• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Ana Claudia Medeiros Galvão de Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Nichiata, Lucia Yasuko Izumi (Presidente)
Amendola, Fernanda
Barbosa, Maria Clara Padoveze Fonseca
Ciosak, Suely Itsuko
Título em português
Atendimentos por condições sensíveis à atenção primária à saúde em uma unidade de pronto-atendimento: proposta de comunicação para coordenação do cuidado,
Palavras-chave em português
Atenção Primária à Saúde
Enfermagem
Hospitalização
Sistema Único de Saúde
Resumo em português
Introdução: O estudo da Atenção Primária à Saúde (APS) tem promovido discussões a respeito da organização dos sistemas de saúde e como eles se comunicam, no Brasil e no mundo. A falta de coordenação da atenção à saúde é apontada como um dos principais obstáculos na instituição de melhorias no cuidado aos usuários. Uma vertente de avaliação da APS em diversos países tem utilizado a análise das internações por condições sensíveis à atenção primária (ICSAP), por meio de indicadores de sua efetividade. As taxas de ICSAP podem ser utilizadas como forma de avaliar o acesso, a cobertura, a qualidade e o desempenho da APS e, assim, pensar em melhorias na comunicação entre os serviços de saúde. Objetivos: Propor um fluxo de comunicação entre um serviço de urgência e emergência e a APS em uma região do município de São Paulo; identificar os pontos de fragilidade e potencialidade na comunicação entre os serviços de urgência e emergência e a Atenção Primária à Saúde a partir da análise das condições sensíveis à atenção primária (CSAP). Método: Trata-se de um estudo transversal, descritivo, exploratório e retrospectivo, com abordagem quantitativa, desenvolvido na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA 24h) Campo Limpo a partir de dados secundários obtidos de um banco de dados, referente ao período de janeiro de 2015 a dezembro de 2016. As análises foram realizadas com o auxílio do pacote estatístico SPSS. O fluxograma de comunicação foi proposto a partir do sistema informatizado NISI-online. Resultados: O banco de dados foi composto por 434.883 atendimentos, no período de 2 anos, com prevalência de ICSAP de 17,1%. O sexo feminino foi o mais acometido pelas internações sensíveis e crianças de 1 a 4 anos apresentaram chance aumentada de atendimento por ICSAP. A maioria das ICSAP foi composta por infecções de ouvido, nariz e garganta (45,4%). Há evidências de aumento da chance de atendimento por ICSAP em pacientes crônicos (p< 0,001), com possibilidade estimada em torno de quatro vezes a dos pacientes não crônicos. A proposta de fluxograma de comunicação entre UPA e APS se deu a partir de pacientes com doenças crônicas (asma/bronquite, hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus e transtorno mental) com importância de intervenção junto à APS. Conclusão: A consolidação das Redes de Atenção à Saúde voltada para a coordenação do cuidado, por meio da utilização de abordagens que aproximem os diferentes pontos de atenção à saúde, constitui-se como instrumento importante na continuidade do cuidado aos pacientes crônicos com ICSAP.
Título em inglês
Ambulatory Care Sensitive Conditions in a emergency department: Communication proposal for care coordination.
Palavras-chave em inglês
Hospitalization
Nursing
Primary Health Care
Unified Health System
Resumo em inglês
Introduction: The study of Primary Health Care has promoted discussions about the organization of the health systems and how they integrate to each other in Brazil and around the world. The lack of coordination is pointed out as one of the main obstacles to implement improvements in the health care. Some countries are using the numbers of Ambulatory care sensitive conditions (ACSC) as parameter to evaluate the Primary Health Care effectiveness. ACSC indexes can be used to evaluate the coverage, quality, and performance of Primary Health Care, analyzing the potential improvements in communication between the health services. Objectives: Introduce a communication flow between an emergency department and Primary Health Care in determinate region from São Paulo city; Identifying the fragilities and potentialities in the communication between an emergency department and Primary Health Care using the analysis of the ACSC cases. Method: This is a cross-sectional, descriptive, exploratory and retrospective study, with a quantitative approach, developed at the Emergency Department Campo Limpo based on secondary data obtained from a database, from the period of January 2015 to December 2016. The analyzes were executed with the assistance of the statistical package SPSS. The communication flowchart was developed using data from the NISI-online computerized system. Results: The database was composed by 434,883 consultations in a 2-year period, with 17.1% prevalence of ACSC. The female gender was the most affected by the sensitive hospitalizations and children from 1 to 4 years old presented an increased tendency of ACSC. Most of ACSC were composed by ear, nose and throat infections (45.4%). There are evidences that increases the chances four times more for ACSC care in chronic patients (p < 0.001), when comparing to non-chronic patients. The proposed communication flow between Emergency department and Primary Health Care was based on patients with chronic diseases (asthma / bronchitis, systemic arterial hypertension, diabetes mellitus and mental disorder) highly recommended to have Primary Health Care intervention. Conclusion: The consolidation of health care networks focused on the coordination of care process using an approach that turn close the different scenarios of health care is important for the continuity of care for chronic patients with ACSC.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-10-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.