêmeas, com idade média de seis anos e peso médio de 14kg. Foi utilizado delineamento inteiramente casualizado. Nos níveis de inclusão de 3% e 4,5% a zeolita diminuiu (p<0,01) os valores de atividade de água e para todos os níveis testados não houve efeito (p<0,01) na coloração de biscoitos para cães. A pressão de cisalhamento foi crescente (p<0,01) nos tratamentos 0%; 1,5% e 3,0%, respectivamente. Porém, sofreu uma queda (p<0,01) no nível de inclusão de 4,5%. Na análise sensorial os proprietários de cães preferiram (p<0,05) para o parâmetro cor o nível de 0% de inclusão de zeolita, para o odor os níveis 0% e 1,5% e para a dureza os níveis 0% e 4,5%. No ensaio de palatabilidade, tanto para primeira escolha, como para a razão de ingestão, houve diferença (p<0,01) significativa, sendo o nível de 3% de Zeolita o preferido, seguido dos níveis 4,5%, 0% e 1,5%, respectivamente. Mesmo não havendo efeito na coloração, a adição de Zeolita (clinoptilolita) altera a qualidade de biscoitos para cães, causando uma diminuição na atividade de água, nos níveis de 3,0% e 4,5% de inclusão e modificando a textura nos níveis 1,5% e 3,0%. Diferentes níveis de zeolita na composição de petiscos podem ser identificados pelos cães
Título em inglês
Zeolite (clinoptilolite) in dog biscuits: product quality and palatability
Palavras-chave em inglês
Coloring
Sensory analysis
Texture
Water activity
Resumo em inglês
Increasing levels of zeolite (clinoptilolite) - 0%, 1.5%, 3.0%, 4.5% - were used in order to evaluate the quality and palatability of dog biscuits. Concerning product quality water activity was evaluated by measuring the equilibrium relative humidity, coloring by colorimeter on the CIEL *a*b system, texture through texturometer using three point bending rig probe and ordering of preference for the dog's owners. The palatability test was conducted with 14 adult dogs, mixed breed, male and female, with an average age of six years, and an average weight of 14kg. The statistical design was applied in a completely randomized study. In inclusion levels of 3.0% and 4.5% of zeolite decreased (p <0.01) the values of water activity and at all levels tested did not affect (p <0.01) in staining. The shear stress is increased (p <0.01) between treatments 0%, 1.5% and 3.0%, respectively. However, has declined (p <0.01) on level of inclusion of 4.5%. In the sensory analysis dog owners preferred (p <0.05) for the color parameter 0% of inclusion, for the odor 0% and 1.5% and hardness 0% and 4.5%. In palatability test, both first choice and ratio of ingestion had significant differences (p <0.01) between the levels tested and the level of 3% zeolite was preferred, followed by 4.5%, 0 % and 1.5% levels, respectively. Even without effecting coloring, adding zeolite (clinoptilolite) alters the quality of dog biscuits, causing a decrease in water activity on levels of 3.0%, and 4.5% inclusion and changing the texture on levels 1.5% and 3.0%. Different levels of zeolite in the composition of snacks can be identified by dogs
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DO3759200COR.pdf (994.43 Kbytes)
Data de Publicação
2013-10-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.