• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2004.tde-30032007-090039
Documento
Autor
Nome completo
Rita de Cassia Domansky
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Santos, Vera Lucia Conceicao de Gouveia (Presidente)
Jorge, Jose Marcio Neves
Kimura, Miako
Título em português
Adaptação transcultural e validação do instrumento Bowel Function in the Community, para a língua portuguesa
Palavras-chave em português
Comparação transcultural
Defecação
Estudos de validação
Fatores de risco
Incontinência fecal
Resumo em português
Os estudos internacionais sobre o hábito intestinal em populações aparentemente saudáveis, embora amplos e curiosos, revelam que aproximadamente 95% da população apresentam entre três evacuações por dia e três evacuações por semana. No Brasil, estudos semelhantes, considerando cultura, hábitos de vida e hábitos alimentares, entre outros, ainda são inexistentes. O objetivo deste estudo é realizar a adaptação transcultural do instrumento "Bowel Function in the Community" para a língua portuguesa e testar suas propriedades de medida, na versão traduzida para o português. Trata-se de um instrumento elaborado por Reilly e cols. (2000), composto de 70 questões agrupadas não em domínios mas em agrupamentos específicos: hábito intestinal geral; presença de incontinência anal: sintomas urinários; história de doenças anorretais e histórico cirúrgico; uso de serviços médicos e fatores de risco que podem contribuir para o desenvolvimento da incontinência anal. O processo de adaptação transcultural baseou-se preconizado por Beaton e cols (2002) e envolveu duas etapas: a tradução do instrumento para a língua portuguesa e a validação de suas propriedades de medida validade de conteúdo, confiabilidade inter-observadores e confiabilidade teste-reteste. A primeira etapa incluiu a tradução e a retro-tradução do instrumento - realizadas por profissionais de língua inglesa; a avaliação das versões original, traduzida e retro-traduzida por um comitê composto de cinco coloproctologistas fluentes na lingua inglesa; pré-teste (1), grupo focal, pré-teste (2), estes realizados com 30 sujeitos da população geral (10 em cada fase). Para testar as propriedades de medida da versão adaptada para a língua portuguesa, na segunda etapa, o instrumento foi aplicado, através da entrevista, em amostra aleatória de 356 indivíduos sadios, com idade acima de 18 anos, de ambos os sexos e diferentes níveis de escolaridade, que construíram duas sub-amostras para avaliação da confiabilidade inter-observadores (120 indivíduos) e da confiabilidade teste-reteste (120 indivíduos). Na primeira etapa após tradução, retrotradução e avaliação das mesmas pelo comitê de especialistas, obteve-se a versão traduzida, submetida ao pré-teste (1), grupo focal e pré-teste (2). A versão adaptada resultante da primeira etapa, avaliou alterações principalmente de ordem semântica e idiomática, tendo atestada a sua validade de conteúdo. A confiabilidade inter-observadores foi atestada, obtendo nível de concordância de 94% entre bom e excelente. A confiabilidade teste-reteste foi atestada, obtendo nível de concordância acima de 60% entre moderada e excelente. Conclui-se que o instrumento pode ser disponibilizado para novas aplicações visando aumentar o conhecimento do hábito intestinal de nossa população
Título em inglês
Validation and transcultural adaptation to the portuguese language of the Bowel Function in the Community instrument
Palavras-chave em inglês
Cross-cultural comparision
Defecation
Fecal incontinence
Risk factors
Validation studies
Resumo em inglês
International studies on the intestinal habits of apparently healthy populations, although broad and rigorous, have shown that approximately 95% of the people have between three bowel movements per day to three per month. In Brazil, similar studies which take into consideration culture, lifestyles and eating habits, are inexistent. The objective of this study was to make the transcultural adaptation of the "Bowel Function in the Community" instrument to the Portuguese language, and to test its adapted measuring properties. The original instrument, developed by Reilly et al. (2000), has 70 questions organized by a specific grouping criteria: general intestinal habit; anal incontinence; urinary symptoms; anorectal diseases and surgical history; use of medical services; ans risk factors, which could contribute to the development of anal incontinence. The transcultural adaptation was based on Beaton et al. (2002), and involved two phases: translation of the instrument to the Portuguese language, and the validation of the content valid measuring properties, inter-rater and test-retest reliability. The first phase of the study included the translation and the backtranslation of the instrument by English language professionals; the evaluation of the original versions, translated and backtranslated by a committee composed of 5 coloproctologists fluent in English; a pre-test (1); a focal group, and a pre-test (2), using 30 subjects from the general population (10 in each test). During the second phase of the study, a randomized sample of 356 healthy subjects, over 18, from both sexes, and from different levels of formal education were interviewed, to test the Portuguese adapted version of the measuring properties. They constituted two samples: one used for the inter-rather reliability (120 subjects), and the other used for the test-retest (120 subjects) reliability. The adapted version resulted from the first phase, evaluated mainly the semantics and idiomatic changes to test the instrument´s content vality. Inter-rater reliability was validated at a 94% level of agreement between good and excellent. Test-retest reability was validated at a 60% level of agreement between moderate and excellent. Results from the study have shown that the adapted instrument can be made available for new applications to get more information on the intestinal habits of our population
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Rita_Domansky.pdf (1.17 Mbytes)
Data de Publicação
2007-03-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.