• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.74.2005.tde-07042006-140151
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Rodrigues Pozzi Arcaro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2005
Orientador
Banca examinadora
Guimarães, Elizabeth Oliveira da Costa Freitas (Presidente)
Leme, Paulo Roberto
Oliveira, Carlos Augusto Fernandes de
Pinheiro, Maria da Graça
Silva, Iran José Oliveira da
Título em português
Efeitos do sistema de resfriamento adiabático evaporativo em free-stall sobre a produção, fisiologia, comportamento e ocorrência de mastite em vacas em lactação.
Palavras-chave em português
comportamento animal
fisiologia
mastite
produção leiteira
resfriamento adiabático evaporativo
Resumo em português
O trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência do sistema de resfriamento adiabático evaporativo (SRAE), acionado em diferentes horários, em instalação do tipo free-stall e a interação entre o ambiente e a ocorrência de mastite bem como seus reflexos nas respostas produtivas, fisiológicas e comportamentais de vacas em lactação. Foram utilizadas 28 vacas em lactação, multíparas, das raças Holandesa Preta e Branca e Parda Suíça, com produção média diária de 23 kg de leite/animal por dia distribuídas em um delineamento inteiramente casualisado. O período experimental de 56 dias teve início em 20 de janeiro de 2003. Os tratamentos foram: controle (sem SRAE); Dia (SRAE acionado das 7 às 19 h); Noite (SRAE acionado das 19 às 7 h) e 24 horas (SRAE acionado durante 24h). Os equipamentos foram acionados toda vez que a temperatura atingiu 22ºC. A temperatura de bulbo seco (TBS), umidade relativa do ar (UR) e a temperatura de globo negro (TGN) foram mensuradas ao longo das 24 horas. A freqüência respiratória (FR), a temperatura retal (TR) e temperatura do pelame (TP) foram tomadas duas vezes por semana às 7, 13 e 21 h. A ordenha foi realizada às 7 e às 19 h. Amostragens semanais de leite e sangue foram realizadas para análise da composição do leite (gordura, proteína, lactose e contagem de células somáticas) e determinações hormonais de cortisol, tiroxina (T4) e triiodotironina (T3). Para análise comportamental foram observadas, semanalmente, as atividades (ingestão de água, alimento, ruminação e ócio, em pé ou deitada) de cinco animais de cada tratamento, por um período de 24 horas, em intervalos de 10 minutos. Para avaliação da ocorrência de mastite clínica e subclínica foram feitos exames semanais de TAMIS (caneca de fundo preto) e California Mastitis Test (CMT). Foram colhidas amostras de leite de todos os quartos para identificação microbiológica dos agentes causais da mastite. A climatização do free-stall utilizado no tratamento dia conseguiu manter a temperatura dentro da faixa de termoneutralidade até as 12 h, mas a partir da 17 h a TBS do tratamento dia foi significativamente maior que o tratamento controle e 24 horas. As TGN, UR e ITU permaneceram acima da termoneutralidade. Foi observada uma correlação linear positiva entre a temperatura retal e as TP. Nos animais do tratamento controle os níveis de cortisol encontravam-se acima dos níveis normais. O consumo de matéria seca dos animais submetidos ao tratamento noite foi maior (P<0,05), entretanto, isso não refletiu na produção de leite. Os animais do tratamento controle e 24 horas permaneceram o menor tempo se alimentando, gastaram mais tempo em ócio, e levaram menos tempo ruminando. Na fase pré-experimental a maior freqüência de isolamento bacteriano foi para Staphylococcus coagulase negativa. No tratamento noite e dia, houve uma diminuição na proporção de casos positivos de mastite subclínica da fase pré-experimental em relação à última semana da fase experimental. Na última semana da fase experimental houve uma diminuição de Staphylococcus coagulase negativa e aumento da ocorrência de Corynebacterium sp.
Título em inglês
Effects of the adiabatic evaporative cooling system in free-stall on the production, physiological, behavior on the occurrence of mastitis in dairy cows.
Palavras-chave em inglês
adiabatic evaporative cooling
animal behavior
dairy cows
mastitis
milk production
physiological parameters
Resumo em inglês
The purpose of this research was to compare the efficiency of three different schedule for using an adiabatic evaporative cooling with misting system (AEC) in a free-stall and its influence on the occurrence of clinical and sub clinical mastitis, as well as, on the physiological and milk production parameters on lactating cows. A total of 28 Brown Swiss and Holstein multiparous cows were random allocated in four groups. At starting of the experiment the daily average of milk production was 23 kg per animal. The overall experimental period was of 56 days, starting from January 20th. Treatments were: control group (without AEC); Day (AEC turned on from 7 to 19 h); Night (AEC turned on from 19 to 7 h) and 24 h (AEC turned on during 24h). Every time the temperature reached 22ºC the AEC automatically start functioning. The dry bulb temperature (DBT), relative humidity (RH) and black globe temperature (BGT) were measuread hourly inside and outside of facilities through a period of 24 hours. The respiratory frequency (RF), rectal temperature (RT) and skin temperature (ST) were registered twice a week at 7, 13 e 21 h. The milking was performed at 7 and 19 h. The samples of milk and blood were weekly taken to be performed the milk composition analyses (fat %, protein %, lactose %, somatic cell counts) as well as to hormonal analyses of cortisol, thyroxin (T4) e triiodothyronine(T3) levels. To be performed the behavior analyses five animals, from each group, were weekly observed, each 10 minutes during a 24h period, in respect to the following activities: water and food ingestion, ruminating, and time in resting on foot or lying. The results of the strip cup and California Mastitis Test (CMT) were weekly registered to evaluate the occurrence of clinical and subclinical mastitis. Milk samples were aseptically collected from the quarters of all animals to be submitted to microbiological examination to etiologic mastitis microorganisms identification. The free-stall cooling used in the day group kept the temperature under the thermoneutrality range till 12 h, however from 17 h in the day group the DBT was statistically higher than in control and 24 h groups. It was detected significant difference among the groups (P<0.05) in respect to the following parameters: BGT, RH e temperature-humidity index (THI) that was higher than the thermoneutrality range. It was observed a positive linear correlation between rectal temperature and PT. The cortisol levels among the control group animals were higher than the normal values. In spite of the dry matter consume by the animals of night group were higher (P<005), the same was not observed in respect of milk production. The animals of the control group stayed less time eating stayed longer lazily and less time ruminating. Staphylococcus coagulase negative was the most commonly isolate before the experimental period It was observed a reduction on subclinical mastits frequency in the animals of day and night groups when compared to the last week of the experimental period. It was observed a reduction on Staphylococcus coagulase negative frequency and increased Corynebacterium sp occurrence in the last week of the experimental period.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
1002863.pdf (1.00 Mbytes)
Data de Publicação
2006-04-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.