• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2009.tde-14052009-185058
Documento
Autor
Nome completo
Ana Clara da Fonseca Leitão Duran
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Jaime, Patrícia Constante (Presidente)
Fisberg, Regina Mara
Segurado, Aluisio Augusto Cotrim
Título em português
Qualidade da dieta de adultos vivendo com HIV/AIDS e seus fatores associados
Palavras-chave em português
Dieta
HAART
HIV/Aids
Peso
Validade
Resumo em português
Objetivo: O objetivo principal do estudo foi avaliar os fatores associados à qualidade da dieta em adultos vivendo com HIV/Aids em terapia antirretroviral de alta atividade (TARV) no município de São Paulo. Secundariamente, objetivou-se verificar a validade e confiabilidade do uso de medidas referidas de peso e estatura nesta população. Metodologia: Estudo transversal com 508 pessoas vivendo com HIV/Aids (PVHA) de ambos os sexos, com idade entre 20 a 59 anos e que estivessem em uso de TARV há pelo menos três meses, em acompanhamento na Rede Municipal Especializada em DST/Aids de São Paulo. Foram desenvolvidos dois eixos de investigação: (1) estudo sobre a avaliação da validade e confiabilidade do uso de medidas referidas de peso e estatura entre adultos vivendo com HIV/Aids; (2) estudo sobre a avaliação dos fatores associados à qualidade global da dieta de PVHA. Para o estudo da validade, foram realizados cálculos de sensibilidade e especificidade da classificação do estado nutricional baseada nos valores referidos e aferidos de peso e estatura. Para a identificação de erros e padrões sistemáticos de diferenciação entre essas mesmas medidas utilizou-se a representação gráfica de Bland-Altman e para a verificação da confiabilidade foi utilizado o coeficiente de correlação intraclasse. Por fim, foram feitas análises de regressão linear com o intuito de gerar equações que predissessem os verdadeiros valores de peso e estatura a partir dos valores referidos. O indicador de qualidade da dieta estudado foi o Índice de Qualidade da Dieta (IQD) adaptado para a população estudada. O consumo alimentar foi colhido com o uso do Recordatório Alimentar de 24 horas. A fim de serem avaliados os fatores associados à qualidade global da dieta foi utilizada análise de regressão linear múltipla, tendo indicadores sóciodemográficos, clínicos e de estilo de vida como variáveis independentes. Resultados: A maioria dos participantes era do sexo masculino (57,7%), idade média de 41,7 anos (Desvio Padrão DP=7,8) e com escolaridade média de 8,3 anos (DP=3,7). Em relação às medidas antropométricas, as diferenças entre os valores aferidos e referidos de peso foram de -0,96 kg para os homens e de -0,54 kg para as mulheres. As diferenças entre as medidas de estatura ficaram abaixo de 2 cm em ambos os sexos, impactando em uma boa confiabilidade no uso do IMC referido com médias das diferenças de 0,1 kg/m² no sexo masculino e 0,19 kg/m² no sexo feminino. A sensibilidade do diagnóstico de sobrepeso (IMC25 kg/m²) foi de 89,5% entre os homens e de 92,3% entre as mulheres. Já a especificidade foi de 71,4% e 100,0%, respectivamente. No tocante à qualidade global da dieta, O IQD médio foi de 61,9 pontos. Os escores foram baixos (< 5 pontos) para frutas, leite e derivados e sódio. A maioria da amostra (72,1%) apresentou uma dieta com necessidade de melhora. Indivíduos com sobrepeso apresentaram menores escores para cereais e leguminosas, além do IQD total. A análise múltipla mostrou associação independente positiva e ajustada pela energia entre a qualidade da dieta e o tempo de TARV entre as mulheres. Já os homens mais velhos com carga viral indetectável apresentaram maiores pontuações para o IQD. Conclusão: As informações referidas de peso e estatura apresentaram boa confiabilidade e validade quando comparadas às suas respectivas medidas. Em relação à qualidade da dieta, esta foi associada à carga viral indetectável e ao tempo de TARV. Os baixos valores de consumo de frutas e leite e derivados e alto de sódio mostram a importância de intervenções que promovam a adoção de uma alimentação saudável nesta população.
Título em inglês
Diet quality in adults living with HIV/AIDS: associated factors
Palavras-chave em inglês
Diet
HAART
HIV/AIDS
Validity
Weight
Resumo em inglês
Aims: The main aim was to assess the associated factors to diet quality among adults living with HIV/AIDS on highly active antiretroviral therapy (HAART) in São Paulo, Brazil. Secondary aim was the assessment of the reliability and validity of self-reported weight and height in adults living with HIV/Aids. Methods: Cross-sectional study with 508 men and women, between 20 and 59 years old, who were on HAART for at least three months. There were two research streams: 1) assessment of reliability and validity of self-reported height and weight of adults living with HIV/ AIDS; 2) assessment of the associated factors to diet quality among people living with HIV/AIDS (PLWHA). In order to assess validity of self-reported height and weight sensitivity and specificity analyses were performed. Reliability was evaluated by means of intra-class coefficients. Height and weight were direct measured in a sub-sample. Diet quality was assessed with the use of an adapted Healthy Eating Index (HEI-A) for the studied population. Food intake was collected with a 24-hour Food Recall. Associated factors to diet quality were determined by multivariate linear regression. HEI-A was the dependent variable and demographic, lifestyle, laboratorial, and clinical variables were the independent variables. Analyses were gender-specific. Results: Most of the sample were men (57.7%), mean age of 41.7 years (Standard Deviation - SD = 7.9), and average schooling of 8.3 years (SD=3.7). Mean differences of weight were -0.96 kg for men and -0.54 kg for women. For height, differences were below 2 cm for men and women, leading to a good reliability for the self-reported Body Mass Index (BMI). Overweight (BMI25 kg/m²) diagnosis sensitivity was 89.5% for men and 92.3% for women. Specificity was 71.4% and 100.0%, respectively. HEI-A mean was 61.9. Scores were low (< 5) for fruits, dairy products, and sodium. Among the sample, 5.3% had an adequate diet and 72.1% a diet that needed improvement. Overweight individuals scored lower for grains and beans, as well as for the total HEI-A. Time since HAART start was associated to diet quality among women. Older men who had an undetectable viral load had higher scores of HEI-A. Both models were adjusted by energy. Conclusion: Self-reported weight and height showed good reliability and validity when compared to direct measured weight and height. Regarding diet quality of PLWHA, it was associated with time since HAART start and an undetectable viral load. Low scores for fruits, dairy products, and sodium, as well as an association between nutritional status and diet quality, point out the need for interventions to promote healthy eating among people living with HIV/Aids, taking into consideration differences between women and men.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-06-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.