• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2009.tde-22062009-105710
Documento
Autor
Nome completo
Reneide Rodrigues Ramos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Fujimori, Elizabeth (Presidente)
Dalmaso, Ana Silvia Whitaker
Verissimo, Maria De La Ó Ramallo
Título em português
A recepção da demanda espontânea no setor saúde da criança numa unidade básica de saúde
Palavras-chave em português
Acesso aos serviços de saúde
Acolhimento
Atenção primária à saúde
Resumo em português
O Sistema Único de Saúde estabelece a Unidade Básica de Saúde como porta de entrada para o atendimento aos problemas/demandas de saúde. É nesse espaço, tradicionalmente conhecido como recepção e, mais recentemente como acolhimento, que as demandas dos usuários devem ser apresentadas e confrontadas com as possibilidades do serviço em responder a elas. O estudo teve como objetivo geral, caracterizar a atividade de recepção dos usuários do setor Saúde da Criança de uma Unidade Básica de Saúde, e como específicos, identificar e analisar as demandas por assistência à saúde que emergem na atividade de recepção e caracterizar e analisar as respostas oferecidas pelo serviço. Trata-se de um estudo de caso, com abordagem qualitativa que integrou um projeto mais amplo aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa, desenvolvido em um Centro de Saúde Escola. A observação livre foi utilizada para a coleta dos dados, realizada durante duas semanas típicas de agosto de 2007, por observadores treinados que conheciam o serviço. A amostra foi constituída por 42 observações, conduzidas na recepção do setor saúde da criança. Os sujeitos da pesquisa foram os trabalhadores de enfermagem que desempenhavam a atividade de recepção e os respectivos usuários que demandavam o atendimento. Para a análise, os dados registrados nas observações foram digitados e inseridos no software para pesquisa qualitativa N-Vivo 8, que ajudou a sistematizar a análise. Os textos foram submetidos à análise de conteúdo que resultou nas seguintes categorias: cumprimentos, demandas apresentadas pelos usuários, investigação por parte do trabalhador, respostas oferecidas pelos trabalhadores, supervisão e queixa do serviço. Os resultados evidenciaram que os usuários demandavam o serviço com diferentes necessidades, porém destacaram-se as demandas de ordem biológica, seguida de acesso a cuidado programado, que em sua maioria relacionava-se à solicitação de consulta médica. A investigação do trabalhador de enfermagem limitou-se à própria queixa, restringindo-se ao âmbito biológico. Entretanto, houve investigações ampliadas para além do biológico. Em relação à resposta do trabalhador, as mais expressivas referiram-se a 23 encaminhamentos para atendimento fora do dia (atendimento médico equivalente ao pronto atendimento), nove agendamentos para consulta de enfermagem e quatro para consulta médica. Apenas um caso foi encaminhado para atendimento de enfermagem e um caso para grupo de aleitamento materno. A supervisão ocorreu somente em quatro casos. Constatou-se um esforço do trabalhador em oferecer a consulta de enfermagem como alternativa para a resolução da demanda apresentada, além da tentativa de garantir a entrada da criança ao serviço por meio da queixa clínica. Entretanto, várias queixas relacionadas à dificuldade de acesso foram evidenciadas. A investigação evidenciou que a equipe de enfermagem basicamente desenvolveu como atividade de recepção encaminhamentos que prioriza o atendimento individual. Permanece, portanto, como desafio, a reorganização do serviço, com vistas à real implantação do acolhimento como diretriz para a atuação da equipe, no sentido de cumprir os princípios do Sistema Único de Saúde
Título em inglês
The reception of spontaneous request at a child health sector in a primary health care
Palavras-chave em inglês
Access to health services
Health primary attendance
Welcoming
Resumo em inglês
The Brazilian National Health System sets the Primary Care Services as a gateway for attending the problems/needs of health. Its in this place, traditionally known as reception and, more recently as welcoming, that users needs must be presented and confronted to the possibilities of the service to answer for them. This study had as the overall objective to characterize the activity of reception for the users of Child Health Sector of the one Primary Care Service. The specifics objectives were to identify and analyze the needs for healthcare presented in the reception and to characterize and analyze the answers offered by the service. Its a study of case, with qualitative approach, which was part of a broader Project approved by the Ethical Committee in Research, developed in a Health-School Center. Data were collected through free observation during two typical weeks of August 2007, by trained observers who knew the service. The sample consisted of 42 observations, conducted at the reception area of Child Health Sector. The subjects were nursing workers who performed the reception activity and the respective users who needed the attendance. For the analysis, registered data of the observations were typed and inserted in the N-Vivo 8 software program for the qualitative research, which helped to systematize the analysis. The texts were submitted to content analysis, which resulted in the following categories: greetings of the worker, problems presented by users, inquiry and answer provided by the workers, supervision and complaint of service. The results showed that users demanded services with different needs. The biological problems were predominant, followed by access to care programs, which mostly related to the request for medical appointment. The inquiry of nursing worker was limited to the complaint itself, getting restricted to the biological scope. However, there were some inquiries beyond the biological. Regarding to the workers answer, the most expressive ones were related to 23 referrals for unscheduled attendance (medical attendance equivalent to the emergency attendance), nine appointments for nursing consultation and four for the medical one. Only one case was referred to nursing attendance as an alternative for solving the problem. The supervision occurred only in four cases. There was an effort of the workers to provide consultation to nursing as an alternative to resolving the demands presented in addition to trying to ensure the child's access to the service through clinical complaint. However, several complaints related to the difficulty of access were evidenced. This research showed that the nursing staff basically carried on activity of reception, referrals that prioritizes individual care. Therefore, it remains as challenge, the reorganization of service, for the implementation of welcoming as a guideline for the performance of team of nurse, to meet the principles of the Brazilian National Health System
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Reneide_Rodrigues.pdf (325.05 Kbytes)
Data de Publicação
2009-07-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.