• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2014.tde-16042015-162116
Documento
Autor
Nome completo
Carolina La Maison
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Nichiata, Lucia Yasuko Izumi (Presidente)
Kehrig, Ruth Terezinha
Takahashi, Renata Ferreira
Título em português
Vulnerabilidade programática ao HIV/AIDS nas unidades básicas de saúde do município de Cuiabá
Palavras-chave em português
Atenção Primária à Saúde
Enfermagem
HIV
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Vulnerabilidade
Resumo em português
As ações voltadas à prevenção ao HIV/aids em serviços de atenção primária à saúde (APS) é uma estratégia proposta no Brasil desde meados dos anos 1990. Com o aumento do número de casos de aids no Brasil, houve a necessidade de elaborar uma estratégia de intervenção em HIV/aids, sendo a Unidade Básica de Saúde (UBS) um espaço privilegiado para realizar as ações de prevenção e acompanhamento das pessoas vivendo com HIV/aids. Não foram encontrados estudos que tratam da análise das ações neste âmbito da atenção no Estado do Mato Grosso (MT). Objetivo geral: Analisar a Vulnerabilidade Programática ao HIV/aids nas UBS de Cuiabá (MT). Pesquisa quantitativa, com base no conceito de Vulnerabilidade em sua dimensão programática; realizada por meio da aplicação de um instrumento com respostas fechadas e abertas, respondido por 69 gerentes, de junho a agosto de 2014. A análise foi realizada com base na reunião dos elementos constantes nos seguintes marcadores de vulnerabilidade programática: a) Infraestrutura para realização das ações de prevenção e assistência em HIV/aids; b) Respostas às necessidades de tratamento em HIV/aids; c) Ações de pré-natal e puerpério em relação a atenção às HIV/aids; d) Ações de prevenção em relação às HIV/aids; e) Integração das ações entre UBS, CRT/SAE em HIV/aids e maternidade. Cada elemento analisado foi estabelecido o valor de 1 quando a resposta era positiva (atende ao requisito) e 0 quando não. Com base na soma dos valores ponderados para cada um dos marcadores obteve-se valor mínimo e máximo de pontos; classificando as UBS segundo o score de alta vulnerabilidade (abaixo de 25%), média (25 a 75%) e baixa (75 a 100%). A maioria das UBS operava o modelo Estratégia da Saúde da Família (63,8%) e era gerenciada por Enfermeiros (79,1%). Maior parte encontra-se em média vulnerabilidade de âmbito programático; há alta vulnerabilidade nos marcadores d e e. As UBS possuem, em algum grau, vulnerabilidades no âmbito programático de Estrutura e Dinâmica de Organização do Serviço de Saúde e de Operacionalização das Ações na atenção às HIV/aids. São necessários investimentos na atenção em HIV/aids na APS no município de Cuiabá.
Título em inglês
Programmatic Vulnerability in HIV caring at Health First Care Services in Cuiabá, Mato Grosso State
Palavras-chave em inglês
Aids
Health First Care Services
Human Immunedeficiency Virus
Nursing
Prevention
Vulnerability
Resumo em inglês
The implementation of HIV/Aids prevention actions at Health First Care Services (APS in Portuguese) is a strategy that has been adopted in Brazil since mid-90s. With the increasing number of Aids cases in the country, the need to create a strategy to curb this growing HIV/Aids curve has become urgent. Health First Care Services Unities have since then been a privileged space of prevention and caring for HIV/Aids infected people. No other studies about the analysis of these actions at Health First Care Services Unities in the State of Mato Grosso (MT) have been found. General objective of this research: to assess HIV/Aids programmatic vulnerability for HIV caring at Health First Care Services (UBS, in Portuguese) in Cuiabá, Mato Grosso State. Quantitative research, based on the vulnerability concept in its programmatic dimension; carried by applying an instrumental survey with open and closed answers, that have been replied by 69 UBS managers, from June to August 2014. The analysis has been carried based on assembling the elements present in the following programmatic vulnerability assessment tools: a) Infrastructure for delivering prevention and caring actions for HIV/Aids; b) Responses to the HIV/Aids treatment needs; c) Caring STD/HIV/Aids actions during pregnancy; d) Prevention actions regarding STD/HIV/Aids; e) Integration of treatment actions among Treatment and Reference Center/Specialized Ambulatory Service in STD/HIV and Aids, Basic Health Care Units and Maternity Hospitals. Each element has been studied and the 1 value has been stablished when the answer was positive and 0 when it was negative. Based in the sum of the average value for each one of the items a minimum and maximum standards have been acquired; Basic Health Care Units have been divided according to programmatic vulnerability degrees, being High (lower than 25%), Medium (from 25% to 75%) and Low (from 75% to 100%). Results: The majority of Basic Health Care Units carried Family Health Strategies (63.8%), managed by Nurses (79.1%). In general terms Basic Health Care Units vulnerability is medium. There is high programmatic vulnerability at Basic Health Care Units, in the d and e assessment criteria. Basic Health Care Units have to some degree vulnerability in the programmatic realm of Structure and Organization Dynamics in the Health Service and Operationalization of Actions in HIV/Aids caring. Investments in HIV/Aids caring and attention to the Health First Care Services in Cuiabá municipality are highly necessary.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.