• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.60.2018.tde-04102018-144603
Documento
Autor
Nome completo
Júlia de Toledo Bagatin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Campos, Patricia Maria Berardo Gonçalves Maia (Presidente)
Mercurio, Daiane Garcia
Fonseca, Maria Jose Vieira
Frade, Marco Andrey Cipriani
Título em português
Eficácia clínica dos tratamentos oral e tópico do extrato de oliva no controle do melasma
Palavras-chave em português
Estudo clínico ; Extrato de oliva ; Hidroxitirosol ; Melasma
Resumo em português
O melasma é uma das desordens pigmentativas da pele adquiridas mais comuns que afetam a face da mulher adulta e pode causar comprometimento significativo da qualidade de vida psicossocial. Apesar da grande demanda terapêutica, o tratamento do melasma continua sendo desafiador com resultados inconsistentes, constantes recidivas e frequentes relatos de efeitos adversos. Assim, substâncias ativas alternativas para o controle do melasma são de grande interesse para a área clínica. Considerando que o extrato de oliva com concentração padronizada de hidroxitirosol apresenta propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e potencial ação despigmentante por inibição da tirosinase, a enzima central envolvida na melanogênese, o mesmo apresenta grande potencial para o controle do melasma. Técnicas não invasivas de biofísica e de análise de imagem da pele, como a microscopia confocal de reflectância, são ferramentas fundamentais para a avaliação objetiva da eficácia de tratamentos em estudos clínicos e caracterização do melasma. Nesse contexto, o objetivo do presente estudo foi avaliar a eficácia do uso oral e/ou tópico do extrato de oliva padronizado em hidroxitirosol no controle do melasma por técnicas de biofísica e análise de imagem da pele. Para isso, um estudo clínico randomizado, duplo-cego e placebo controle foi realizado a partir da inclusão de 56 participantes entre 30 e 50 anos, fototipo III ou IV e melasma na região malar. As participantes foram randomizadas em quatro grupos (n=14): controle, tópico, oral e tópico e oral e receberam o tratamento diário contendo o extrato de oliva ou o placebo/veículo por 90 dias. A caracterização das estruturas morfológicas do melasma foi realizada com o microscópio confocal de reflectância. A avaliação objetiva do melasma para verificar a eficácia dos tratamentos foi realizada mensalmente por técnicas de biofísica como as medidas de luminosidade, melanina e eritema, que foram complementadas pelo índice de severidade e área do melasma modificado (mMASI). Os resultados obtidos apresentaram grande variabilidade intrínseca. Ainda, apesar de observada maior redução da pigmentação do melasma no grupo que recebeu o tratamento oral, quando comparado aos outros grupos, incluindo o grupo controle, nenhuma diferença significativa nos seguimentos avaliados foi observada. Por fim, o extrato de oliva padronizado em hidroxitirosol não é eficaz para o controle do melasma nas concentrações usadas no estudo
Título em inglês
Clinical efficacy of olive extract oral and topical treatment in melasma control
Palavras-chave em inglês
Clinical study ; Hydroxytyrosol ; Melasma ; Olive extract
Resumo em inglês
Melasma is one of the most common hyperpigmentation disorder that affects the face of adult women and can cause significant psychosocial life quality impairment. Despite great therapeutical demand, melasma treatment remains challenging with unpredictable results, relapses and frequent adverse effects. Therefore, alternative active substances for melasma control is of great interest for clinical area. This way, olive extract containing standardized concentration of hydroxytyrosol presents antioxidant effect and potential depigmenting action by tyrosinase inhibition, the main enzyme involved in melanogenesis. Non-invasive biophysical techniques and image analysis, as confocal reflectance microscopy, are indispensable tools to evaluate the treatment efficacy in clinical trials and melasma characterization. This way, the objective of the present study was to evaluate the clinical efficacy of an oral and/or topical treatment based on an olive extract titrated in hydroxytyrosol for melasma control using biophysical and skin imaging techniques. For this, a randomized, double-blinded and placebocontrolled clinical trial was conducted by the inclusion 56 women aged 30-50 years, phototype III and IV and melasma. The participants were randomized in four groups (n=14): control, oral or topical - and received daily treatment containing hydroxytyrosol or placebo for 90 days. Efficacy evaluation were performed once a month by biophysical techniques for lightness, melanin and erythema quantification and complemented by the modified melasma area and severity index (mMASI). Results presented great intrinsic melasma variability. Furthermore, depite reduced pigmentation observed in melasma for the oral group compared to the other treatment groups, including the control group, no significant difference was observed at the evaluations. In conclusion, the oral use of olive extract containing hydroxytyrosol was not efficient for melasma control at the studied concentrations
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2020-10-03
Data de Publicação
2018-11-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.