• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.60.2008.tde-02122008-165131
Documento
Autor
Nome completo
Pedro Alves Bezerra Morais
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2008
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Ivone (Presidente)
Costa, Fernando Batista da
Okano, Laura Tiemi
Título em português
Síntese e atividade biológica da 2-desoxiestreptamina
Palavras-chave em português
Antibióticos Aminoglicosídeos
Doença de Meniere
Síntese 2 -desoxiestreptamina
Resumo em português
Os antibióticos aminoglicosídeos adquiriram uma posição relevante no cenário terapêutico devido ao interesse na regulação da síntese protéica bacteriana em nível de RNA, uma vez que são ligantes inespecíficos para diversos tipos de RNA bacterianos, como RNA mensageiro, RNA transportador e RNA ribossômico. Esta classe de antibióticos apresenta amplo espectro de ação, particularmente contra bactérias Gram-negativas. Recente abordagem estende o uso dos antibióticos aminoglicosídeos como agentes antivirais devido a sua afinidade de ligação ao RRE-, Rev Responsive Element, e TAR-, Trans-Acting Responsive sequence HIV RNA. Por conseguinte, há uma inibição competitiva envolvendo seus correspondentes ligantes naturais, as proteínas Rev e Tat, interrompendo a replicação, do vírus HIV-tipo 1. Em virtude da importância de derivados simplificados dos antibióticos aminoglicosídeos na busca por derivados vestíbulo-tóxico seletivos ou RNA-ligantes, o presente trabalho propõe a síntese do amino- e carba-açúcar 2-desoxiestreptamina, 16, a qual apresenta um desafio sintético interessante devido à presença de cinco centros estereogênicos contínuos com substituintes em relação trans no anel e pode ser utilizada na construção de moléculas mais complexas A estratégia sintética proposta para preparação do composto meso 2-desoxiestreptamina (16), envolve metodologia inédita e foi desenvolvida em duas rotas sintéticas: (i) preparação do carba-açúcar precursor 46 e (ii) preparação de 16 propriamente dito.
Título em inglês
Synthesis and biological activity of 2-deoxyestreptamine
Palavras-chave em inglês
Aminoglycosides antibiotics
Meniere Disease
Synthesis of 2 -deoxyestreptamine
Resumo em inglês
Aminoglycoside antibiotics received a relevant position in the therapeutic scenario due to the interest in the regulation of bacterial protein synthesis at the RNA-level, since they are a unspecific ligands to several bacterials RNA types, such as mRNA, tRNA and rRNA. These types of antibiotics show a broad spectrum of activity, particulary against gram negative bacteria. New approach extends the use of aminoglycosides as antiviral agents owing to their binding affinity to RRE- Rev Responsive Element and TAR- Trans-Acting Responsive sequence of HIV RNA. Thus, there is a competitive inhibition involving their corresponding natural ligands Rev and Tat proteins, disrupting the HIV-1 virus replication. Regarding the importance of simplified aminoglycoside antibiotics in the search for selective vestibule-toxic derivatives or RNA-ligands, this work focuses on the synthesis of the amino- and carba-sugar 2-deoxyestreptamine, 16, which has an interesting synthetic challenge related to the presence of five continuous stereogenic centre with substituents in trans disposition in the ring, and may be employed in the construction of more complex molecules. The synthetic strategy proposed to prepare meso 2-deoxyestreptamine (16) involves a new methodology and was performed in two synthetic routes: (i) the synthesis of precursory carba-sugar (46) and (ii) the synthesis of (16) properly.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Dissertacao.pdf (1.30 Mbytes)
Data de Publicação
2009-01-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.