• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Inácia de Alcântara
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2007
Orientador
Banca examinadora
Furtado, Erikson Felipe (Presidente)
Formigoni, Maria Lucia Oliveira de Souza
Laprega, Milton Roberto
Título em português
Avaliação dos níveis de gama-glutamil transpeptidase sérica em pacientes hepatopatas e sua utilização como marcador bioquímico para consumo de álcool
Palavras-chave em português
alcoolismo
AUDIT
GGT
hepatopatia
Resumo em português
A dosagem de gama-glutamil transpeptidase sérica (GGT) tem sido amplamente utilizada como marcador bioquímico do uso de álcool. Sua utilização no rastreamento do consumo de álcool em pacientes com doença hepática diagnosticada necessita ser melhor investigada. Neste estudo foram comparados os níveis séricos de GGT ao padrão de consumo de álcool avaliado por meio do teste de rastreamento AUDIT em 126 indivíduos hepatopatas (94 homens e 32 mulheres), com idade entre 20 a 69 anos. Vinte e dois indivíduos (17,4%) obtiveram pontuação maior ou igual a 8 no AUDIT (casos positivos para suspeição de problemas relacionados ao consumo de álcool nos últimos 12 meses). Este percentual eleva-se a 32,7% nos pacientes com diagnóstico de hepatopatia associada ao uso do álcool. A gravidade da hepatopatia foi avaliada com base na classificação de Child-Pugh: 86 pacientes foram classificados como A (68,2%) e 40 como B ou C (31,8%). Todos os pacientes com pontuação ≥8 no AUDIT foram do sexo masculino e 77,3% deles tiveram diagnóstico de doença hepática associada ao uso de álcool (p<0,0001). Pacientes com pontuação ≥8 no AUDIT apresentaram valores médios de GGT significantemente maiores quando comparados àqueles menores que 8 (526,9 U/L ± 1006,8 versus 138,7 U/L ± 123, p<0,00001). O teste de correlação de Pearson indicou uma forte associação entre a elevação dos valores de GGT em pacientes hepatopatas que fazem uso de álcool e a pontuação total no AUDIT. Pacientes hepatopatas, apesar de manifestarem valores elevados de GGT, as diferenças não estiveram relacionadas à gravidade da hepatopatia. Não houve diferença estatisticamente significante em relação à pontuação ≥8 no AUDIT e idade, estado civil, situação de emprego, escolaridade, renda familiar, cor e religião. Nossos dados sugerem que a utilização combinada do GGT e do AUDIT pode ser útil em discriminar pacientes hepatopatas usuários de álcool, principalmente em países em desenvolvimento como o Brasil, devido ampla disponibilidade e baixo custo.
Título em inglês
Evaluation of gamma glutamyltranspeptidase serum levels in liver disease patients and its use as alcohol consumption biochemical marker
Palavras-chave em inglês
alcoholism
AUDIT
GGT
liver disease
Resumo em inglês
The gamma glutamyltranspeptidase (GGT) has been widely employed as excessive alcohol use biochemical marker. Its utilization in screening of alcohol consumption in patients with diagnosed liver diseases must be better investigated. In this study, serum levels of GGT were compared to the pattern of alcohol consumption using the AUDIT test as alcohol screening instrument in 126 patients with liver disease (94 men and 32 women), with age ranged from 20 to 69 years old. Twenty two patients (17,4%) scored higher or equal 8 in the AUDIT (positive cases for alcohol related problems suspicion in the last 12 months). This proportion increases to 32,7% in patients with alcohol-associated liver disease. The severity of the liver damage was evaluated by the Child-Pugh classification: 86 patients were classified as A (68,2%) and 40 as B or C (31,8%). All patients who scored 8 or higher in the AUDIT were men and had mean values of GGT significantly higher when compared to those who scored less than 8 (526,9 U/L ± 1006,8 versus 138,7 U/L ± 123, p<0,00001). Among them 77,3% had alcohol-associated liver disease diagnosis (p<0,0001). The Pearson’s correlation test showed a strong association between increase of the GGT values in patients that use alcohol and total score in the AUDIT. No association between increase of GGT values and severity of liver damage was found. No statistically significance was observed also between AUDIT scores 8 or higher to age, civil status, employment situation, education, familiar earnings, race or religion. Our data suggest that the combined use of GGT and AUDIT can be useful in discriminating liver disease patients that use alcohol, particularly in developing countries like Brazil, due to their widely availability and low costs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-10-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.