• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.61.2014.tde-31102014-160611
Documento
Autor
Nome completo
Andreia Fernandes Graziani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2014
Orientador
Banca examinadora
Genaro, Katia Flores (Presidente)
Fukushiro, Ana Paula
Marchesan, Irene Queiroz
Título em português
Avaliação miofuncional orofacial na fissura labiopalatina: proposta de protocolo de exame
Palavras-chave em português
Avaliação
estudos de validação
fissura palatina
fonoaudiologia e sistema estomatognático.
Resumo em português
Objetivo:A fissura labiopalatina acomete várias estruturas orofaciais e portanto, faz-se necessário a aplicação de um exame específico do sistema estomatognático. O objetivo deste estudo foi elaborar um protocolo de avaliação miofuncional orofacial para indivíduos com fissura labiopalatina e realizar a validação do conteúdo. Método: Após a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, elaborou-se um protocolo de avaliação miofuncional orofacial, que contempla os aspectos estruturais e funcionais do sistema estomatognático. Esse protocolo foi revisado por dois fonoaudiólogos experientes na avaliação de pacientes com fissura la biopalatina e realizadas adequações necessárias. Em seguida, obteve-se imagens, necessárias à realização do exame miofuncional orofacial de 75 indivíduos com fissura labiopalatina, de ambos os sexos e diferentes fases da vida (infância, adolescência e adulta), que não apresentavam síndrome ou outras malformações associadas. As imagens foram armazenadas em um computador e transferidas para um dispositivo móvel para que três fonoaudiólogos experientes nesse tipo de avaliação as analisassem conforme o protocolo proposto. A concordância entre os fonoaudiólogos foi verificada pelo teste Kappa e a validação do conteúdo pela aplicação do Índice de Validação do Conteúdo. Resultados: O instrumento foi elaborado em 14 aspectos, 10 de domínios estruturais e 4 funcionais, composto pela descrição dos subitens correspondentes. A média geral do protocolo foi de 100% de concordância na validação do seu conteúdo. Para a aplicabilidade do protocolo, verificou-se que a porcentagem de concordância interexaminadores mostrou porcentagem acima da média para os aspectos das bochechas (53% a 65%), tonsilas palatinas (80% a 96%), oclusão (60% a 100%), palato duro (55% a 76%), úvula (75% a 85%), teste do espelho (76% a 100%), fala (57% a 99%) e voz (83% a99%), pouco menor que a média para os dentes (33% a 97%), véu palatino (40% a 100%), faringe (41% a 64%), língua (44% a 83%), lábios (45% a 93%) e respiração (48% a 65%). Houve concordância substancial intraexaminador para o aspecto da respiração e quase perfeita para os demais aspectos. Conclusão: O protocolo foi construído e validado para a fissura labiopalatina, visando abranger todos os aspectos estruturais e funcionais acometidos por ela. Considerou-se a validade de conteúdo do instrumento deste estudo uma medida válida e precisa para os 14 itens avaliados, assim como os seus subitens, tanto na opinião de especialistas, quanto nos resultados obtidos em sua aplicação.
Título em inglês
Myofunctional assessment in cleft lip and palate: proposal of examination protocol
Palavras-chave em inglês
Assessment
cleft palate
language and hearing sciences
speech
stomatognathic system and validation studies.
Resumo em inglês
Objective: The cleft lip and palate affects many orofacial structures, thus, the application of a specific examination of the stomatognathic system is necessary. The aim of this study was to create a myofunctional assessment protocol and to validate its content. Method: After the approval of the Ethical Committee in Research, a myofunctional assessment protocol was created comprising the structural and functional aspects of the stomatognathic system. This protocol was reviewed by two experienced speech-language thera pists and the required changes were performed. Following, the images for performing the orofacial myofunctional examination were obtained from 75 cleft lip and palate individuals, both genders, at different ages (children, teenagers and adults), without syndromes or other associated malformations. The images were stored in computer memory and transferred to a mobile device so that three speech-language therapists experienced in this assessment type analyzed them according to the proposed protocol. Inter-examiners agreement was verified by Kappa test and the validation of the protocol content by Content Validity Index. Results: The protocol was created and comprised 14 spects: 10 of structural and 4 of functional domains, composed by the description of the corresponding sub-items. The general mean of the protocol was of 100% of agreement in the validation of its content. In the protocol applicability, the percentage of inter -examiners agreement was above the mean for the aspects of cheeks (53% to65%), palatine tonsils (80% to 96%), occlusion (60% to 100%), hard palate (55% to 76%), uvula (75% to 85%), mirror test (76% to 100%), speech (57% to 99%) and voice (83% to 99%); little below the mean for the teeth (33% to 97%), velum (40% to 100%), pharynx (41% to 64%), tongue (44% to 83%), lips (45% to 93%) and reathing (48% to 65%). There was substantial agreement for breathing and almost perfect agreement for the other aspects. Conclusion: The protocol of orofacial myofunctional assessment specific for cleft lip and palate individuals was created and validated comprising all the structural and functional aspects impaired by this malformation. The content validity of this protocol was considered as a valid and accurate measurement for the 14 items evaluated and their sub-items, considering both the opinion of the experts and the results obtained in its application.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-11-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.