• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2015.tde-14102015-134543
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Reale Caçapava Rodolpho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Hoga, Luiza Akiko Komura (Presidente)
Bógus, Claudia Maria
Borges, Ana Luiza Vilela
Bueno, Sonia Maria Villela
Sauerbronn, Adolfo Vitor Dias
Soares, Cassia Baldini
Título em português
É tempo de se cuidar mais": pesquisa-ação para promover a saúde da mulher no climatério
Palavras-chave em português
Climatério
Comunicação em Saúde
Educação em Saúde
Menopausa
Promoção da Saúde
Resumo em português
Introdução: O climatério marca a passagem do período reprodutivo das mulheres para o período não reprodutivo, e é influenciado pelos aspectos biológicos e psicossociais prevalentes nos diferentes contextos culturais. A literatura científica aponta a escassez de informações e orientações para as mulheres sobre o tema pelos serviços de saúde, embora esteja evidenciado que a experiência do climatério pode trazer sofrimento físico e emocional às mulheres, em decorrência das intensas mudanças que elas vivenciam neste período. Objetivos: Explorar as experiências vividas pelas mulheres no período do climatério; identificar as dúvidas e necessidades das mulheres relacionadas à experiência do climatério; identificar as dificuldades e potencialidades que as mulheres possuem para o enfrentamento dos problemas relacionados à experiência do climatério; e produzir um material educativo destinado à promoção da saúde das mulheres que vivenciam a experiência do climatério. Metodologia: O método de pesquisa foi a pesquisa-ação (PA), embasada pelo referencial pedagógico de Paulo Freire. A população do estudo foi constituída por mulheres usuárias de um serviço de atenção básica do Município de São Paulo. Participaram da PA nove mulheres entre 45 e 65 anos de idade. Foram realizados grupos focais e oficinais educativas durante os nove encontros da PA, cujo processo foi constituído das etapas de diagnóstico situacional da realidade, planejamento e execução das ações executivas e avaliação. Todos estes encontros foram gravados em áudio e transcritos integralmente, e este conjunto de dados foi submetido à análise temática. Resultados: As assertivas O espelho fala a verdade: as mudanças corporais interferindo na autoestima das mulheres no climatério; A vida gira como um carrossel: altos e baixos nas condições emocionais e no convívio com os membros da família; O tempo agora é outro: mudanças na sexualidade e relacionamento amoroso/conjugal no climatério; e É tempo de se cuidar mais: em busca do autocuidado no climatério sintetizam as experiências das mulheres que vivenciam o climatério. Discussão: O climatério desencadeia alterações no corpo e na mente das mulheres, que repercutem nos relacionamentos familiar, conjugal e social, na vivência da sexualidade e nas percepções a respeito da saúde. Durante o processo de PA, as mulheres fizeram reflexões que ajudaram a identificar a necessidade de ajustes na forma de lidar com as novas situações e de confrontá-las, reorganizando a sua vida cotidiana. Conclusões: Por meio da PA foi possível promover a aprendizagem emancipatória, a aquisição de uma perspectiva ampliada do climatério, a ampliação da rede de apoio social a partir dos vínculos construídos, o despertar da consciência sobre o cuidar de si, o autoconhecimento, e o resgate da autoestima. O material educativo, produto do processo de PA, foi elaborado a partir do diagnóstico sobre os problemas, potencialidades, necessidades e demandas relativas à experiência do climatério. Ele foi validado por um perito no assunto e pelas mulheres participantes da PA.
Título em inglês
Its time to pay close attention to self-care: an action-research to promote womans health in the climacteric period
Palavras-chave em inglês
Climacteric
Health Communication
Health Education
Health Promotion
Menopause
Resumo em inglês
Introduction: The Climacteric period marks the transition between the reproductive and non-reproductive phase of women, and it is influenced by biological and psychosocial aspects in a range of different cultural contexts. The literature reveals a lack of information and healthcare guidance supported by health services, although the experience of physical and emotional suffering has been well documented in the climacteric, as a result of stressful womens life changes. Objectives: The aims of this study were to explore womens experiences regarding the climacteric period; to identify womens questions and needs concerning the climacteric; to raise womens difficulties and approaches to manage the problems regarding the climacteric; and to elaborate an educational material dedicated to womens health promotion, focused on the climacteric period. Method: Action-research (AR) was the method used, enhanced through the pedagogical reference of Paulo Freire. The study population comprised a group of nine women between 45 and 65 years old users of a primary healthcare facility of São Paulo city. Focal groups and educational workshops were both organized and applied to the nine ARs group meetings, which were developed through the phases of realitys situational diagnostic, action planning and execution, and evaluation. All these meetings were recorded, the information was integrally transcribed verbatim, and the data were submitted to thematic analysis. Results: Four major thematic findings highlight the experience lived by women during the climacteric: The mirror tells the truth: bodily changes perception affecting the womens self-esteem in the climacteric; Life twists and turns like a carousel: ups and downs regarding emotional conditions and family relationship; Now, the time is changed: changes regarding sexuality and affective/marital relationship in the climacteric; and Its time to pay close attention to self-care: searching for self-care in the climacteric. Discussion: The climacteric period brings changes regarding body and mind, which affect familiar, marital, and social relationships, as well as womens experience of sexuality and perception of health and self-care. In the action-research process, women could reflect on these issues, which helped them to identify the need of adjustments concerning the copying of new situations, and the ways of re-organizing their daily life. Conclusions: The AR promoted the development of an emancipatory learning process, the achieving of an enlarged perspective about the climacteric, the increase of a social network by means of the groups bond, the awareness of consciousness to self-care, the self-knowledge, and the self-esteems recovery. The educational material, which was considered a product of the AR, was elaborated by means of the diagnosis of problems, potentialities, needs and demands related to womens experience regarding the climacteric period. The educational booklet was validated by an expert and by the women who participated of this study.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-12-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.