• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Francine Fernandes Pires Mekitarian
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Angelo, Margareth (Presidente)
Cruz, Andréia Cascaes
Mandetta, Myriam Aparecida
Rossato, Lisabelle Mariano
Shimoda, Gilcéria Tochika
Título em português
Presença da família no atendimento de emergência pediátrica hospitalar: elaboração e aplicação de um protocolo
Palavras-chave em português
Cuidado Centrado no Paciente e na Família
Emergências
Enfermagem Pediátrica
Pediatria
Presença da família
Protocolos
Resumo em português
Introdução: Partindo-se do pressuposto que o Cuidado Centrado no Paciente e na Família é o modo mais humanizado de prestar cuidado em saúde, faz-se necessário refletir sobre a aplicabilidade dessa abordagem em unidades de emergência pediátrica. Uma possibilidade é o favorecimento da presença da família no atendimento de emergência. O uso de protocolo e o treinamento de profissionais de saúde são ferramentas que fortalecem a prática. Objetivos: elaborar e aplicar na prática clínica um protocolo brasileiro que inclui a família no atendimento de emergência pediátrica. Método: estudo piloto do tipo descritivo observacional, realizado em três etapas: 1) elaboração do protocolo; 2) treinamento de profissionais para a aplicação do protocolo. O treinamento foi realizado com 26 profissionais de enfermagem atuantes em uma unidade de emergência pediátrica de um hospital de ensino, localizado na cidade de São Paulo e 3) análise da aplicação do protocolo na prática assistencial. Para essa análise, foi investigada a dinâmica do atendimento de emergência focando os aspectos relacionados à presença da família; as perspectivas de profissionais de saúde em relação ao conteúdo do protocolo e as anotações de enfermagem no que tange a aplicação do protocolo. Resultados: Foram analisados 65 atendimentos de emergência com a aplicação do protocolo. Em 65,6% dos atendimentos, foi designado um profissional de suporte; 93,4% das famílias aceitaram o convite para presenciar o atendimento e não ocorreu interrupção do atendimento ao paciente em consequência da presença desta. Ao avaliar o protocolo, 85,7% dos profissionais referiram confiança em aplicá-lo em sua prática profissional. As principais dificuldades percebidas pelos profissionais para aplicar o protocolo incluíram a falta de recursos humanos, a falta de treinamento de todos os profissionais e a falta de estrutura física para o acolhimento familiar. Em relação às facilidades, foram elencadas equipe sensibilizada à prática, suporte familiar, o CCPF como alicerce teórico e membros na equipe experientes sobre o tema. Em relação ao conteúdo, os profissionais consideraram o protocolo fácil e rápido de ser aplicado. Apenas em 50% das anotações de enfermagem foi registrado que a família estava presente no atendimento. Conclusões: As ações promotoras para a adoção institucional do protocolo incluem a sensibilização dos profissionais para acolher as famílias no atendimento de emergência e treinamento para a aplicação do protocolo na prática assistencial. Além disso, as ações que facilitam a implantação do protocolo na prática assistencial incluem respaldo teórico na abordagem do CCPF, profissionais que atuem como referência sobre o tema para os demais membros da equipe e designação de um profissional de suporte.
Título em inglês
Presence of the family in pediatric emergency hospital care: elaboration and application of a protocol
Palavras-chave em inglês
Emergencies
Family Presence
Patient and Family Centered Care
Pediatric Nursing
Pediatrics
Protocols
Resumo em inglês
Introduction: Based on the assumption that Patient and Family Centered Care (PFCC) is the most humanized way of providing health care, it is necessary to reflect on the applicability of this approach in pediatric emergency units. One possibility is to favor the presence of the family in emergency care. The use of protocol and the training of health professionals are tools that strengthen the practice. Objectives: To elaborate and apply in clinical practice a Brazilian protocol that includes the family in pediatric emergency care. Method: pilot study of descriptive observational type, carried out in three stages: 1) elaboration of the protocol; 2) professional training for the application of the protocol. The training was performed with 26 nursing professionals working in a pediatric emergency unit of a teaching hospital, located in the city of São Paulo; and 3) analysis of the application of the protocol in the practice of care. For this analysis, it was investigated the dynamics of emergency care focusing on the aspects related to family presence; the perspectives of health professionals regarding the content of the protocol and the nursing notes regarding the application of the protocol. Results: A total of 65 emergencies were analyzed using the protocol. In 65.6% of the attendances a support professional was assigned; 93.4% of the families accepted the invitation to attend the service and there was no interruption of the patient care due to the presence of the family. When evaluating the protocol, 85.7% of the professionals reported confidence in applying it to their professional practice. The main difficulties perceived by professionals to apply the protocol included lack of human resources, lack of training of all professionals and lack of physical structure for the family. Regarding the facilities, the team was sensitized to practice, family support, the PFCC as a theoretical foundation and have experienced team members on the topic. Regarding content, professionals considered the protocol easy and quick to apply. Only 50% of the nursing notes recorded that the family was present in the care. Conclusions: The actions promoting the institutional adoption of the protocol include raising the awareness of professionals to receive families in emergency care and training for the application of the protocol in the practice of care. In addition, actions that facilitate the implementation of the protocol in the practice of care include theoretical support in the approach of the PFCC, professionals who serve as reference on the theme for the other members of the team and appointment of a support professional.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2021-04-25
Data de Publicação
2019-05-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.