• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2006.tde-30102006-103313
Documento
Autor
Nome completo
Wilma Madeira da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Lefevre, Fernando (Presidente)
Moraes, Nilson Alves de
Oliveira, Reinaldo Ayer de
Título em português
Navegar é preciso: avaliação de impactos do uso da internet na relação médico-paciente
Palavras-chave em português
Comunicação
Discurso do sujeito coletivo
Internet
Relação médico-paciente
Saúde
Resumo em português
Objetivos: verificar se indivíduos que acessam a Internet a utilizam para consultar informações sobre saúde e doenças; se o paciente, acessando a Internet muda sua atitude de paciente e se verifica mais ativo e mais participante do processo de decisão sobre sua saúde; e se, do ponto de vista do paciente, houve mudança na atitude do profissional médico frente ao maior uso da Internet por parte desse paciente. Metodologia: pesquisa com abordagem qualiquantitativa. A técnica empregada foi a do Discurso do Sujeito Coletivo – DSC, que possibilita a identificação e a construção de sujeitos e discursos coletivos distintos, por meio da análise de material individual e da extração das idéias centrais, compondo-se, com o conteúdo das idéias centrais semelhantes, discursos-síntese que expressam as representações sociais de uma coletividade. Para a coleta de dados foi publicado na Internet um questionário on-line que ficou disponível por três meses. Resultados: A maioria dos entrevistados acessa a Internet com freqüência de pelo menos uma vez por semana, a utiliza para consultar informações sobre saúde e doenças, informações relacionadas a casos vivenciados por eles ou por aqueles que os afetam diretamente (familiares) e, após alguma consulta médica, para verificar, entender ou complementar as informações oferecidas por seus médicos. Parte significativa dos entrevistados considera que as informações acessadas na Internet sobre saúde e doenças são úteis, utiliza tais informações para conversar com seus médicos em consultas posteriores e demonstra mudança de atitude, para uma postura mais participativa no processo de decisão sobre sua saúde. Conclusão: identificou-se uma diversidade de discursos coletivos distintos que, analisados e organizados em tipos e escalas, auxiliam na compreensão de questões tais como o tipo de participação do paciente durante a consulta médica, o grau de autonomia do paciente, os tipos de interação entre médico e paciente e os tipos de reações produzidas pelos profissionais médicos durante tal processo.
Título em inglês
Sailing is necessary: evaluation of the impacts of Internet access on the doctor-patient relationship
Palavras-chave em inglês
Communication
Doctor-patient relationship
Health
Internet
Speech of the Collective Citizen
Resumo em inglês
This research aims to verify whether individuals who have access the Internet use it to consult information on health and diseases; whether accessing the Internet changes the attitude of the patient and whether he becomes more active and more participant in the decision process about his health; and whether from the standpoint of the patient there were changes in the attitude of the medical professional as a consequence of the more intense use of the Internet by this patient. Procedure: research with quali-quantitative approach. The employed technique was the Speech of Collective Citizen - DSC, which allows the identification and construction of distinctive citizens and collective speeches through the analysis of individual material and the extration of the main ideas, composing, with the content of similar central ideas, speech-synthesis which express the social representations of a collective. For the data collection an on-line inquiry was published in the Internet and it was available for three months. Results: most of the interviewed individuals had frequent access to the Internet at least once a week, use it to consult information about health, diseases and information regarding medical cases experienced by them or by other people who affect them directly (relatives), and after some medical consultation, to verify, to understand or to complement the information offered by their doctors. A significant part of the interviewed ones consider that the information accessed in the Internet about health and diseases is useful, use such information to talk to their doctors in subsequent consultations and manifest an attitude change towards a participating position in the decision process about their own health. Conclusion: there is a diversity of distinctive collective speeches that, analyzed and organized in types and scales, assist in the understanding of questions such as the type of participation of the patient during the medical consultation, the degree of autonomy of the patient, the types of interaction between doctor and patient and the types of reactions produced for the medical professionals during such process.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
monoWMS-mestrado.pdf (630.93 Kbytes)
Data de Publicação
2006-10-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.