• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2015.tde-23062015-142250
Documento
Autor
Nome completo
Rosangela Elaine Minéo Biagolini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Bertolozzi, Maria Rita (Presidente)
Galesi, Vera Maria Neder
Silveira, Cássio
Takahashi, Renata Ferreira
Waldman, Eliseu Alves
Título em português
Trabalho e adoecimento por tuberculose em bolivianos atendidos nas Unidades Básicas de Saúde da Supervisão Técnica de Saúde Penha/São Paulo
Palavras-chave em português
Acesso aos serviços de saúde
América Latina
Enfermagem
Migração Internacional. Bolívia
Trabalho
Tuberculose
Resumo em português
Introdução: A tuberculose (TB) entre bolivianos tem apresentado importante magnitude epidemiológica no Município de São Paulo. Objetivo: Analisar características sociodemográficas, de trabalho e relativas ao processo saúde-doença de um grupo de imigrantes bolivianos com TB, atendidos nas Unidades Básicas de Saúde da região da Supervisão Técnica de Saúde da Penha (STS-Pe), da Secretaria da Saúde do Município de São Paulo. Métodos: Estudo de abordagem quali-quantitativa, desenvolvido na área da STS-Pe que, em uma primeira Etapa, utilizou banco de dados gerado pelo sistema TBWeb para identificar o perfil epidemiológico de pessoas com TB, bolivianos e não bolivianos, residentes na região, no período de 2006 a 2013. Tais dados foram sistematizados por meio do pacote estatístico R. Em uma segunda Etapa foram realizadas entrevistas a 22 bolivianos em tratamento nas UBS, as quais foram analisadas segundo técnica de análise de discurso e interpretadas à luz da Hermenêutica-Dialética e da Teoria da Determinação Social do Processo Saúde Doença. Resultados: Na primeira etapa do estudo, totalizaram 225 bolivianos e 2031 não bolivianos. A comparação entre os grupos apontou diferenças significativas em relação a: faixa etária, raça/cor, ocupação, local de residência, comorbidades, forma da doença, tipo de descoberta, local de tratamento, teste HIV, baciloscopia de diagnóstico, Tratamento Diretamente Observado (TDO) e encerramento. Na segunda etapa, foram prevalentes: 59,1% eram do sexo masculino, 90,9% entre 20 a 39 anos, 72,8% originários de La Paz, 59,1% encontravam-se no Brasil há menos 5 anos, 90,9% tinham 8 ou mais anos de estudo, 85,6 eram costureiros, 71,4% trabalhavam 50 ou mais horas/semana. Em relação à doença: para 81,8% a TB foi diagnosticada em serviços de urgência e internação; 81,8% eram novos casos, 90,9% tinham a forma pulmonar, 77,3 % tiveram menos de 80% dos contatos examinados e 27,3% realizaram TDO. Dos depoimentos dos entrevistados emergiram 3 categorias analíticas: Trabalho, Processo Saúde-Doença e Assistência. Identificou-se a preponderância da categoria Trabalho sobre o processo saúde-doença. De fato, o trabalho desenvolvido pelos sujeitos do estudo revelou sobretudo processos de desgaste: jornadas de trabalho extensas, baixa remuneração, fragmentação e parcelamento do trabalho. O adoecimento interfere na rotina de trabalho e os entrevistados identificaram como causas da doença, a falta de ventilação no local de trabalho e a alimentação inadequada, entre outras. A adesão ao tratamento tem como motivação a confiança na cura pela medicação e evitar a transmissão aos familiares próximos. Em relação à assistência prestada, os bolivianos identificaram problemas com o idioma, além de sentirem discriminação manifesta em atitudes dos profissionais de saúde. A maioria dos pacientes não recebeu informação sobre o TDO e os benefícios que poderiam ser advindos da estratégia, além de apresentarem dificuldade para retirar a medicação na UBS. Entretanto, reconheceram a importância da gratuidade dos serviços de saúde. Conclusões: O processo saúde-doença dos imigrantes mostrou-se intrinsecamente relacionado às condições de trabalho a que este grupo está submetido. Aponta-se a necessidade da reorganização do modelo assistencial, de forma a corresponder à saúde como um direito de cidadania.
Título em inglês
Work and Tuberculosis in Bolivians Attended in Basic Health Units of Health Technical Supervision Penha / São Paulo.
Palavras-chave em inglês
Bolivia
Emigration and Immigration
Health Services Accessibility
Latin America
Nursing
Tuberculose
Work
Resumo em inglês
Introduction: Tuberculosis (TB) among Bolivians has presented an important epidemiological magnitude in the City of São Paulo. Objective: To analyze the sociodemographic characteristics of work and the Health-Disease Process (HDP) for a group of Bolivian immigrants with TB, who were treated in Basic Health Units (BHUs) in the region of Health Technical Supervision in Penha (HTS-Pe), of the Health Department in the City of São Paulo. Methods: A study of qualitative and quantitative approach, developed in the HTS-Pe area that, in the first step, used the database generated by the TBWeb system to identify the epidemiological profile of people with TB, Bolivians and non-Bolivians living in the region during the period of 2006-2013. These data were summarized using the statistical package R. In the second step, interviews were carried out with 22 Bolivians in treatment in BHUs during 2012 e 2013, which were analyzed according to the speech analysis technique and interpreted following hermeneutics-dialectics and the Theory of Social Determination of the HDP. Results: The first stage of the study included 225 Bolivians and 2031 non- Bolivians. The comparison between the groups showed significant differences in relation to: age, race/color, occupation, place of residence, comorbidities, clinical form of the disease, type of discovery, place of treatment, HIV testing, BAAR, Directly Observed Treatment (DOT) and outcome. In the second stage the following were prevalent: 59.1% were male, 90.9% between the ages of 20 and 39, 72.8% came from La Paz-Bolívia, 59.1% were in Brazil for at least 5 years, 90.9% had eight or more years of schooling, 85.6 were couturiers/seamstresses, and 71.4% worked 50 or more hours per week. In relation to the disease: 81.8% of TB cases was diagnosed in emergency and hospitalization services; 81.8% were new cases, 90.9% had pulmonary TB, 77.3% had less than 80% of the contacts examined and 27.3% had DOT. Of the interviewees' statements three analytical categories emerged: Work, HDP and Health Assistance. A preponderance of the category Work over HDP was identified. This illness interferes with routine work and respondents identified as causes of disease, the lack of ventilation in the workplace and a poor diet, among others. Adherence to treatment is motivated by confidence in the healing medication and to prevent transmission to close family members. Regarding the assistance provided, the Bolivians have identified problems with the language, and feel discrimination in the attitudes of the health professionals. Most patients did not receive information during the DOT and the benefits that could be coming from the strategy, in addition to having difficulty to receive the medication in the BHUs. However, they had recognized the importance of the free health services. Conclusion: The HDP of immigrants proved to be intrinsically related to the working conditions under which this group is submitted. The need to reorganize the care model in order to match health, as a inherent right of citizenship, was pointed out.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-07-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.