• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2007.tde-20062007-093910
Documento
Autor
Nome completo
Viviane Camargo Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Soares, Cassia Baldini (Presidente)
Campos, Célia Maria Sivalli
Lacaz, Francisco Antonio de Castro
Título em português
A relação trabalho-saúde dos enfermeiros do PSF da região de Vila Prudente - Sapopemba: um estudo de caso
Palavras-chave em português
Enfermeiros
Programa Saúde da Família
Saúde Coletiva
Saúde do trabalhador
Resumo em português
O objeto deste estudo é a relação trabalho/saúde dos enfermeiros do Programa Saúde da Família (PSF), recortado diante do quadro teórico da Saúde do Trabalhador. O objetivo geral foi compreender as características do trabalho dos enfermeiros do PSF da subprefeitura de Vila Prudente – Sapopemba e a relação entre os processos de fortalecimento e de desgaste que neles se expressam. A coleta de dados se realizou através de entrevistas individuais com 16 enfermeiros das Unidades Básicas de Saúde dessa subprefeitura que contam com o PSF. As formas de trabalhar dos enfermeiros entrevistados foram analisadas de acordo com cinco categorias: processo de trabalho, exploração da subjetividade, polivalência, desgaste e fortalecimento, verificando-se, em cada uma delas, os potenciais de fortalecimento e de desgaste gerados. Os resultados são: os enfermeiros reconhecem o espaço territorial ocupado pela população adscrita e enfatizam a precariedade das condições de moradia, configurando-se o objeto de trabalho como uma população carente; o modelo assistencial tem como eixo orientador o planejamento por resultados, voltado à racionalização do trabalho da equipe; o médico é o profissional principal, o trabalho é organizado segundo os preceitos da divisão social e técnica do trabalho de tipo taylorista; os enfermeiros estão intensamente envolvidos com o trabalho, convivendo, de um lado, com a forte expectativa que se tem de suas potencialidades para solucionar os problemas e, de outro, com a impossibilidade de oferecer respostas para os problemas trazidos pela população; os trabalhadores acreditam que para trabalhar no PSF é necessário um perfil especial para o trabalho, o planejamento das atividades próprias dos enfermeiros é sufocado pelos imprevistos do dia-dia; os entrevistados assumem um pouco de tudo e diagnosticam a necessidade de se qualificar para a multifuncionalidade; consideram que devem ter habilidade para resolver todos os problemas do dia a dia. O fortalecimento advém principalmente da relação prazerosa e recompensatória com o objeto/finalidade do trabalho e com o trabalho em si, destacando-se a satisfação com a obtenção de resultados gratificadores, como o vínculo formado com as famílias, muitas vezes localizada nas situações de conquista individual. Com referência ao desgaste, pode-se concluir que: os territórios adscritos pelo PSF integram potenciais de desgaste do trabalhador, impotentes diante da complexidade que implica trabalhar na periferia do tecido social; problemas de alta complexidade trazidos pelos pacientes, bem como o contato direto com o sofrimento e as carências da população, a não adesão ao tratamento ou as reclamações sobre este ou aquele profissional integram as cargas psíquicas; os trabalhadores têm que lidar com situações de precariedade em que a falta de materiais para as atividades diárias representa transtorno no trabalho; a exigência de produtividade, as cobranças, as interrupções constantes nas tarefas em andamento, a realização de atividades que não são atribuições da categoria, os diferentes graus de compromisso e, por vezes, a falta de integração entre as enfermeiras constituem motivo de estresse, angústia e irritação; os enfermeiros se desesperam para dar conta da demanda e chamam a atenção para a necessidade de impor limites. O acolhimento é desgastante uma vez que a demanda é grande e os usuários querem ver seus problemas resolvidos rapidamente; o desgaste se concretiza em muito cansaço físico e mental, levando os enfermeiros a querer apenas descansar e a acumular problemas de saúde como hipertensão, alergias, dores de estômago, além de outros agravos como dormir no volante e sofrer acidentes de carro
Título em inglês
Nurses job-health relation in the Family Health Program in Vila Prudente - Sapopemba sub prefecture: a case study
Palavras-chave em inglês
Family Health Program
Nurses
Population health
Worker’s health
Resumo em inglês
The object of this study is nurses’ job/health relation in the Family Health Program (Programa Saúde da Família - PSF), represented within a theoretical framework of Worker’s Health. The general objective was comprehending the characteristics of PSF nurses' job in Vila Prudente - Sapopemba sub prefecture and the relation between the process of strengthening and debility expressed in them. Data collecting was done through single interviews with 16 nurses who work in Basic Health Units which take part of PSF in this sub prefecture. The interviewed nurses' ways of working were analyzed according to five categories: working process, subjectivity, polyvalence, debility and strengthening, having, in each of them the debility and strengthening potential fulfilled.. The results are: nurses recognize the area where adscript population live and highlight the precarious living conditions, turning the object of study to be a destitute population; the care pattern is guided by planning focused on results and the rationalization of team work; the doctor is the main worker, job is planned according social division precepts and taylorist working techniques; nurses are intensely involved in the job, handling, on one hand, with the strong expectation of their ability to solve problems and, on the other hand, with the impossibility of finding an answer for people’s problems; workers believe you need to have a special profile for working in order to work at PSF, nurses’ activities planning is canceled because of unforeseen happenings on day-by-day; the interviewees recognize most of it and diagnosed the need of getting themselves prepared for multifunctionality; they believe they must be able to solve all day-by-day problems. Strengthening results from the pleasant and rewarding relation between object/purpose of work and the work itself, highlighting contentment with compensating results gotten, as getting closer to families, which is, most of the time done individually. About debility, we can conclude that: adscript places by PSF are potentially debilitating for workers who are impotent in the face of complexity of working in poor areas; handling problems of great complexity arisen by patients, also, dealing directly to suffering and population’s destitution, patients who don’t undergo treatment or complain about this or that worker contribute to psychological pressure; workers must deal with precarious situations in which lack of material for daily activities is a trouble at work; production demand, pressing necessity, constant discontinuity of tasks in progress, developing activities they are not designated to, different sense of commitment and, at times, lack of interaction among nurses cause stress, agony and exacerbation; nurses get desperate to do what is in demand and it draws attention to the need of imposing limits. Approving reception is debilitating, once demand is great and users want their problems to be quickly solved; debility causes physical and mental weakness, then nurses just want to rest and they end up having several health problems such as hypertension, allergies, stomachaches, besides other injuries such as sleeping while driving, causing car accidents
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Viviane_Camargo.pdf (1.52 Mbytes)
Data de Publicação
2007-07-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.