• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2013.tde-17072014-140727
Documento
Autor
Nome completo
Lelia Gonçalves Rocha Martin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Gaidzinski, Raquel Rapone (Presidente)
Fugulin, Fernanda Maria Togeiro
Perroca, Marcia Galan
Título em português
Dimensionamento de profissionais de enfermagem em ambulatório de oncologia e hematologia
Palavras-chave em português
dimensionamento
Enfermagem Oncológica.
Recursos humanos
Serviço Hospitalar de Oncologia
Resumo em português
Introdução: Os ambulatórios de oncologia vêm atendendo, a cada dia, um número crescente de pacientes que necessitam de cuidados clínicos complexos; todavia, boa parte desses serviços não possui informações que possam dar suporte às decisões relativas ao dimensionamento de profissionais de enfermagem. Objetivos: Identificar e analisar as intervenções / atividades realizadas pelos profissionais de enfermagem e definir parâmetros para dimensionar o quadro de pessoal de enfermagem em ambulatório especializado em oncologia e hematologia. Método: Pesquisa metodológica de campo que utiliza a técnica de amostragem de trabalho realizada em um ambulatório de oncologia e hematologia de uma organização de saúde privada localizada na cidade de São Paulo. Os dados foram coletados de 15 a 19 de abril de 2013 e foram organizados nas etapas seguintes: (1) Construção do instrumento de medida da frequência e do tempo despendido em intervenções de enfermagem; (2) Validação das intervenções / atividades do instrumento; (3) Identificação da frequência e do tempo despendido pelos profissionais de enfermagem em intervenções / atividades; (4) Dimensionamento de profissionais de enfermagem em ambulatório de oncologia e hematologia. Resultados: O instrumento construído e validado englobou 34 intervenções e três atividades. Foram registradas pelos observadores de campo 3694 observações dos profissionais de cada categoria na execução das intervenções / atividades de enfermagem. A documentação foi a intervenção que despendeu maior tempo da equipe (24,1%). Seguida desta, as intervenções que mais interferiram na carga de trabalho dos enfermeiros foram: Manutenção de dispositivos de acesso venoso (9,2%), Controle da quimioterapia (7,9%), Acompanhamento por telefone (5,1%) e Presença (4,7%); e, para os técnicos de enfermagem: Controle do ambiente em conforto (12,3%), Punção de vaso para amostra de sangue venoso (11,9%), Presença (10,1%) e Monitorização de Sinais Vitais (9,4%). A média diária dos pacientes correspondeu a 37,2 (±4,4) pacientes. O tempo médio de cuidado por paciente relativo aos cuidados de enfermagem, atividades associadas, tempo de espera e atividades pessoais correspondeu a 3,3h (80% de enfermeiros e 20% de técnicos de enfermagem). A produtividade encontrada foi de 81,3%. Conclusão: Este estudo possibilitou indicar parâmetros para o dimensionamento, bem como identificar o tipo e a proporção das intervenções de enfermagem que interferem na carga de trabalho e aplicar equações para o cálculo de profissionais de enfermagem. Entretanto, ainda constitui-se em uma visão restrita da realidade, necessitando ser replicado em vários e diferentes ambulatórios especializados em oncologia
Título em inglês
Dimensioning of nursing professionals at an oncology and hematology outpatient unit
Palavras-chave em inglês
dimensioning
Hospital
Human resources
Oncologic Nursing.
Oncology Service
Resumo em inglês
Introduction: Oncology outpatient units have been receiving an increasing number of patients who need complex clinical care; however, most of them do not have appropriate information to support nursing staffing decisions. Objectives: To identify and analyze interventions/ activities performed by nursing professionals and to define parameters used to determine nursing staffing in a specialized oncology and hematology outpatient centers. Methods: Field methodology study that uses sampling technique, carried out in an oncology and hematology outpatient center of a private healthcare organization located in the city of Sao Paulo. Data were collected between April 15 to 19, 2013 and organized into steps: (1) Design a tool to measure frequency and duration of nursing interventions; (2) Validation of interventions/ activities of the tool; (3) Identification of frequency and time spend by nursing professionals in their interventions/ activities; (4) Dimensioning of nurses in an oncology and hematology outpatient unit. Results: The tool was designed and validated and encompassed 34 interventions and three activities. The field observers documented 3,694 observations of professionals in each category of nursing interventions/ activities. Documenting (24.1%) was the intervention that required more time from the team. Next, the activities that required more time from the nursing team were: maintenance of devices: venous access (9.2%), chemotherapy control (7.9%), telephone follow-up (5.1%) and person-to-person follow-up (4.7%). To nursing technicians, the activities were: environment control - comfort (12.3%); venous puncture - venous blood sample (11.9%); presence (10.1%), and monitoring of vital signs (9.4%). The mean daily number of patients corresponded to 37.2 (±4.4) patients. The average time spent on patient care, related to nursing care, associated activities, waiting time and personal activities corresponded to 3.3 hours (80% of nurses and 20% of nursing technicians). Productivity was 81.3%. Conclusion: This study led to the definition of parameters for staffing, plus the identification of type and proportion of nursing interventions that interfered on the workload and the application of equations to calculate nursing staffing. However, it still is a restricted view of the reality, which has to be multiplied in several and different specialized oncology outpatient centers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-07-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.