• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2012.tde-08102012-114214
Documento
Autor
Nome completo
Valéria Marli Leonello
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Maria Amelia de Campos (Presidente)
Almeida, Maria Isabel de
Leite, Maria Madalena Januario
Prado, Claudia
Sordi, Mara Regina Lemes de
Título em português
Processo de trabalho docente no ensino superior de enfermagem: possibilidades e desafios em diferentes contextos institucionais
Palavras-chave em português
Enfermagem ensino
Ensino superior
Professor de ensino superior
Trabalho
Resumo em português
Estudo exploratório qualitativo que tomou como objeto o processo de trabalho docente em Enfermagem de diferentes contextos institucionais de ensino superior (IES) no Estado de São Paulo. O objetivo geral descrever e analisar os principais aspectos relacionados ao processo de trabalho docente em três contextos institucionais que oferecem cursos de Enfermagem no Estado. O marco teórico-metodológico foi o materialismo histórico e dialético e a categoria analítica, o processo de trabalho docente, ancorado nas concepções de trabalho e profissionalidade. Para classificar as IES, utilizou-se a tipologia de contextos institucionais de Balbachevsky. Três IES, uma de cada contexto, foram selecionadas e foram realizadas entrevistas semiestruturadas com 24 docentes: nove do contexto empresarial, oito do misto e sete do acadêmico. O material empírico foi analisado pela técnica de análise de discurso proposta por Fiorin, adaptada por Car e Bertolozzi. Os resultados demonstraram que há um processo de precarização e intensificação do trabalho docente, nos três contextos, embora com distinções importantes. No contexto empresarial, o regime de trabalho predominante é o horista, com dificuldade de efetivação do plano de carreira estabelecido formalmente. A infraestrutura material e humana é escassa, impondo limites ao trabalho docente, que é voltado basicamente ao ensino em sala de aula. As maiores dificuldades estão relacionadas ao perfil dos estudantes, majoritariamente trabalhadores. Há pouca inserção nas atividades de pesquisa e extensão. No contexto misto, o regime de trabalho predominante é o parcial, com um plano de carreira formalizado e efetivado, embora seja difícil cumprir alguns critérios para ascensão na carreira. A infraestrutura é tida como satisfatória, com inadequações. Há também hegemonia masculina e médica, o que dificulta o posicionamento institucional das docentes de enfermagem. O trabalho docente é voltado ao ensino de graduação, com inserção dos estudantes no ensino prático em campo já nas séries iniciais do curso. As principais dificuldades referem-se ao desgaste físico e mental do professor. No contexto acadêmico, os professores trabalham em regime de trabalho integral e exclusivo, com um plano de carreira explícito e efetivado institucionalmente. A infraestrutura é satisfatória, embora com relatos de inadequações. O trabalho está voltado principalmente para atividades administrativas e de pesquisa que são supervalorizadas, com fortes implicações para o trabalho docente. As atividades de ensino de graduação e extensão são tidas como menos valorizadas institucionalmente. Também há dificuldades para efetivar o ensino prático em campo. Conclui-se que, embora inseridos no mesmo contexto estrutural de ensino superior, o processo de trabalho docente ocorre de forma distinta nos três contextos estudados, no que se refere à práticas organizativas e didáticas. Mudar esse cenário requer, entre outros aspectos, um processo de profissionalização docente voltado para a análise e a construção de formas de enfrentamento dessa situação, reconhecendo como ponto de partida a heterogeneidade do trabalho docente em Enfermagem em diferentes contextos.
Título em inglês
The working process of faculty in higher nursing education: opportunities and challenges in different institutional contexts
Palavras-chave em inglês
Higher education
Higher education professor
Nursing-teaching
Work
Resumo em inglês
The object of this exploratory, qualitative study was the working process of Nursing faculty in different contexts of higher education institutions (HEI) in the State of São Paulo. The overall objective was to describe and analyze the main aspects related to the faculty working process in three contexts of institutions that offer nursing courses in the referred state. The chosen theoretical-methodological framework was the historical and dialectical materialism. The analytical category was the faculty working process, anchored on the concepts of work and professionality. Three HEI were selected according to the typology of contexts proposed by Balbachevsky, which classifies institutions into: business, mixed, and academic. Twenty-four subjects were approached through semi-structured interviews; nine subjects from the business, eight from the mixed, and seven from the academic context. The empirical material was submitted to discourse analysis as proposed by Fiorin, adapted by Car and Bertolozzi. Results showed that faculty work is under a process of precariousness and intensification in the three contexts, but with relevant differences. In the business context, the predominant labor regime is that of hourly work, which makes it difficult to establish an effective formal career plan. The material and human infrastructure is scarce and, thus, limits the working process. Nevertheless, the faculty perceives the support they receive from the coordination office of the nursing course, which assigns respect and autonomy. Faculty work is mainly aimed at teaching within classrooms. The major difficulties are related to the students profile. There is little involvement in research and outreach activities. In the mixed context, the part-time labor regime predominates, with a formal and effective career plan, although the faculty faces difficulties to comply with some of the criteria to rise in the career. Infrastructure is considered satisfactory but some inadequacies are reported. There is also a male and medical hegemony, which makes it difficult for nursing to gain a position within the institution. Despite these difficulties, some reports show that the context focuses on the quality of education rather than on profits. Faulty work is aimed at undergraduate education, with an early start in field education, in which the main reported difficulties refer to the physical and mental burden of the faculty. In the academic context, the faculty works in a full-time and exclusive labor regime with an explicit and effective career plan. Although considered satisfactory, there are reports of infrastructure inadequacies. Work is mainly focused on administrative activities and research, which are overvalued, with strong implication on faculty work. The undergraduate and outreach education activities are seen as undervalued within the institution. Several difficulties exist in field education. It is concluded that although the faculty working process lies in the same structural context of higher education, the faculty working process occurs differently across the three addressed contexts in terms of the organizational and didactic practices. Changing this scenario requires, among other aspects, a process of faculty professionalization with a view to identify, analyze and create forms to deal with this situation, and to recognize, as a starting point, the diversity of faculty work in different contexts.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-10-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.