• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.60.2008.tde-03122008-142010
Documento
Autor
Nome completo
Andréa Diniz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2008
Orientador
Banca examinadora
Lopes, Norberto Peporine (Presidente)
Freitas, Osvaldo de
Lanchote, Vera Lucia
Pinto Junior, Ernani
Scarminio, Ieda Spacino
Título em português
Avaliação do perfil de absorção da vivenina-2 e desenvolvimento de extrato seco padronizado de 'Lychnophora ericoides' com máxima extração deste flavonóide
Palavras-chave em português
absorção
BMC
delineamento fatorial
farmacocinética
Lychnophora ericoides
vicenina-2
Resumo em português
As informações sobre a absorção de flavonóides ainda são muito controversas e na sua grande maioria os estudos foram realizados com O-heterosídeos, flavonóides bastante instáveis. Para o estudo de previsão de absorção de flavonóide foi utilizado a vicenina-2, que é um flavonóide C-heterosídeo, com atividade antinflamatório. A relação entre retenção-atividade (QRAR) usando a cromatografia micelar de biopartição (BMC) foi a técnica empregada para atingir tal objetivo. Os resultados deste método in vitro foram comparados com resultados obtidos em ensaios in vivo de permeação intestinal em ratos obtendo-se as mesmas taxas de absorção de 60%. A taxa de união a proteínas plasmáticas foi avaliada por eletroforese capilar (EC) e indicou uma relação entre estrutura-taxa de união a albumina (HSA). A presença ou a disponibilidade da hidroxila em C3 do anel C do flavonóide parece ser determinante para altas taxas de união a HSA, e as substituições no anel B não demonstraram importantes relações na taxa de união a HSA. No estudo de afinidade dos polifenólicos a proteínas plasmáticas totais verificou-se uma alteração de comportamento de ligação em relação a HSA de alguns compostos. Esse comportamento foi atribuído a uma degradação sérico pelas enzimas presentes no plasma ou pela competição pelos sítios de ligação dos compostos fenólicos com substâncias endógenas. Após a obtenção da informação de que a vicenina-2 é um flavonóide que possui absorção intestinal, foi possível desenvolver o extrato de Lychnophora ericoides com máxima extração de vicenina-2, utilizando delineamento fatorial. Esse delineamento estatístico mostrou-se eficiente para a obtenção de produto farmacêutico, utilizando um mínimo de experimentos. Nesses estudos, além do controle químico da presença de vicenina-2, estudos de genotoxicidade e atividade antinflamatória pela inibição da atividade sobre o óxido nítrico foram realizados e verificou-se que o extrato fluido padronizado, não possui atividade genotóxica e mantém a atividade antinflamatória, vista pela inibição da formação do NO. O extrato fluido padronizado com tais propriedades foi obtido com etanol 20° GL, 24 de maceração simples e proporção droga:solvente de 1:5. A secagem desse extrato, com o objetivo de melhorar a estabilidade e garantir propriedades tecnológicas adequadas, foi realizada por nebulização (spray dryer). O pó obtido foi avaliado e manteve suas propriedades.
Título em inglês
Evaluation of the absorption profile of vicenina-2 and development of standardized dry extract of Lychnophora ericoides with high chemical content of this flavonoid
Palavras-chave em inglês
absorption
BMC
factorial design
Lychnophora ericoides
pharmacokinetics
vicenin-2
Resumo em inglês
Information on flavonoid absorption is still too controversial. Studies have been mostly carried out with O-heterosides, very unstable flavonoids. As for the study of flavonoid absorption forecast, vicenine-2 was used, which is a C-heteroside flavonoid with anti-inflammatory activity. The quantitative relationship retention-activity (QRAR) using biopartition micellar chromatography (BMC) was the technique used to achieve this purpose. The results of this method in vitro were compared with results obtained in tests in vivo of intestinal permeation with rats and the same 60% absorption rates were obtained. The linking rate to plasmatic proteins was evaluated by capillary electrophoresis (CE) and indicated a relation between structure-rate of linking to albumin (HSA). The presence or the availability of hydroxyl in C3 of the C ring of the flavonoid seems to be determinant for high linking rates to HSA and the replacements in the B ring did not show important relations in the linking rate to HSA. As for total plasmatic proteins, it was also possible to verify that flavonoid heteroside seem to undergo metabolism by enzymes present in the plasma. After obtaining the information that vicenin-2 is a flavonoid which has intestinal absorption, the development of an extract of Lychnophora ericoides enriched with vicenin-2 was possible, using factorial outlining. This statistical outlining showed to be efficient for obtaining a pharmaceutical product, using few experiments. In these studies, besides the chemical control of vicenin-2 presence, genotoxicity and anti-inflammatory (on nitric oxide (NO)) studies were carried out and it was verified that the standardized fluid extract does not have genotoxic activity and keeps the anti-inflammatory activity, that can be seen by the inhibition of NO formation. The standardized fluid extract with such properties was produced with ethanol 20 GL, 24 of simple maceration and ratio plant:solvent of 1:5. The drying process of this extract, with the purpose of improving stability and assuring adequate technological properties, was carried out by nebulization (spray dryer). The obtained result was evaluated and kept its properties.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese.pdf (1.82 Mbytes)
Data de Publicação
2008-12-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.