• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.61.2002.tde-29022008-083502
Documento
Autor
Nome completo
Rosana Prado de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2002
Orientador
Banca examinadora
Capelozza Filho, Leopoldino (Presidente)
Guedes, Zelita Caldeira Ferreira
Wertzner, Haydée Fiszbein
Título em português
Relação entre os sinais clínicos da fissura de palato submucosa e a sintomatologia específica: uma abordagem preventiva.
Palavras-chave em português
Fissura de palato
fissura de palato submucosa
fonoaudiologia preventiva
Resumo em português
Objetivo: Apontar a prevalência e os achados anatomofuncionais da fissura de palato submucosa (FPSM) com indicação cirúrgica, diante do quadro sintomático, valorizando o diagnóstico e o acompanhamento da evolução do paciente em uma abordagem preventiva. Modelo: Prospectivo, amostra aleatória Local: Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais - Universidade de São Paulo, Bauru. Pacientes: Foram avaliados 50 pacientes com FPSM, sem outros comprometimentos e 7 casos com alterações somente na úvula, na faixa etária de 20 a 46 meses, por ordem de agendamento no HRAC, no período de 1 ano. Principal resultado medido: Análise e descrição quanto à presença dos sinais clínicos específicos da FPSM e à associação com a sintomatologia. Intervenções: Avaliação fonoarticulatória e inspeção clínica. Resultados: Com relação aos sinais clínicos, observaram-se 25 (50,0%)pacientes com a tríade clássica e 25 (50,0%) com 1 ou 2 sinais clínicos. Dos 50 casos de FPSM, 10 (20,0%) mostraram-se sintomáticos e 40 (80,0%), assintomáticos. Houve associação entre a presença da tríade clássica de sinais e a sintomatologia (p= 0,011), associação dos casos sintomáticos e a presença da zona translúcida (p=0,005), alterações na úvula (p= 0,046), bem como do entalhe ósseo (p=0,029). A hipernasalidade esteve presente em 100,0% dos pacientes sintomáticos. A maior parte dos 41 pacientes com fissura pré-forame procurou atendimento nos primeiros meses de vida, devido à fissura labial e apresentou 7,3% de casos sintomáticos. Já dos 9 pacientes com FPSM isolada, 6 procuraram atendimento tardiamente, devido a queixas de fala. O grupo apresentou 77,7% de casos sintomáticos. Conclusão: Uma maior divulgação dos sinais clínicos e sintomas da FPSM entre os profissionais da área de saúde é fundamental para que o diagnóstico e a definição de conduta ocorram a tempo.
Título em inglês
Relationship between the clinical signs of submucous cleft palate and the specific symptomatology: a preventive approach.
Palavras-chave em inglês
Cleft palate
preventive speech pathology
submucous cleft palate
Resumo em inglês
Objective: Point out the prevalence and anatomic functional findings of submucous cleft palate (SCP) with surgical indication in relation to the symptomatic aspect by giving importance to diagnosis and follow-up of patient's evolution in a preventive approach. Pattern: Prospective study, haphazard samples. Setting: Rehabilitation Hospital of Craniofacial Anomalies, University of São Paulo, Bauru, Brazil. Subjects: Fifty patients with submucous cleft palate (SCP) with no other complications and seven patients with alterations only in the uvula, all of them ranging in age from 1 year 8 months to 3 years 10 months. Main Outcome Measures: Assessment and description on the presence of specific clinical signs of SCP and the association with symptomatology. Interventions: Evaluation of articulatory aspects and clinical examination. Results: As for the clinical signs 25 patients (50%) were identified with the classic triad and 25 (50%) with 1 or 2 clinical signs. Out of 50 cases of SCP, 10 (20%) were symptomatic and 40 (80%) asymptomatic. There was an association between the presence of classic triad and symptomatology (p=0,011). It was also observed a correlation of symptomatic cases and presence of a translucid area (p=0,005) as well as a notch (p=0,029). Hipernasality was present in 100% of symptomatic patients. Most of 41 patients with pre foramen cleft searched for treatment in the first months of life due to cleft lip and showed 7,3% of symptomatic cases. In contrast, 6 out of 9 patients with isolated SCP searched for treament very late due to speech complaints and 77,7% of this group were symptomatic. Conclusion: It is essential to improve knowledge of clinical signs and symptoms of SCP among professionals involved in health services so that the diagnosis and definition of procedures can take place in time.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-03-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.