• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2016.tde-03112014-111008
Documento
Autor
Nome completo
Andrea D'Agosto Toledo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Gambardella, Ana Maria Dianezi (Presidente)
Mancuso, Ana Maria Cervato
Mota, Andre
Título em português
Saúde, formação e trabalho: a perspectiva do nutricionista ao longo de sete décadas
Palavras-chave em português
Educação Superior
Formação Profissional
Nutricionista
Pesquisa Qualitativa
Prática Profissional
Profissional de Saúde
Resumo em português
Introdução: A formação de profissionais em nível superior na área de Nutrição teve início no Brasil em 1939, com a criação do curso de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP-USP). Criado em uma instituição de ensino com marcante vocação na atenção à comunidade, o perfil do egresso hoje foi ampliado consideravelmente, acompanhando as mudanças relacionadas às condições sociais, políticas e econômicas ocorridas no país. Nesse contexto, torna-se importante entender como a formação e a prática profissional têm colaborado com a saúde da sociedade ao longo desses anos de formação do profissional. Objetivos: Avaliar a percepção dos egressos do curso de Nutrição da FSP-USP sobre saúde, formação e atuação do nutricionista. Métodos: Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo descritivo-exploratória. A coleta dos dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada, que ocorreu após a aprovação do estudo pelo Comitê de Ética em Pesquisa da FSP-USP e a devida firmação do termo de consentimento livre e esclarecido pelos entrevistados, sendo gravada e transcrita. Participaram da pesquisa 12 egressos do curso de Nutrição, graduados entre os anos de 1940 a 2006. A interpretação e análise do material coletado tiveram como base a análise de conteúdo. Para tanto, os depoimentos foram organizados, codificados e categorizados. Resultados: Após a análise três categorias centrais emergiram: A formação do nutricionista, A prática profissional e O nutricionista e a saúde. A primeira categoria trouxe como resultado algumas memórias sobre a fase inicial do curso e sobre os subsídios da formação para a prática profissional, onde foram apontadas as facilidades e as barreiras encontradas. Nessa categoria, a maioria dos egressos considerou que o curso lhes deu base para a prática profissional, apontando a relação teoria e prática como o ponto mais criticado da formação. A segunda categoria trouxe informações sobre as áreas de atuação do nutricionista ao longo dos anos, identificou visões antagônicas sobre o mercado de trabalho (ampliação versus saturação) e o sobre o reconhecimento do profissional (valorização versus desvalorização). A terceira e última categoria revelou a percepção dos egressos sobre a saúde em três esferas: dentro do curso, nas áreas de atuação do nutricionista e na percepção como profissional da saúde. A maioria dos egressos considerou que todas as áreas de atuação apresentam relação com a saúde. As áreas de administração de unidades de alimentação e nutrição e marketing foram citadas por alguns egressos como tendo pouca relação com a saúde. Entretanto todos egressos entrevistados se identificaram como profissionais da saúde. Conclusão: As experiências vividas dentro da carreira ao longo desses anos permitiram aos egressos uma avaliação evolutiva e crítica do processo de sua formação e de sua identidade como profissional da saúde
Título em inglês
Health, formation and work: the nutritionists perspective over seven decades
Palavras-chave em inglês
Health Personnel
Higher Education
Nutritionist
Professional Education
Professional Practice
Qualitative Research
Resumo em inglês
Introduction: The training of professionals in higher education in the area of Nutrition in Brazil began in 1939 with the creation of the Nutrition course, Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP-USP) Created by an educational institution with remarkable call to give special attention to the community, the profile of today graduates expanded considerably due to changes related to social, political and economical conditions of the country. In this context it is important to understand how the training and the professional practice has collaborated with the health of society over these years of vocational training. Objective: Assess the perceptions of students who graduated from the Nutrition FSP-USP on health, education and practice of the nutritionist. Method: This is a qualitative descriptive and exploratory research. Data collection was conducted through semi-structured interviews after the FSP-USP Committee of Ethics in Research approved the study and after the interviewees gave their informed consent, being recorded and transcribed. 12 graduates of the Nutrition course participated in the survey, graduated between the years 1940-2006. Interpretation and analysis of the material collected were based on its content analysis. To this end, interviews were organized and coded. Results: After examining three main categories emerged: the formation of nutritionists, professional practice and the nutritionist and health. The first category were compiled bringing as result the history of the Nutrition course and subsidies for professional practice acquired during the training in which most graduates felt that the course gave base for their professional practice. The most criticized point of the training was the balance between theory and practice. The second category has brought data on the areas of expertise of nutritionists over the years, presented antagonistic views on the labor market and about professional recognition. The third and final category addressed the perceptions of graduates on health in three spheres: during the course, in the areas of nutrition and in the perception as a health professional. The majority considered that all those areas are related to health. However, the areas mentioned as having little relationship to health were administration of food facilities and nutrition and marketing. All respondents identified themselves as health professionals. Conclusion: The experiences within the career over the years have enabled graduates an evolutionary and critical assessment of the nutritionist degree and the identity as a health professional. This study allowed an in-depth reflection about the teaching of theoretical concepts and practices related to the role of nutrition
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-03-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.