• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2006.tde-02102006-142446
Documento
Autor
Nome completo
Marlise de Oliveira Pimentel Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Tsunechiro, Maria Alice (Presidente)
Fernandes, Rosa Aurea Quintella
Kimura, Miako
Título em português
Qualidade de vida relacionada à saúde de mulheres grávidas com baixo nível socioeconômico.
Palavras-chave em português
Gravidez
Qualidade de vida
Saúde da mulher
Resumo em português
Este estudo teve como objetivos: descrever a qualidade de vida relacionada à saúde de um grupo de mulheres grávidas assistidas em um serviço de pré-natal e; identificar a influência da idade gestacional, do número de queixas, da renda per capita e da percepção da suficiência da renda na qualidade de vida relacionada à saúde das mulheres grávidas. A amostra constou de 202 gestantes matriculadas em um serviço filantrópico de pré-natal de baixo risco, de São Paulo, SP, no ano de 2005. Os dados sociodemográficos e obstétricos foram obtidos por meio de entrevista e o da avaliação da qualidade de vida relacionada à saúde por meio do questionário auto-aplicado, o “MEDICAL OUTCOMES STUDY 36-ITEM SHORT FORM HEALTH SURVEY (MOS-SF-36)”. Os dados sociodemográficos das gestantes mostraram: idade média 24,97 anos, raça caucasiana (51,5%), escolaridade média de 8,88 anos, com parceiro fixo (89,6%), procedente de diferentes regiões da cidade de São Paulo; 52,5% exerciam atividades domésticas; 36,6% moravam em casas de alvenaria alugadas; renda familiar média de R$984,25 e per capita de R$312,80. Para 67,2% das gestantes a satisfação das necessidades básicas pela renda familiar foi percebida como pouco suficiente ou insuficiente. As características obstétricas foram: média de gestação de 2,09, 37,1% primigestas, 51,98% tinham filhos com idade média de 5,13 anos, idade gestacional média de 24,97 semanas, 85,1% citaram alguma queixa como dor em baixo ventre, náuseas e vômitos, lombalgia, pirose, dor em membros inferiores e cefaléia. Os coeficientes Alfa de Cronbach dos domínios variaram de 0,81 (Capacidade Funcional e Saúde Mental) a 0,41 (Aspecto Social). Em relação à qualidade de vida o maior escore médio foi em Estado Geral de Saúde e o menor em Aspectos Físicos. A idade gestacional apresentou uma fraca associação inversa com os domínios de Capacidade Funcional, Aspectos Físicos e Dor. Gestantes sem queixas diferiram das com três ou mais queixas nos domínios Dor, Estado Geral de Saúde, Vitalidade, Aspectos Sociais e Saúde Mental. A renda per capita não mostrou significância estatística em nenhum domínio. A percepção da suficiência da renda mostrou diferenças estatisticamente significantes nos domínios Dor, Vitalidade, Aspectos Emocionais e Saúde Mental.
Título em inglês
Health related quality of life of lower socioeconomic class pregnant women.
Palavras-chave em inglês
Pregnancy
Quality of life
Womens health
Resumo em inglês
The objectives of this study was to describe the health related quality of life of a group of pregnant women enrolled in a pre-natal service and identify the influence of the gestational period, number of complaints, per capita income and perception of sufficient income in the pregnant women’s health related quality of life. The sample consisted of 202 pregnant women registered in a low-risk prenatal philanthropic service of the city of Sao Paulo in the year 2005. The obstetric and demographic data were obtained through interviews and a self-administered questionnaire, the “MEDICAL OUTCOMES STUDY 36-ITEM SHORT FORM HEALTH SURVEY (MOS-SF-36)” to evaluate the health related quality of life. The demographic data showed an average age of 24.97; Caucasian (51.5%); average schooling of 8.99 years; 89.6% had a partner; coming from different regions of the city of Sao Paulo; 52.5% engaged in domestic activities; 36.6% lived in rented houses; and the average family income was R$984.25 and per capita was R$312.80. For 67.2% of the pregnant women, the satisfaction of basic necessities by the family income was perceived as barely sufficient or insufficient. The obstetric characteristics were: gestational average of 2.09; 37.1% primigravida; 51.98% had children with the average age of 5.13; average gestational age of 24.97 weeks; 85.1% reported complaints such as lower abdominal pain, nausea, vomiting, lumbago, pyroses, legs pain and cephalalgia. The Alfa de Cronbach’s coefficients of the domains varied from 0.81 (Physical Functioning and Mental Health) to 0.41 (Social Functioning). In relation to the quality of life, the highest average score was in General Health and the lowest was in Role Limitation due to Physical Problems. The gestational ages showed a weak inverse relationship with the Physical Functioning, Role Limitation due to Physical Problems and Bodily Pain domains. The subjects without complaints differed from those with three or more complaints in the Bodily Pain, General Health, Vitality, Social Functioning and Mental Health domains. The per capita income did not show to be statistically significant in any category. Unlike the perception of sufficient income, which provided statistically significant differences in the Bodily Pain, Vitality, Role Limitation due emotions and Mental Health domains.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-11-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.