• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2015.tde-14102015-114644
Documento
Autor
Nome completo
Taisy Bezerra Alves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Kimura, Amélia Fumiko (Presidente)
Camargo, Patrícia Ponce de
Tsunechiro, Maria Alice
Título em português
Temperatura corporal de recém-nascidos pré-termos muito baixo peso submetidos e não à proteção térmica com saco plástico durante a reanimação neonatal
Palavras-chave em português
Enfermagem Neonatal
Hipotermia
Recém-nascido
Temperatura Corporal
Resumo em português
INTRODUÇÃO: A hipotermia é um fator de risco independente no aumento da mortalidade em recém-nascidos pré-termos muito baixo peso (RNPTs MBP). A prática de envolver o corpo do RNPT MBP em película de polietileno ou saco plástico durante a reanimação neonatal após o nascimento é uma medida recomendada visando prevenir a hipotermia neonatal. É necessário avaliar o impacto da introdução dessa prática sobre a estabilidade térmica do RNPT MBP nas primeiras 24 horas de vida. OBJETIVO: Comparar a variação da temperatura corporal nas primeiras 24 horas de vida de RNPTs MBP envoltos e não em saco plástico durante a reanimação neonatal ao nascimento. MÉTODO: Estudo longitudinal com coleta retrospectiva de dados de prontuários. Foram analisados prontuários de 282 RNs com idade gestacional menor que 33 semanas ou peso inferior a 1500 gramas, nascidos no período de 2004 a 2007 e 2009 a 2012, respectivamente antes e após a introdução da prática de envolver o RNPT MBP em saco plástico no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. A análise estatística das variáveis maternas, perinatais, neonatais e a variável dependente, temperatura corpórea do RN nas primeiras 24 horas de vida e ocorrência de hipotermia foram relacionadas às variáveis de exposição e ao grupo de RNPT MBP envolto em saco plástico (ESP) ou não envolto em saco plástico (NESP). A existência de associação entre as variáveis independentes e dependente foi determinada para as variáveis nominais com o teste Qui-quadrado e Exato de Fisher e teste t de Student para as variáveis discretas. As variáveis contínuas foram analisadas com o teste ANOVA. Para analisar a existência de relação entre variável de exposição e ocorrência de hipotermia neonatal em diferentes períodos de aferição da temperatura nas primeiras 24 horas de vida, foi utilizado o teste de Breslow-Day-Tarone. O teste de Cochran-Mantel-Haenszel foi empregado para analisar a existência de associação entre hipotermia e uso do saco plástico controlado pelo intervalo de aferição da temperatura corpórea. A estimativa da razão de chance de ocorrer hipotermia entre os recém-nascidos que foram envoltos em saco plástico foi obtida mediante o uso de teste de Mantel-Haenszel Common Odds Ratio Estimate. Foi adotado nível de significância estatística de p < 0,05 e intervalo de confiança de 95%. O projeto de pesquisa recebeu aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa da instituição campo do estudo. RESULTADOS: Houve distribuição homogênea entre os grupos NESP e ESP quanto às variáveis maternas, perinatais e neonatais com exceção da idade gestacional e do peso do RN ao nascimento, com média de idade do grupo NESP de 29,29 semanas e do ESP de 27,79 semanas, p=0,000; médias de peso ao nascimento dos grupos NESP e ESP, respectivamente, de 1287,47 gramas e 1115,29 gramas, p=0,000. As médias das temperaturas dos RNPTs MBP apresentaram diferenças significativas ao longo das primeiras 24 horas de vida para ambos os grupos, sendo p=0,000, e na comparação dos grupos NESP e ESP, de p=0,002. A evolução da temperatura ao longo das primeiras 24 horas não foi igual nos dois grupos (p = 0,032). Não se encontrou associação entre o uso do saco plástico e a idade gestacional com relação à hipotermia, p=0,772, mas no grupo de RN com idade gestacional até 28 semanas envoltos em saco plástico a prevalência de hipotermia ao longo das primeiras 24 horas de vida foi menor em comparação ao grupo não envolto em saco plástico (p = 0,009). A evolução da temperatura também não foi igual quando da análise dos grupos NESP e ESP com até 28 semanas, sendo as médias das temperaturas do ESP maiores, p=0,028. A variável peso ao nascimento apresentou relação estatística significante com a ocorrência de hipotermia, p = 0,000, OR = 0,999 [IC 95%, 0,999 0,999]. CONCLUSÕES: O uso do saco plástico não mostrou mais efetividade na prevenção de hipotermia em RNPT com idade gestacional entre 29 e 32 semanas, porém nos com idade menor que 28 semanas houve menor prevalência de hipotermia nas primeiras 24 horas de vida, indicando efeito benéfico do uso de saco plástico. Os resultados indicam que apesar da implementação da prática de envolver os RNPTs MBP em saco plástico, medidas complementares necessitam ser adotadas na prevenção da hipotermia nas primeiras 24 horas de vida do RN.
Título em inglês
The very low birthweight infants body temperature underwent wrapped and non wrapped in plastic bag termal protection during neonatal resuscitation
Palavras-chave em inglês
Body Temperature
Hypothermia
Neonatal Nursing
Newborn
Resumo em inglês
BACKGROUND: Hypothermia is an independent risk factor for increased mortality in very low birth weight preterm infants (VLBWPI). The practice of involving the body of VLBWPI in polyethylene film or plastic bag during neonatal resuscitation after birth is a recommended measure to prevent neonatal hypothermia. It is necessary to evaluate the impact of the implementation of this practice on the thermal stability of VLBWPI within the first 24 hours of life. OBJECTIVE: To compare the variation of VLBWPI body temperature in the first 24 hours of life of wrapped (WPG) and non-wrapped in plastic bag (NWPG) during neonatal resuscitation at delivery room. METHODS: A longitudinal study with retrospective collection data. It was analyzed 282 medical records of preterm infants with gestational age less than 33 weeks or birth weight less than 1500 grams, born from 2004 to 2007 and from 2009 to 2012, respectively before and after the implementation of the practice of wrapping the VLBWPI in plastic bag at the University of Sao Paulo University Hospital. Statistical analysis of maternal, perinatal and neonatal variables and the dependent variable, VLBWPI body temperature within the first 24 hours of life and occurrence of hypothermia were related to the exposure variables - group of VLBWPI (WPG) or group of not wrapped in plastic bag (NWPG). The existence of an association between the independent and dependent variables were analyzed, and for nominal variables, the chi-square test was used and Fisher's exact and Student's t test were used to analyze discrete variables. Continuous variables were analyzed with ANOVA. To analyze the relationship between the independent variable and the occurrence of neonatal hypothermia in different periods of body temperature measures in the first 24 hours of life, was used the test of Breslow-Day-Tarone. To analyze the association between hypothermia and use of plastic bag controlled by body temperature measurement range, it was used the Cochran-Mantel-Haenszel test. The estimated ratio of hypothermia occurrence among infants were wrapped in plastic bags was obtained by the test of Mantel-Haenszel Common Odds Ratio Estimate. The statistical significance level adopted was < 0.05 and confidence interval 95%. The University of Sao Paulo School of Nursing and University Hospital Research Ethics Committee approved the research project. RESULTS: There were homogeneous distributions between the WPG and NWPG regarding maternal, perinatal and neonatal variables except for gestational age and birth weight, mean gestational age for NWPG 29.29 weeks and for WPG, 27.79 weeks, p=0.000; mean birth weight for NWPG and WPG, respectively 1287.47 grams and 1115.29 grams, p=0.000. The mean body temperature showed significant differences over the first 24 hours of life for both groups, p=0.000 and when compare NWPG with WPG, p=0.002. The evolution of the body temperature throughout the first 24 hours was not similar for both groups, p=0.032. There was no association between the use of plastic bag and gestational age with occurrence of hypothermia, p= 0.772, but in the group of VLBWPI with gestational age up to 28 weeks wrapped in plastic bag (WPG) the prevalence of hypothermia over the first 24 hours of life was lower compared to the NWPG with same gestational age, p = 0.009. The evolution of the body temperature also was not equal when it examined the NWPG and WPG of up to 28 gestational weeks, the mean temperature of WPG was higher, p=0.028. The variable birth weight showed a statistically significant relationship with the occurrence of hypothermia , p = 0.000 , OR = 0.999 [95% CI , 0.999 to 0.999 ] . CONCLUSIONS: The use of plastic bag not shown to be more effective for preventing hypothermia in VLBWPI, with gestational age between 29 to 32 weeks, but for those up 28 weeks the hypothermia prevalence was in the first 24 hours of life, indicating a beneficial effect of wrapping them in the plastic bag during the neonatal resuscitation at birth. The results indicate that although the practical implementation of involving VLBWPI in a plastic bag, additional measures need to be adopted in the prevention of hypothermia in the first 24 hours of life of the newborn
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-11-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.