• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.71.2009.tde-07042009-150625
Documento
Autor
Nome completo
Mirian Liza Alves Forancelli Pacheco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Figuti, Levy (Presidente)
Afonso, Marisa Coutinho
Martins, Gilson Rodolfo
Título em português
Zooarqueologia dos sítios arqueológicos Maracaju 1, MS e Santa Elina, MT
Palavras-chave em português
Sítio arqueológico Maracaju 1
Sítio arqueológico Santa Elina
Zooarqueologia de MS
Zooarqueologia de MT
Resumo em português
Vestígios arqueofaunísticos resgatados em sítios arqueológicos de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul revelaram a existência pretérita de grupos humanos caçadores-coletores generalistas, nestes Estados. Inseridos neste contexto, estão os sítios arqueológicos Maracaju 1, MS e Santa Elina, MT, caracterizados por serem abrigos sob rocha, que apresentam painéis com inscrições rupestres, e por uma quantidade de remanescentes arqueofaunísticos, associados a outros vestígios da cultura material. Diante do exposto, o presente trabalho teve por objetivos (1) compreender, sob a perspectiva da arqueofauna, os padrões de subsistência das populações humanas pretéritas que ocuparam Maracaju 1, MS e Santa Elina, MT, dois abrigos em bioma de Cerrado; (2) delinear as atividades (específicas ou não) realizadas pelos grupos humanos que ocuparam estes abrigos; e, diante disso, (3) inferir a função destes abrigos para as populações pretéritas locais. Para tanto, estes registros zooarqueológicos foram estudados por meio de métodos e técnicas multidisciplinares (e.g. Taxonomia e Tafonomia experimental). Diante dos resultados deste trabalho, foi possível inferir que a caça e as atividades de subsistência, nas ocupações atribuídas aos caçadores-coletores, em Maracaju 1, ocorreram de modo sucessivo e, provavelmente, sazonal. Esta característica de ocupação fortaleceu a hipótese do elevado grau de mobilidade e das ocupações mais horizontalizadas na paisagem, característica desses grupos humanos. Do mesmo modo, a explicação mais parcimoniosa para o contexto zooarqueológico de Santa Elina, é a de que as ocupações humanas tiveram um caráter, provavelmente sazonal e ocorreram durante as alocações de recursos ligadas a outros eventos culturais, evidenciados pelos registros rupestres e pelos vestígios arqueológicos resgatados neste sítio.
Título em inglês
Zooarchaeology of the archaeological sites Maracaju 1, MS e Santa Elina, MT
Palavras-chave em inglês
archaeological site Maracaju 1
archaeological site Santa Elina
Zooarcheology of MS
Zooarcheology of MT
Resumo em inglês
Archaeofaunistic remains rescued in archaeological sites from Mato Grosso and Mato Grosso do Sul have shown the existence of generalists past hunter-gatherers groups in these states. Embedded in this context, there are the archaeological sites Maracaju 1, MS and Santa Elina, MT, characterized by being rock shelters, with rock art, and a quantity of archaeofaunistic remains, along with other traces of material culture. Facing the above, this work aimed to (1) understand, from the perspective of archaeofauna, the subsistence patterns of the people who occupied Maracaju 1, and Santa Elina, two shelters in the Cerrado biome, (2) outlining the activities (specific or not) done by human groups who occupied these shelters, and face it, (3) deduce the function of these shelters for local people. To reach that, these zooarchaeological records were studied using multidisciplinary methods and techniques (e.g. Taxonomy and Experimental taphonomy). Facing these results, it was possible to infer that hunting and subsistence activities, in occupations attributed to hunters-gatherers in Maracaju 1, occurred in successive and probably seasonal context. This occupation characteristic has strengthened the hypothesis of the high degree of mobility and more horizontalised occupations in the landscape, characteristic of these human groups. Similarly, the most parsimonious explanation for the zooarchaeological context of Santa Elina, is that the human occupation, probably had a seasonal character and occurred during the resources allocation related to other cultural events, evidenced by the rock art and the archaeological remains rescued in this site.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
capa_indices_resumos.pdf (190.90 Kbytes)
Dissertacao_anexos.pdf (55.07 Mbytes)
ultimo_anexo_6.pdf (61.88 Kbytes)
Data de Publicação
2009-04-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.