• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Bigio Cavalhieri
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Borges, Ana Luiza Vilela (Presidente)
Fujimori, Elizabeth
Narchi, Nadia Zanon
Título em português
Adaptação cultural e validação para a língua portuguesa de um instrumento para mensuração de gravidez não planejada (London Measure of Unplanned Pregnancy)
Palavras-chave em português
Estudos de validação
Gravidez não planejada
Saúde sexual e reprodutiva
Resumo em português
Diante da importância que a gravidez não planejada vem adquirindo no cenário mundial, apesar da melhoria nas tecnologias contraceptivas e ampliação do acesso aos serviços de saúde e métodos contraceptivos, faz-se necessário mensurar com maior precisão este fenômeno. Por esta razão, pesquisadores da área de saúde sexual e reprodutiva têm procurado desenvolver medidas que possam oferecer estimativas confiáveis de mulheres que vivenciam a gravidez não planejada. A maior parte dos instrumentos utilizados para mensurar a gravidez não planejada são unidimensionais e não levam em consideração a parceria, a intencionalidade ou o uso de métodos anticonceptivos de forma simultânea, aspecto não observado no London Measure of Unplanned Pregnancy (LMUP), desenvolvido no Reino Unido. Nesse contexto, este estudo transversal tem como objetivo traduzir e adaptar o instrumento LMUP para a língua portuguesa e validar suas propriedades, visando à sua utilização como instrumento de mensuração de gravidez não planejada no Brasil. A adaptação cultural e validação do LMUP foram realizadas conforme o método preconizado pela literatura. O cenário de estudo foram unidades da rede de Atenção Básica do município de Marília-SP. A população de estudo foi composta por 126 mulheres com idade 18 e 42 anos, usuárias dessas unidades, que procuraram a Unidade para confirmação do diagnóstico da gravidez por meio de um teste imunológico para gravidez cujo resultado foi positivo. Os resultados obtidos demonstraram que em relação às propriedades psicométricas, o instrumento apresenta um valor de apha de Cronbach de 0,75 para a escala total. A análise fatorial exploratória dos componentes principais do instrumento LMUP na versão Português aqui apresentada resultou em um único fator, que explicou 66,5% da variância total dos dados. As propriedades psicométricas do instrumento foram demonstradas e, portanto ele pode ser utilizado para mensurar a gravidez não planejada na população brasileira.
Título em inglês
Cultural adaptation and validation for the portuguese language of an instrument for measuring unplanned pregnancies (London Measure of Unplanned Pregnancy)
Palavras-chave em inglês
Sexual and reproductive health
Unplanned pregnancy
Validation studies
Resumo em inglês
Facing the impact that unplanned pregnancy is acquiring world wide, despite the improvement in contraceptive technologies and increasing access to health services and contraceptive methods, it is necessary to measure this phenomenon more accurately. For this reason, researchers in the sexual and reproductive health field have sought to develop measures that can provide reliable estimates of women experiencing unplanned pregnancies. Most instruments used to measure the unplanned pregnancy are unidimensional and do not take into account the partnership, the intent or the use of contraceptive methods simultaneously, a not observed aspect at London Measure of Unplanned Pregnancy (LMUP), developed in the United Kingdom. Thus, this cross-sectional study is aimed to translate and adapt the instrument LMUP to Portuguese and validate its properties, aiming at its use as an instrument for measuring unintended pregnancy in Brazil. Cultural adaptation and validation of LMUP were done according to the method recommended by the literature. The scenery for the study was units of the network of Primary Care in Marília-SP. The studied population consisted of 126 women aged between 18 and 42 years, users of these units, who sought for this Unit to confirm the diagnosis of pregnancy by means of an immunological test for pregnancy and the result was positive. The results showed that in relation to psychometric properties, the instrument has a Cronbach's alpha value of 0.75 for the total scale. The factor analysis of the main components of the LMUP to the Portuguese version presented here has resulted in one factor, which explained 66.5% of the total variance of the data. The instrument's psychometric properties were demonstrated, and, therefore, it can be used to measure the unplanned pregnancy of the Brazilian population.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-06-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.